cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
ZeDaTapioca
Aronguejo
Aronguejo

O Fim da Melhor História de League of Legends

Há muito tempo eu jogo LoL, muito mesmo, lembro de todas as coisas que me chamaram atenção no jogo, lembro do primeiro campeão que me chamou atenção (foi o Karthus), bem antes de eu querer baixar o jogo, lembro que quando entrei, descobri (e fiquei fascinado) com as lores dos campeões e o fato de que eles eram invocados por nós para resolver seus conflitos nos campos da justiça.

 

Também lembro, e me marcou muito, de um evento que rolou muito tempo atrás, a batalha por Freljord. Antes disso, nunca tinha me interessado em ler a história daquele lugar, que inclusive tem um livro digital disponibilizado pela Riot, vocês podem baixar por aqui: https://br.leagueoflegends.com/pt/news/atualizacoes-do-jogo/atualizacoes-do-jogo/baixe-freljord-camp....

 

Eu adorei o evento, nos dividimos entre as tribos e lutávamos para definir qual das três campeãs, Ashe, Lissandra ou Sejuani, ficariam com o trono, sendo que Ashe ganhou, daí veio a skin Ashe Rainha e, depois, Rei Tryndamere. No entanto, eu gostei muito de ver a história, descobri quem eram os Observadores, seres que vinham do desconhecido e que concederam presentes e poderes aos Freljordianos em troca de lealdade e subordinação.

 

Adorei a reviravolta de Avarosa e Serilda contra eles, invocando vários dos outros Glacinatas em uma luta até a morte em Howling Abyss, sendo que Lissandra ficou do lado dos Observadores, observou sua queda e o fim da vida de vários Glacinatas nessa empreeitada.

 

Lembro como ela ficou revoltada e atacou Avarosa, tirando sua vida, moldando a história, apagando o máximo que pôde os vestígios dos Observadores, criando um campo para o seu retorno, sendo conhecida em canções como a Bruxa Gélida.

 

Então, depois de milênios, as reencarnações de Avarosa e Serilda surgiram, se tornando fortes ameaças à Lissandra, principalmente Ashe, que conta com a lealdade de Anivia, o espírito do Gelo Puro.

 

Quando ouvi que os Observadores estavam no Vazio, eu não me importei, fazia sentido eles tentarem corromper aquele lugar, fazia sentido a Murder Bridge ficar acima de um portal desse lugar, era um anúncio de que uma nova guerra se aproximava, uma guerra entre os Observadores e os Freljordianos, entre Lissandra e as reencarnações de suas irmãs, entre Anivia e o Gelo Negro, corrupto.

 

Eu esperei 06 anos por esse momento, 06 anos para ver o fim dessa história e, achei que ia adorar, mas foi horrível. Tudo o que fizeram foi horrível. Não acreditei nessa nova lore da Lissandra, um grande erro, não leva em conta a dublagem em jogo, o carisma do personagem, a narração no fim de uma partida em Howling Abyss, os players que tanto esperaram esse momento. Estou indignado.

 

Não basta Lissandra se tornar boa, a justificativa é ridicula "ela teve que escolher entre seu acordo ou sacrificar aquilo que mais amava", por que? Por que ela teve que sepultar aleatoriamente todo mundo? Por que ela não se juntou aos Glacinatas na luta ou aos Observadores? Não faz nenhum sentido. Por que ela quis ser idolatrada como uma deusa? "O olho de Lissandra está sobre você"... hã? Como um amuleto com o símbolo de Lissandra tem poderes? Por que Lissandra tentou esconder a história se era muito mais prudente revelar esse terror para todos se precaverem? É tudo muito ridículo e sem sentido.

 

Eu esperava o retorno dos observadores, uma nova guerra, um novo evento, um jeito formidável e inédito de encerrar essa história incrível que merecia um livro, mas o que me deram foi uma nova versão errônea e descabida da história que eu tanto amava. O que vem a seguir, Nunu seria filho de Lissandra? 

 

Não sei o que está acontecendo no setor de História da Riot, mas as pessoas que estão trabalhando ali assassinaram a melhor historia desse jogo, jogaram no abismo de Howling Abyss todo o amor que eu tinha por Freljord, mas eu ainda tenho esperança que isso seja uma trollada, para que a gente sinta como Lissandra alterou a história e que ela se mostre como é de verdade, do contrário, isso seria uma completa vergonha.

 

Pessoas precisam ser demitidas por essa história horrorosa, por esse trabalho mal feito, eu nem sei se vou conseguir voltar a jogar com Lissandra, uma das campeãs mais cativantes com quem joguei, que enfrentou suas irmãs pela sua fé cega nos Observadores, por um mundo congelado, onde o Gelo Verdadeiro cobriria tudo e ela reinaria com os seus benfeitores. 

 

Decepção!

