cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
old friend
Tropa
Tropa

Os Observadores Gélidos - Análise e Teorias #2

Olha quem tá aqui de novo, isso mesmo, seu criador de teorias e main Garen favorito!
Não? 
Bom, pelo menos valeu a tentativa...

Primeiramente gostaria de agradecer do fundo do coração a todos que leram meu primeiro tópico sobre os demônios do nosso querido Lolzinho, que inclusive foi colocado como destaque nos Tópicos Implacáveis! Me sinto muito honrado por poder ter tido esse oportunidade de integrar mais pessoas para a "backstory" que muitas vezes passa meio despercebida ou acaba sendo desinteressante pela dificuldade que é juntar peça por peça pra ver o cenário inteiro.


E é exatamente isso que eu vim fazer aqui hoje, como já dizia a lenda em pessoa alien:

"Busquem conhecimento" - ET Bilu

Eu sei que muitas pessoas adoram esse tema, porém por ser algo que ainda vai ser mais desenvolvido pela Riot resta apenas nos agarrar aos pedaços de informações que temos. O intuito desse tópico não é nada mais nada menos que concentrar todo o conhecimento sobre o assunto em um único artigo que (espero eu) fique divertido e interessante o suficiente para investirem seu tempo nele.

Vale ressaltar que nesse artigo eu não irei contar toda a história do Vazio em si, mas sim as principais aparições e manifestações dos Observadores através a história.

Sem mais delongas, vamos começar!


Prólogo - Nada

Antes de tudo, havia nada. Antes de todo o Universo surgir, existia o Vazio.
Uma dimensão nula, infinita e etérea.

Para compreender melhor os observadores precisamos, primeiramente, entender a própria essência dessa dimensão que fica abaixo do plano material.

O Vazio é literalmente o nada, o abismo interminável e faminto, a eternidade. Uma dimensão aonde não existe o físico mas apenas a essência. Ficaria relutante de citar inclusive que isso possa ser considerado existir se não fosse por uma coisa: Os seres que existem lá.

Entidades vastas e sem forma que existiam naquele plano, que apenas ficavam "flutuando" por ai, sem mal sequer notar suas consciências, afinal não existia nada para interagir ou necessidade de ser algo, e, de certa forma, havia paz nisso.

Porém, em algum lugar, algo aconteceu onde antes não havia nada. E isso magoou profundamente nossas queridas entidades maléficas que deram um salto um tanto quanto curioso: De ficar relaxando pela eternidade para o desejo incessante de destruir todo o plano material e encerrar o zumbido irritante que atrapalhava a sonequinha deles, que não podia ser nada mais nada menos que nosso universo de Runeterra! 

E eles analisavam esse novo reino, ou melhor, eles observavam.

Capítulo 1 - O Pacto

É imprescindível a citação de Freljord quando falarmos sobre os Observadores pois, alem de Icathia, é a região com maior atividade do Vazio em si. E tudo começou a muito tempo atrás numa galáxia muito, muito distante... 
PANÃÃÃÃÃ, TANRANTANTANTAN.

Nossa história começa nas épocas mais primordiais de Valoran, quando os semideuses eram os reis do pedaço e cada dia era uma luta incessante para a população. Porém algo mudou nessa natureza feroz e inata das pessoas. Três irmãs surgiram para organizar os humanos de os tirarem da selvageria da vida pré-histórica: Avarosa, Serylda Lissandra.

Ilustração das três irmãsIlustração das três irmãs
As três, por mais que humanas comuns, tinham um espírito de luta indomável e um dom nato para a liderança somada a ousadia intrépida que as fez triunfar diversas vezes em batalha, porém toda essa coragem teve um custo alto:

Avarosa perdeu a audição ao enfrentar a escuridão distorcia sob o mundo, ou seja, a própria presença do Vazio parece ser tão excruciante a ponto de causar danos ao seres do mundo material que se aproximam, assim como citado em diversos contos de manifestações do Vazio terem causado severos sintomas em humanos. 

