cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Suke
Tropa
Tropa

[Conceito] Kayn Guardião Estelar

Todas as artes foram feitas por @yueongg 

 

 

Spoiler

Kayn (no universo das Guardiãs Estelares) - Infância

Quando criança, seu vilarejo foi destruído por um grupo de Guardiãs Estelares que combatiam uma aberração cósmica extremamente fugaz, que fugiu sem pensar duas vezes para o amontoado de seres vivos mais próximos. O vilarejo de Kayn, que era distante de todas as grandes cidades, foi destruído por um golpe insentato que vira a mudar toda a vida de Kayn e também Ahri, que naquele dia, pensou de cabeça quente e destruiu com extrema impiedade a criatura, e por consequência não intencional, o vilarejo. Kayn estava voltando para casa junto ao seu melhor amigo Nakuri, quando ouviu a explosão distante. Ele corria esbaforando medo e desespero, jogando no chão seus brinquedos. Quando chega perto o suficiente de avistar o horizonte destruído, ele se ajoelha e chora de raiva e dor. Instantes depois ele corre com ímpeto imparável. Ahri e seu grupo neste instante observam o erro que cometeram ao permitirem o golpe de finalização estrondoso na criatura, elas perceberam sua falta de experiência e maturidade, que levou a destruir sem intenção o vilarejo. Kayn se aproxima perto, e vê cinco figuras em meio a fumaça e vapor gerado por toda aquela destruição, e se aproxima com cautela. Ele vê a figura de Ahri, assustada e enfraquecida pelo ocorrido, chorando junto à suas parceiras. Suas pupilas dilatam, ele aperta seu punho e dentes com uma expressão de fúria e raiva na face. A intensidade de sua respiração aumenta, ele encara a figura da jovem mulher ensanguentada com orelhas de raposa (Ahri nesse perído da história seria uma novata Guardiã Estelar, o que explica sua falta de maturiadade e experiência). Ele olha no fundo de seus olhos, e ela vê naquele instante não um garoto, mas sim uma dor infinita em forma humana. Ela com a voz tremula inicia uma palavra que foi rapidamente parada com a repentina ação de Kayn de correr sem pestanejar daquela situação. Ahri, que possuía uma culpa inifinita incapaz de pedir qualquer perdão, fica imovél e desmaia. Esse é um dos dias que Ahri jamais esqueceu, e que foi um dos catalizadores para que ela virasse uma grande líder das Guardiãs Estelares que é hoje. Ahri nunca mais viu aquele garoto outra vez, o olhar e dor dele até hoje são mantidos em sua mente.  

 

Kayn Guardião Estelar 

Kayn se manteve em constante treinamento por uma ordem de assassinos que agiam de baixo dos panos sobre contrato de clientes na Cidade de Valoran. Encontrado por Zoe, ela que já sabia o seu passado e revolta com as Guardiãs Estelares, o ofereceu uma oportunidade única de se vingar contra elas. Ele não pensou duas vezes antes de abandonar sua antiga vida para iniciar uma nova. Kayn oficialmente nunca foi selecionado pela Primeira Estrela, e sim por Zoe que junto a Rhaast, criaram um mascote artificial com uma irrisória parcela do poder de Rhaast, aos moldes dos mascotes originários da Primeira Estrela. 

 

Rhaast - O "mascote" mágico artificial

Sendo uma versão diminuta e alternativa de Rhaast (da Odisseia), ele possuí muita semelhança quanto ao poder do mesmo, praticamente um filho com uma pequena porção de particulas de seu poder. Como foi criado com base nas das Guariãs Estelares, ele possuí funcionalidades semelhantes as delas. Suas principais são a capacidade de se transformar em uma espécie de foice com capacidade destrutiva imensa, e também a capacidade de desmaterializar o hospedeiro de forma que vire intagível por alguns instantes, o que possibilita por exemplo atravessar paredes. Fora o grande aumento de capacidades físicas como velocidade, resistência e força. Sua capacidade máxima vista até então foi quando Kayn o ordenou a o sugar para dentro de si em forma de mascote e adentrar o corpo do oponente, para que Kayn saia de dentro para fora.