54 RESPOSTAS

Concordo plenamente com você, não é só a Lissandra, todas as lores estão ficando superficiais. Não digo das lores da liga das lendas como a do jax (que era vazia) e sim aquelas lores meio-termo, como a do Braum e a porta inquebrável que a Lissandra forjou que se tornou o escudo dele... era sensacional, a vozinha contando uma lenda para o neto sobre um homem que cavou uma montanha inteira pra salvar um troll em um cofre e usou a porta de gelo verdadeiro como escudo. As lores atuais são superficiais d+, n digo sobre ter vilão ou não, é tudo preto e branco ou um cinza bem sem graça. A gente quer ler arte, queremos sentir a arte, não apenas um conto meia-boca pra explicar pra uma criança de 6 anos o personagem (pois é isso o que parece).
"Adágio, invocador" - Sona

A nova lore do zed tá um **cogumelo do teemo**, perdeu a essência do assassino que foi corrompido pelas sombras e pelo poder para um garoto confuso.
Adorava o fato de que a vila inteira do trundle estava sobre controle secreto da Lissandra e pá... tem algumas lores que eram horríveis, mas eles ferraram as únicas antigas que eram boas (braum, zed, Lissandra, etc).
Eles mudaram de uma maneira que indica uma tendência dos desenvolvedores à diminuir a idade alvo do jogo
"Adágio, invocador" - Sona

Ué não tão falando o Ornn ?

 

Nossa eu pedi ódio gratuito agora hahahahaha

 



O lore antigo da Lissandra, recheado de "porque sim" e "o que diabos é isso?" era bom e bem trabalhado? A antiga Lissandra era sim um pau-mandado, passiva na própria biografia, em nenhum momento ela tinha ou passava tomada de alguma decisão propria, sempre era subentendido que ela apenas executava ordens.

Concordo com a parte que estão fazendo lores mais rasas, mas com 140 campeões para lidar fica cada vez mais complicado criar coisas profundas sem criar problemas entre eles, aliás to vendo uma "Guerra das Infinitas Runeterras" em um futuro próximo se seguir esse ritmo, afinal já tem as Runas do Infinito.

Reworks foram feitos por uma série de motivos relacionados aos kits, UM deles foi que a temática e narrativa do personagem estavam completamente diferentes da mecânica desenvolvida. Não foi o principal motivo nem do Swain, como apontou, nem de qualquer outra mudança, a principal era que o personagem em si já estava mecanicamente e visualmente datado em comparação com o estado atual do jogo. Passiva futura dela tem sim explicação tanto na nova bio apresentada, quanto no conto dos Praeglacius, em que o Gelo Verdadeiro congela tudo de maneira quase instantânea (algo como "nitrogenio líquido de filmes, só que mágico"), e influencia pesadamente o ambiente ao redor, e seres sem resistência sucumbem rapidamente.

Lore atual é bom? O que tem na essência sim é, e muito melhor do que antes, mas a prosa, o meio que passaram, não, como já disseram aqui, e aliás tem pontos que fica difícil saber como passaram pela parte de revisão. No mais tudo que você disse é apenas subjetivismo seu, que não gostou da mudança e quer uma justificativa, e isso não vai ter como discutir, já que o gosto é seu. Então encerro minha participação aqui, pois já ficou cansativo dar voltas e voltas para lugar nenhum.
Wynkle
Aronguejo
Aronguejo

Eu concordo com seu post e, realmente, sempre que mudam histórias meu coração fica na mão.

Entretanto quero salientar a primeira parte do seu texto.

A parte que mais adorava em League of Legends era o fato de sermos Invocadores onde escolhemos campeões para lutar em nossos nomes e ajudá-los a resolver seus próprios conflitos.

Até hoje não acredito que a Riot tirou isto, era a essência do game.

Poxa.

Então, entendo vc gostar disso, mas muita...mas muiiiitaaa gente odiava essa parte haha..pq inviabiliza imaginarmos que os personagens tem uma "vida própria" e não são apenas videogame...sem contar que não fazia muito sentido, além de muito complexo fazer essa ligação do mundo real com a lore do jogo... nós existimos então naquele universo certo? o que é? um mundo paralelo? outra dimensão? só um video game mesmo (no caso nem faria diferença tudo que eles passam então)...muito difícil arrumar isso aí..

Melhor fazer como em outros jogos, aquele mundo "existe" para eles...e é separadinho do jogo...

Rafhiks
Aronguejo
Aronguejo

O título não condiz com o conteúdo do post, a história do Ryze continua a mesma... jk
Carlymus
Aronguejo
Aronguejo

Bem. Pelo menos eu entendi que isso é uma explicação da lore dela, tipo um gancho pra o novo começo dela, não vi ela ficando boa, so vi ela ganhando mais motivos pra se empenhar em sua vingança.

Pois é.
Hoje mesmo estava comentando sobre isso em outro post. Estava falando sobre como eles colocam personagens nas histórias sem o menor capricho de desenvolvê-los. Acho que no mínimo deveria haver uma pequena introdução para cada personagem envolvido nas histórias.