Serylda perdeu sua voz ao tentar conquistar os céus e ser subjugada pelo primeiro crepúsculo, mas isso é um assunto para um outro tópico.

Lissandra perdeu a visão ao tentar usurpar a magia selvagem da época e ter seus olhos inutilizados pelas garras do feroz semideus Volibear

Por mais que tenham sido debilitadas elas continuavam sendo as mesmas líderes excepcionais que comandavam legiões de guerreiros. Porém uma irmã, mas especificamente a terceira, amargurada pela perda de um de seus sentidos mais fundamentais resolveu se aventurar na vastidão do mundo mágico e dos sonhos, e em suas aventuras ela notou que apenas ela conseguia ver a imensa escuridão, e seu vasto e mortífero potencial, que pairava sob a Terra, que apenas estava aguardando pacientemente uma forma de irromper nesse novo plano.

Iludida e ludibriada pelas deidades com as quais tivera contato através dos sonhos, Lissandra fez um pacto sombrio em nome das três. No qual elas e seus seguidores mais ávidos e fiéis receberiam a quase imortalidade e poderes além da compreensão, entre os quais estão a quase imunidade ao frio e o poder de manusear e criar armas de Gelo Verdadeiro, um dos materiais mais fortes em toda Runeterra.

Porém o custo de tudo isso estava muito além da compreensão da terceira irmã.

As três, em troca de tudo isso, teriam que preparar o mundo para a chegada do Vazio.

Capítulo 2 - Sacrifício

Tudo ia bem no começo, agora conhecidos como Glacinatas, seus novos poderes afirmaram ainda mais a autoridade das três por toda Freljord. Agora era inegável que todas haviam se tornado lendas vivas e eram respeitadas por todos que ouviam suas histórias de bravura, entre elas sendo o impressionante feito de derrotar Volibear em sua forma mais primitiva e poderosa e na jornada que se seguiu a unificação de Freljord, que ficou conhecida como a Guerra das Três Irmãs

Todos os seres a partir desse momento se mexiam sob sua tutela, elas praticamente usurparam o postos de deusas, inclusive os misteriosos e sinistros Vagantes ficaram servos dos seus desejos.

She Who Wanders. Um vaganteShe Who Wanders. Um vaganteA pedido das Três Irmãs, Ornn cavou o abismo que conhecemos hoje como Howling Abyss para que os seus mestres pudessem romper o fino véu que existe nas profundezas da terra e adentrar na sua dimensão como parte da tarefa de "preparar o terreno".

Porém o espírito indomável de Avarosa a deixou cada vez mais indignada com a ideia de viver sob a tutela de um mestre, ela alegava que a única coisa pior que a morte era a servidão. Seus ideais logo foram seguidas por Serylda que se indagava no que o mundo pelo qual tanto lutaram poderia vir a se tornar com essas divindades subterrâneas claramente nada suspeitas viessem a superfície.

Lissandra se via em uma saia curta complexa, enquanto tentava acalmar as expectativas que ela considerava exaltadas de suas irmãs ela também suplicava por mais tempo para preparar o terreno para seus falsos ídolos. 

Porém o Vazio é faminto e não se importava com tais trivialidades dignas do Casos de Família.

E então o dia chegou, o dia no qual Avarosa e Syrilda juntamente do seu exército sobrenatural de Glacinatas avançaram até a Cidadela Praeglacius, a fortaleza de Lissandra ao redor de Howling Abyss.

Lissandra tentou convencer através da lógica que todas essas conquistas haviam sido exclusivamente possíveis por causa das deidades do outro plano, mas as outras duas irmãs já estavam mais do que convencidas de que aquiles seres não trariam nada além de desgraça e desonra para a região que elas batalharam tanto pra unificar, e assim um conflito se instaurou.

