cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
VDS Marcyuz
Tropa
Tropa

Bardo, Sona, Seraphine e a música

Existem criaturas em Runeterra que possuem uma relação mágica com a música, como os Brackern e os Lhotlan, estando ela presente em alguns momentos da vida deles, mas existem três campeões no LOL que possuem uma relação muito maior com a música que os outros: Bardo, Sona e Seraphine. Eles têm muito em comum, mas (até o momento) não possuem nenhuma relação entre si. Então eu decidi pensar um pouco…

 

E se Sona e Seraphine estivessem conectadas?

 

E se essa conexão tivesse um propósito maior?

 

E se o responsável por essa conexão fosse o Bardo?

 

 

O Bardo tem um objetivo desde o momento que conheceu Runeterra: cuidar da magia ali presente, garantindo sua harmonia, impedindo (ou atrasando) catástrofes.

 

Ele não costuma trabalhar sozinho, sempre rodeado de mipes.

im 1.jpg

 

 

Mas a magia de Runeterra é muito selvagem e vasta e a variedade de seres que podem manipular essa magia é enorme e talvez só a ajuda dos mipes não seja o suficiente…

Então, para evitar um possível colapso na magia e a destruição de Runeterra, ele presenteou 3 bebês com 3 Dádivas Musicais, pequenas partes do poder dele. Essas dádivas sempre acompanhariam a humanidade, reaparecendo ao passar das gerações e escolhendo novos hospedeiros.

 

im 2.jpg

 

Harmonia

 

A primeira criança abençoada com a Dádiva da Harmonia nasceu sem a capacidade de falar, mas, ainda muito nova, foi presenteada pelo Bardo com um instrumento de cordas feito com um metal raro e mágico. Com esse instrumento ela conseguia se expressar perfeitamente, através da música que tocava. Ela alegrava sua tribo e acalmava os corações em meio a períodos de conflitos, manipulando o som de seus acordes, ela alterava a atmosfera do ambiente em que tocava de acordo com sua vontade. O instrumento foi nomeado de Etwahl, permanecendo com ela até seu último dia de vida. O Etwahl está espiritualmente conectado ao portador da Harmonia, acompanhando essa Dádiva independente de onde seu novo portador nasça.

 

im 3.jpg

 

 

 

 

Melodia

 

A pessoa que porta da Dádiva da Melodia, foi abençoada com a capacidade de cativar, persuadir e inspirar todos que ouvem a sua voz. Presenteada com a empatia mágica, ela consegue entender a todos, podendo ouvir o interior das pessoas e da magia, compartilhando dessa empatia através de sua capacidade vocal, mediando conflitos e evitando guerras maiores. Surgindo em territórios onde existem muitos conflitos entre povos distintos, ela dá voz aos que não são ouvidos e busca servir ao bem maior.

 

im 5.jpg

 

 

Ritmo

 

O portador da Dádiva do Ritmo é presenteado com a manipulação de vibrações e tremores causados por ele, além de uma pequena manipulação do tempo. Ele utiliza seus poderes para ser ouvido, e seu papel principal é gerar foco e motivar seu povo, surgindo em meio a povos afogados em conflitos internos, seus tambores retomam a união e evitam a dispersão do povo abençoado pela sua Dádiva.

 

im 8.jpgim 6.jpgim 7.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

Os três portadores das Dádivas Musicais existem para evitar um colapso em Runeterra, cuidando dos seres vivos que portam (ou não) a magia e evitando o descontrole dela, diminuindo conflitos e evitando guerras através de seus princípios singulares: equilíbrio, empatia e foco.

 

im 9.jpg

 

 

 

Mesmo sendo uma ideia simples, eu gostei desse conceito de aproveitar os elementos da música pra aprofundar os campeões musicais e trazer uma distinção maior entre a Sona e a Seraphine... É interessante como a Sona combina com a harmonia e a Sera com a melodia. 