Seria legal se algo estivesse acontecendo no universo de League em tempo real: por exemplo uma guerra civil, algo assim. Mas não, a história fica lá parada por um bom tempo e quando acontece alguma coisa não tem consequência nenhuma sobre o universo. Um exemplo muito claro foi a batalha entre Luz e Escuridão. O Evento acabou, a Escuridão venceu (pelo que eu me lembro), mas não ouve nenhuma consequência real na história principal. Muito desleixo dos roteiristas.

Mano, eles estão refazendo o background do jogo, aonde q é desleixo??? O evento era sobre skins emissário da luz/trevas, n tem sentido isso impactar o mundo de runeterra, é tipo pedir pra história das Skins projeto impactar o universo das skin star Guardian, são coisas diferentes, se você quer realmente ver como eles se preocupam com a história da uma olhada no fórum do NA, lá os escritores são bem ativos e respondem várias perguntas

É minha opinião, meu caro.
Se é um "universo", penso que tudo deve ter consequências universais. Isso deixa o conjunto da obra mais verídico. Mas aparentemente eles não tem a menor vontade de fazê-lo parecer verídico.
Contudo entendo que a maioria das pessoas não estão nem aí para os detalhes, então não há porquê perder tempo os criando.

Primeiro que o evento luz e escuridão não era relacionado ao universo do LoL, e sim ao univero dessas skins, então não teve motivo algum pra influênciar o jogo.

Segundo que teve um evento que influenciou diretamente o jogo depois que começaram a refazer as lores. Que foi no evento que o GP "morreu", quem era main GP ficou revoltado por achar que ele não voltaria pro jogo, a skin base dele virou skin, ele ganhou uma nova skin base e de quebra ainda deram um rework no kit dele.

Isso deveria acontecer mais, eu concordo, mas eles estão focando em remover as brechas na história e deixar o universo em aberto para no futuro (sem campeões com lore desatualizadas), para realmente começar os impactos e eventos. Mas acho que antes de completar tudo, ainda deve vir algum evento, se não vai demorar muito.

Essa semana mesmo eu mandei um ticket pra Riot sobre o mesmo tema, transformaram a Lissandra de uma vilã para o cichlê de "eu me arrependo de tudo", parece até um filme da Disney, o discurso dela sobre Howling Abyss quando se vence (https://www.youtube.com/watch?v=5mMnf4uRS7Q).
O discurso diz:
"Howling Abyss, uma fenda sem fim cercada por uma fortaleza antiga esculpida em uma geleira.
Ninguém se lembra de quem construiu esse lugar, ninguém sabe seu proposito, ninguém além de mim.
Muito antes de Ashe e Sejuani, antes que a magia estilhaçasse os gumes quebrados, antes de o deserto engolir Shurima, era o tempo de três irmãs.
Éramos muito jovens Avarosa, Serilda e eu Lissandra, naquela época os observadores gélidos viviam aqui, eu não sei de onde eles vieram, mas sei que eram poderosos. Eles nos deram presentes, compartilharam sua magia e nos tornaram imortais.
E assim nos chamaram de Glacinatas, em retribuição lhes dava-mos o que desejavam, essa imponente fortaleza, um império vasto, nossa lealdade, era um preço pequeno a se pagar.
Avarosa não via dessa forma, assim como uma criança mimada, ela ansiava por liberdade, exigiu escolhas, semeou as sementes de rebelião e traição.
Foi aqui que aconteceu, de um lado os Observadores gélidos, de outro Avarosa e sua horda de Glacinatas, muito dos quais morreram aquele dia, mas fizeram sucumbir os Observadores.
Avarosa os conduziu ao abismo uivando, eu nunca a perdoei e tive minha vingança, mas essa é outra história."

Sem falar da tela de login excepcional dela, ao menos eu espero que terá algum plot twist ou algo assim envolvendo ela.
Mudar a essência de um personagem pro clichê da noite pro dia é muito decepcionante.

a semana mesmo eu mandei um ticket pra Riot sobre o mesmo tema, transformaram a Lissandra de uma vilã para o cichlê de "eu me arrependo de tudo", parece até um filme da Disney


Primeiro, o fato de ela se arrepender não torna ela uma vitima e muito menos tira ela do papel de vilã, só mostra que ela cometeu erros e se responsabiliza por eles. 

Segundo, me diz UM único filme da Disney, disney msm, sem ser Pixar nem live action, em que o vilão chega "Ai eu me arrependo de tudo", a gigantesca maioria dos vilões se ferram no final, normalmente pela própria arrogância. 

Terceiro, clichê é a Lissandra ser um pau mandado dos Observadores, dando as costas a tudo que ela tinha pra ganhar mais poder e só, nem controle ela teria pq quem comandaria seriam os Observadores.