E entre espadadas e machadadas algo aconteceu, os Observadores viram uma brecha e finalmente romperam o véu da realidade em um enorme abismo e invadiram Runeterra.

O mais ousado deles foi o primeiro a invadir o outro plano, mas foi atordoado pela enchente de sensações. Tempo, calor e dor. Todas essas coisas antes eram desconhecidas por seres que não tinham que se preocupar nem com sua própria forma, e o resultado foi a maior aberração que já pisou nesse mundo.

Metamorfoses incessantes começaram a ocorrer na entidade, tufos de pelo e chifre surgiram e seus colossais tentáculos eram transformados em braços que roçavam na encosta da montanha tamanho era a imensidão desse ser. E os outros observavam de perto suas transformações horrendas apenas aguardando sua vez de atravessar a passagem.

Logo a terceira irmã percebera a verdadeira natureza grotesca desses seres que ela chamava de mestre, e então conjurando até a última gota de magia anciã ao seu redor, inclusive dos seus aliados, ela selou a fenda, matando suas duas irmãs e milhares de Glacinatas.

Isso significou a salvação momentânea do mundo pelas mãos de Lissandra, ela apenas os colocou em um estado adormecido, eles ainda estão observando e pior. Agora sabem que foram traídos.

Lissandra diante do selo que colocou sobre os ObservadoresLissandra diante do selo que colocou sobre os Observadores

Ponte dos Esquecidos tomada pelos tentáculos dos Observadores, que a cada ano se esgueiram mais e mais para sua liberdadePonte dos Esquecidos tomada pelos tentáculos dos Observadores, que a cada ano se esgueiram mais e mais para sua liberdade
Capítulo 3 - Crias Profanas

Após a traição da bruxa os Observadores aprenderam, analisaram e por fim se adaptaram. Eles recolheram matéria bruta do outro mundo e a corromperam, deram forma com base em si mesmos e por fim colocaram uma consciência pervertida nela, um verdadeiro horror pútrido e rastejante. Ou melhor, flutuante. Foi nessa época que o temível Vel'Koz nasceu, o filho prodígio e mais velho do Vazio que está vagando em Runeterra desda época das Três Irmãs, seguido pelo seu instinto de coletar informações para seus mestres compreenderem melhor aquele mundo tão irritante. Se arrastando pra fora de aberturas menores no fino tecido entre os reinos ele e mais uma legião de abominações invadiram Runeterra em busca de seu objetivo.

"Conhecimento através da desintegração" - Vel'Koz

"Consumir e adaptar" - Kha'Zix

"Você desejou que o mundo que conhece acabe, sim" - Cho'gath

"O terror está próximo... Papai está chegando" - Kog'Maw

A linha do tempo começa a ficar deturpada a partir desse ponto, pois mesmo se formos considerar todas as outras aparições do Vazio veremos que elas apenas trouxeram mais e mais seres que vieram consumir e estudar o terreno, isso inclui a queda da Icathia e outros eventos fatídicos na qual eu irei relatar em um artigo especificamente para TODAS as manifestações detalhadas do Vazio.
Então fique de olho!

Epílogo - Apocalipse

Então finalmente iremos entrar na sessão de teorias! Particularmente minha parte favorita

Como pudemos avaliar nesse post, os Observadores estão sedentos pela nobre paz que houvera antes da criação do reino material, e pode apostar que eles vão fazer de tudo para não terem mais que ouvir a risada irritante da Lulu.

O FIM DE RUNETERRA ESTÁ PRÓXIMO!

Afirmo isso com toda a certeza do mundo pois todos os fatores já se alinharam:

A chegada de Zoe, que marca eventos catastróficos nas filas ranqueadas;
A chegada de Bardo, que guia toda a existência para longe da sua aniquilação;
E, principalmente, o enfraquecimento do selo de Lissandra.

Os Observadores estão retornando, e não pretendem mais ser enganados.