 

A história por trás de tudo

Shieda Kayn, da realidade da Odisseia, honrado Ordinal do ex-Império Demaxiano foi morto e dominado por Rhaast. A vontade e obliteração infinita dos Estrela Negra foi demais para sua mente e corpo mortal, mas sua vontade e garra foi algo jamais visto, para alguém de sua espécie. Rhaast, um ardiloso conhecedor de realidades e universos, já sabia que a Primeira Estrela era uma das maiores armas de todas. Um ser como ele, que vaga de dimensão a dimensão, realidade a realidade, não poderia ficar sem fazer nada, depois de conseguir se libertar dos grilhões de eras intermináveis em que esteve no passado. Ele sabia que precisava alcançar de alguma forma o universo em que existe as Guardiãs Estelares, Jhin e Rhaast, os únicos seres vinculados a Estrela Negra que possuem liberdade e autonomia sobre suas vidas, agora que possuem o Portão Ora, não irão hesitar em deter todo o poder da Primeira Estrela. Rhaast, por mais que possua uma capacidade de adentrar realidades e universos astronomicamente distantes, só podia vislumbrar e sussurar distantemente ao das Guardiãs Estelares. Jhin, através de Rhaast, com muito esforço dispara uma partícula de sua existência no escuro, atingindo o coração da realidade estelar. A bala perdida perfura perfeitamente o coração do que viria a ser a portadora de suas ambições, Zoe. Rhaast, caindo na risada percebe que seu encontro com o mortal Kayn é algo que se repete em diversas realidades, e que o mesmo existia no das guardiãs, ainda jovem e astuto semelhante ao seu falecido da Odisseia. Rhaast então concede a Zoe uma versão diminuta e alternativa de sua existência, ele se inspirou nas criaturas que a primeira estrela cria para manifestar seus poderes concedidos as Guardiãs. Zoe obedece as ordens dadas por Rhaast, com muita dificuldade, ela encontra o jovem Kayn, que surpreendentemente ou não, entra em sinergia com o mascote. Kayn agora membro do grupo de Zoe, junto de Xayah e Rakan, eles buscam destruir diretamente todas as Guardiãs Estelares junto com a Primeira Estrela. Considerado filho de Rhaast, sua versão diminuta nada mais é que parte minuscula da existência do mesmo, e que caso domine o corpo de Kayn, irá se tornar a peça-chave para que Rhaast adentre aquele corpo parcialmente vinculado ao seu para explorar este universo. Para a infelicidade de Rhaast, ainda existe muitas linhas temporais em que Kayn o ganha, e isso é um real impecilho para seu plano, mas como o processo da dominação deve agir de forma natural até certo ponto, Zoe não pode agir de alguma forma em relação à isso. Se Kayn o dominar, ele irá obter um imenso poder capaz de destruir Zoe e todo o seu plano, fechando de vez as aberturas de seu universo e se tornando uma grande figura do mesmo. Ou a criatura vence, e os planos imensos se tornam realidade, ou Kayn se torna um vilão dentro de seu universo e indiretamente um herói ao mesmo tempo, que destruiu os planos infinitamente mais malignos de Rhaast e Jhin.

Não sou o artista das artes que utilizo, apenas divulgo-as e crio as lores. Muito obrigado ❤️ (desculpem pelos possíveis erros de português e coerência haha).

 

8 RESPOSTAS
Akutuy
Tropa
Tropa

^^

Melhor que a skin e a historia PARABENS 😄
Brave Bird
Lenda
Lenda

Oloco que daora

RRcezar
Aronguejo
Aronguejo

Só ano que vem agora, mais tá legal.
RRcezar
Aronguejo
Aronguejo

O Raasht parece o Terra do KH, na sua armadura.
Kyotsuka
Tropa
Tropa

seloko quem diria que o main nunu ia ser talentoso fora do yeti

Amei
Wind Chime
Arauto
Arauto

MEU DEUS, acho que me apaixonei.