cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Highlighted
Tropa
Tropa

Lumi, a Tristeza dos Oovi-kat (fanmade)

“Eu nasci de sua tristeza, e ela renasceu em mim. Não somos só Neeko. Nós somos Oovi-kat.”

Um ano depois de ter se separado de Nidalee, Neeko viajou por muitos lugares. Ela conheceu as terras ionianas, o deserto de Shurima e toda Valoran, disposta a conhecer tudo e todos. Ela não sabia ao certo como deveria se comunicar com os humanos, todos eles eram excêntricos demais para Neeko, e isso a assustava um pouco. Tipo, cada humano era um humano diferente, e Neeko era só Neeko, então como Neeko deve fazer pra ser amiga dos humanos? Mesmo assim, haviam aqueles que eram simpáticos com a camaleoa, mas também haviam aqueles que a chutavam. Neeko nunca entendeu muito bem o porquê dos humanos serem tão estranhos, alguns bondosos e outros maldosos. Neeko descobriu cedo que os noxianos eram os mais estranhos desde que visitou o posto avançado de Kaldurga, mas se cada humano era diferente, por que noxianos eram iguais?

Certo dia, desapontada em meio a seus pensamentos, Neeko voltou para Ixtal e, lá, decidiu descansar sob uma árvore. Deitada, Neeko invocou novamente o reino espiritual de sua falecida tribo, mas tudo o que viu e ouviu se resumiu em ecos dispersos e tristes em resposta, e imagens de enormes árvores caídas em um frágil horizonte. Raramente Neeko se entristecia, porém, desta vez, ela caiu em prantos. Nidalee não a acompanhou na jornada, ela perdeu sua tribo e cada vez que tentava compreender os humanos, mais confusa ficava sobre eles. Ainda com o reino espiritual invocado, Neeko fundiu suas muitas cores e usou sua habilidade de metamorfa para criar um clone e, nele, se abraçou, como se estivesse abraçando toda a sua falecida tribo; mas, diferente das outras vezes, o clone não desapareceu em seguida. Uma estranha magia tomou forma, uma magia que não era de Neeko, mas que nasceu de Neeko; o reino espiritual estava reflorescendo aos poucos na miragem de Neeko, ela já não conseguia desfazê-lo, e milhares de cores e espíritos saiam dele e voavam, corriam e brincavam sobre Neeko, como uma enorme aurora boreal que se espalhava por toda a área em que estava, depois foram absorvidos pelo clone, que criou um corpo físico permanente, tomou uma forma diferente da de Neeko e desmaiou. Neeko podia ver. Assustada, ela olhou para seu clone e Neeko viu que ainda era um camaleão, mas era um menino, e, assim como ela, não era apenas um vastaya comum, mas um Oovi-kat.

Neeko não entendeu ao certo como aquilo aconteceu ou porquê de ele ser um menino, Neeko preferia se fosse uma menina, mas desistiu de tentar compreender apenas com seus próprios pensamentos, portanto, decidiu ver o sho’ma daquele que estava diante dela, que era ela, mas não era, e nele se transformou. Ela viu algo completamente diferente nele, ele era como todos os Oovi-kat que Neeko conhecia, mas era diferente, era único, como se fosse todos eles, mas também nenhum ao mesmo tempo! Entretanto, Neeko sentiu cores azul escuro dentro dele porque Neeko também estava azul escuro antes, mas não está mais depois que ele nasceu! Era como se ele fosse o azul escuro de Neeko. O azul escuro dele estava a sufocando, então ela não conseguiu permanecer transformada nele por muito tempo; logo retornou à sua forma original.