Como visto no conto "O Olho no Abismo", o selo posto sobre os observadores é constituído em 9 pilares de Gelo Verdadeiro com inscrições rúnicas talhadas neles.

Porém um desses pilares cedeu e, claramente, os Observadores estão a um passo de serem libertos.

Aos interessados recomendo muito esse conto, ele realmente lhe prende do início ao fim e lhe faz ficar ansioso pelos próximos acontecimentos:
https://universe.leagueoflegends.com/pt_BR/story/the-eye-in-the-abyss/

Observador aprisionado no selo de Lissandra.Observador aprisionado no selo de Lissandra.

Esse será o acontecimento mais importante de todos os 10 anos de League of Legends.

E quando vai acontecer? Provavelmente daqui a alguns anos.

Por mais que tudo nas histórias indique que eles estão, de fato, a um passo de serem libertos toda Runeterra precisa ser desenvolvida como um todo antes do mais fantástico arco de história ocorrer com o fim definitivo de todas as histórias de todos os personagens.

Pense em algo que se equipara a Vingadores: Ultimato. Porém MUITO mais grandioso e caótico.

Espero eu que envolva algo como 10 jogadores contra um Observador em um modo de jogo estilo "raid" como já vimos no modo Odisseia com o Kayn ou no modo Guardiã Estelares com o Arauto.

Infelizmente o que nos resta é esperar o desenvolvimento desse incrível conto de um estupendo trabalho da Riot Games, que nos demonstra a cada dia que tem uma equipe competente e que sempre nos surpreende com contos épicos sobres os feitos das nossas Lendas favoritas!

Para os interessados, eu não acredito na teoria que existe um ser supremo que é superior aos Observadores, porém nunca descarto a possibilidades, afinal: Não sabemos!

Considerações Finais do Autor

Dessa vez a análise e as teorias ficarem deixando um pouco a desejar, porém realmente espero que alguém tenha ficado animado com as diversas possibilidades do desfecho desse arco do Vazio.

Agradeço novamente do fundo do meu coração todos que tiveram a paciência de ler até aqui essa análise que demorou cerca de dois dias e uma madrugada de pesquisa pra concretizar e ser reportada de forma resumida e engajadora.

Novamente aceito de braços abertos quaisquer críticas e/ou opiniões e, por favor, me avisem se esqueci de algo. Provavelmente irei criar algumas outras séries de artigos, porém sempre priorizando "Análise e Teorias" que provavelmente vou considerar a minha principal, conto com o apoio de todos!

E lembrem-se crianças:

FIQUEM EM CASA E NÃO PICKEM RANGED TOP

Forte abraço ^_^ 

Tags (1)
3 RESPOSTAS
Rydrake
Barão
Barão

Muito bom. Ri muito com a parte "Porém o Vazio é faminto e não se importava com tais trivialidades dignas do Casos de Família." kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
iago hedgehog
Arauto
Arauto

respeito só pelo tanto de informação juntada e pelo trampo de escrever cara mas eu ainda não entendi o porquê a riot quer "destruir runeterra", e o pior é que todas as teorias fazem sentido uma correção apenas,  não é a Zoe que é só um arauto da destruição, todos os aspectos são eles só incorporam quando vai rolar alguma treta lascada,(pelo menos era assim nas lores  do Taric Leona, Diana e phant pré rewok ainda não li a pós rework) 

A volta dos Observadores na minha opinião vai um evento estilo Florescer Espiritual ou algo do estilo, porém em uma escala muito ridiculamente maior, já que seria uma forma de concluir a história de diversos personagens e por isso, volto a repetir, que provavelmente vai demorar anos pra acontecer. É tipo uma carta na manga para quando a popularidade do LoL cair.
E sobre os aspectos eu selecionei especificamente a Zoe pois, além de ser a mais nova, em sua lore sempre é citado que eventos cataclísmicos ocorrem com sua chegada, então ela não seria um arauto mas, sim, um aviso de que algo vai ocorrer.