Eu acredito que unindo mais as duas na lore seria uma boa forma de aproveitar seus pontos em comum e posteriormente distanciar as duas na gameplay, desenvolvendo a mecânica de auras da Sona e trazendo uma dinâmica melhor (acredito que as auras da Sona são como as armas do Aphelios e a instâncias do Udyr, são elas que determinam como o campeão se comporta no decorrer do jogo, trazendo uma dinâmica interessante, se forem bem aproveitadas) e usando melhor a ideia de "stunning singer" da Seraphine, alguém que pode te enfeitiçar com a voz (mesmo com todas as polêmicas no lançamento da Sera, eu acredito que um dia eles vão ter que desenvolver melhor a campeã e lidar com todas as lacunas e superficialidades dela, como já fizeram com vários outros campeões).

 

Enfim... é isso

Obrigado pela atenção e espero que tenham gostado 🙂

7 RESPOSTAS
Soraka Sexy
Arauto
Arauto

riot, favor demitir todo mundo responsável pelo erro evento da ruína e contratem esse cara aqui.

1LICH1
Barão
Barão

A ideia não é ruim, talvez de para fazer algo no estilo. Seria mais provável eles criarem algum campeão/ã mais ligado místicamente a musica do que usar os atuais.

"Alguma vez você já escutou o chamado?"

Eu amaria se a Riot lançasse um percussionista com uma identidade mais tribal, ia conectar bem com essa temática mística. Mas eu acho que um campeão novo poderia "unir o útil ao agradável", já que com o lançamento campeões novos eles gostam de desenvolver os campeões antigos... tipo quando eles lançaram o Ornn, desenvolveram os Semi-deuses e conectaram ele com o Voli e a Anívia e quando eles lançaram o Rakan e a Xayah, eles trouxeram o termo "vastaya" e alguns capeões antigos foram classificados como vastayas. Seria uma forma interessante de aprofundar melhor esses campeões musicais...

Rubertu
Arauto
Arauto

Eu já tinha ouvido falar de uma teoria parecida com essa, vendo sua versão eu acho que seria muitíssimo bacana de ser verdade (menos a seraphine, esse boneco tem que sair do jogo mesmo).

A vela O bardo ter patrocinado 3 humanos com dons da musica para ajudar o encanto o propósito do protetor andarilho, é algo que realmente parece da própria história do jogo, imagina se cada dom correspondesse a uma das "luzes" na máscara do bardo? Não duvidaria se fosse verdade, ele nasceu no primeiro som do universo.

Mas tem uma coisa, o Ekko e o Jayce também estariam relacionados? Porque só eles também conseguem ouvir a musica dos cristais Brakern, ou é algo que acontece só por eles terem afinidade com tecnologia?

Acredito que só a Seraphine tenha a capacidade de interagir de forma mais direta com os cristais, pelo menos de forma explícita na lore (ele até deu uma de coach, dando uns conselhos pra ela), mas a história dos brackern tá muito desatualizada e a gente não sabe de que forma eles funcionam e podem interagir com mundo e com as pessoas... A Camille tem um cristal desses no lugar do coração (???) tipo... será que isso não faz mal não? O Blitz se tornou um robô "consciente" por causa de um cristal desses, será que é uma consciência "nova" ou é tipo o PRIMO do Skarner no corpo de um robô? (kkkk), além de vários outros campeões que usam hextech...

Mesmo não jogando de Skarner eu estou animado pra o que eles podem trazer com esse rework.

A Riot disse que se o Skarner fosse o escolhido pra rework, eles iriam mudar bastante o personagem porque acham o conceito dele genérico. Talvez eles façam os brakerns serem outra coisa, talvez golems de cristal genéricos, pq assim dá pra lançar skin humanizada e faturar bastante.
Talvez os cristais das almas só sirvam de gatilho para a consciência do blitz por exemplo, mas seria muito legal que uma alma ancestral voltasse no corpo de um robô.
1LICH1
Barão
Barão

Talvez os cristais armazenem padrões cerebrais, por isso ficou com consciencial.


"Alguma vez você já escutou o chamado?"