Quando o jovem de cabelos escuros e cauda roxa, com roupas iguais às de Neeko acordou, Neeko estava com ele sobre seu colo, e olhou para ele, curiosa, enquanto ele se levantava gentilmente e, de frente para ela, a olhou nos olhos. Era do mesmo tamanho de Neeko e tinha o mesmo formato do rosto, como um gêmeo azul escuro de Neeko. Ele não tinha nome, não tinha memórias, nem sabia por que existia. Ele era uma existência confusa, e Neeko deixou de tentar encontrar as respostas que ele procurava. Ela percebeu que ele nasceu para suprimir a tristeza de Neeko, para que em Neeko não houvesse tristeza alguma, e para se suprimir em tristeza. Por isso, ela jurou que, um dia, o transformaria na mais pura luz, assim como ele a tornou luz. Por isto, ela o chamou de Lumi.

 

“Lumi, a Tristeza dos Oovi-Kat”

Classe primária: Atirador / Classe secundária: Mago

 

Passiva: Natureza Excêntrica

Os ataques básicos de Lumi causam dano de habilidade e dano ao contato.

Lumi começa o jogo com 0 de Dano de Ataque e não é capaz de receber Dano de Ataque de outras fontes. Se ele tentar itemizar Dano de Ataque, ele recebe Velocidade de Ataque fixa. Ele é incapaz de causar qualquer tipo de dano que não seja mágico ou verdadeiro; ao invés disso, ele recebe Poder de Habilidade base e crescimento de Poder de Habilidade. Ele ainda pode ganhar chance de acerto crítico.

Além disso, além das barras de vida e mana, Lumi tem uma barra de Tristeza. Se Lumi não usar habilidades, a barra de tristeza de Lumi sempre estará cheia. No entanto, sempre que Lumi usa suas habilidades, ele se lembra da luz de Neeko, então parte de sua tristeza desaparece. Se ele ficar muito tempo sem utilizar habilidades, ele volta a ficar triste.
A barra de tristeza de Lumi vai de 0 a 100 pontos.
Atacar tropas reduz não reduz a tristeza de Lumi.
Ataques básicos reduzem menos a tristeza de Lumi que suas habilidades básicas
Quanto menor for a barra de tristeza de Lumi, mais luminoso ele ficará, e quanto mais luminoso, mais Velocidade de Ataque e Poder de Habilidade ele consegue acumular.
Com 50 de Tristeza, Lumi recebe velocidade de movimento adicional.
Com 0 de Tristeza, Lumi pode exceder o limite de velocidade de ataque.

 

Q: Explosão Espiritual

Passiva: Os ataques básicos de Lumi causam dano mágico adicional.

Ativa: Lumi fortalece seu próximo ataque básico, reiniciando o contador de velocidade de ataque e causando dano mágico adicional. Mover-se ou atacar reduz um pouco o tempo de recarga de Explosão Espiritual. Usar Explosão Espiritual duas ou mais vezes no mesmo combate contra campeões causa dano mágico adicional com base na vida perdida do alvo.

 

W: Metamorfo

Passiva: Os ataques básicos de Lumi aumentam sua velocidade de movimento. Esse efeito acumula até três vezes (velocidade de movimento por ataque básico 5%/6%/8%/10%/12%, podendo aumentar a própria velocidade de movimento até um total de 35% no nível máximo da habilidade). A duração desse efeito é de 1,5 segundos.

Ativa: Lumi cria uma aura que causa lentidão em inimigos próximos por 2 segundos, se livra de efeitos de lentidão e aumenta sua própria velocidade de movimento em 15%/20%/25%/30%/35% por 2 segundos. Esse efeito não se acumula com o efeito passivo.

 

E: Encanto Vastayez

Lumi lança um feixe de luz em linha reta que causa dano mágico em todos os inimigos que atingir. Inimigos atingidos podem ser atacados por Lumi até três vezes por uma distância maior que 550 unidades (alcance de ataque base de Lumi). Quanto maior for a distância que Encanto Vastayez percorreu, maior o alcance dos próximos ataques básicos de Lumi naquele alvo.

 

R: Tempestade Brilhante

Lumi se afoga na mais bela magia que Neeko já viu. Os espíritos dos Oovi-kat que vivem dentro dele se libertam e o iluminam, fazendo ele perder toda a Tristeza que já teve.

0 RESPOSTAS