cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
RRcezar
Aronguejo
Aronguejo

Uma historia baseada na lore do Shaco.

Olá pessoal, to aqui denovo ja que não tenho aula na facudade, e to com muito tempo livre.

Dessa vez estou trazendo uma historia de um personagem que me deixa deveras tiltado, espero que não seja só eu, que é o famigerado Shaco, só que agora vai ser como um desses o formato é de contos de terro, ou lendas urbanas espero que gostem.

E dessa vez estou mais atento aos erros de português.

 

A muito tempo atraz existia um homem, um jovem forte, corajoso, e inteligente, que sabia o valor das coisas, que não desperdiçava uma oportunidade para galantiar as donzalas, conquistar sua familia com o seu bom humor, e da mesma forma tomar a suas posses sem qualquer descriminação causando mortes se fosses preciso.

E havia uma bela moça de traços unicos, de bom coração, igenua, e desprovida de sorte para o amor.

 

Em uma noite em um baile de gala o jovem homen conheceu uma moça de beleza deslumbrante, ela se apresentou ao homem como uma duqueza que tinha sido  abandonada por seu marido deixando somente como consolo para ela uma fazenda e o titulo, o jovem viu uma oportunidade da qual nunca teria novamente. Com o passar da noite o jovem convenceu a moça a se encontrarem mais vezas, e assim abos começaram a se conhecer, conforme o tempo foi passando o relacionamento tomava mais profundidade ate chegar uma proposta de casamento para a moça que ja se encontrava apaixonada pelo homen se bons traços.

 

Agora o jovem ja era duque, e com a chegada do titulo o que antes era amor se tornou desprezo sufocando a bela moça ate a sua morte:

- Minha querida, não a mais razões para ficarmos juntos- ele disse com um olhar sem sentimentos.

Ela em desespero disse:

- Alguem me ajude, alguem o pare e eu farei, darei seja la o que for.

Mas niguem a ouvia, só um boneco a observava de um canto escuro com uma aparencia de bufam:

- Querida só a nos nesse quarto- o homem disse em sarcasmo.

Em seus ultimos momentos uma pergunta sussorrou sua mente,``se eu te ajudar, você me deixa andar por onde eu quiser, fazendo o que quiser da maneira que eu quiser ?´´

Sem saber de onde venho e quem disse aqui a moça o responde:

- Sim fassa o que quiser só me livre dele- a moça grita em desespero.

- Com quem você acha que esta grit...- silêncio.

Com o ar passando por sua garganta a moça se afastava institivamente procurando um lugar seguro.

- HAHAHAHAHA- uma risada cheia de felisidade dominava o quarto.

A moça em reação tentou ver quem estava tão feliz, e o que ela via era um boneco com uma aparencia de bufam o mesmo que a observava agora com uma estatura humana:

-Quer escuta uma piada ? Só não sera engraçada, para você.

 

Dizem que desde aquele dia a moça conta a mesma historia porem ninguem acredita, e a acusavam da morte de seu marido, mas como não havia um corpo, ou provas, ela foi deixada em um hospicio por ter cortado seu proprio dedo anelar, e o que é mais extranho é que desde desse dia o numero de desaparecidos aumentaram pessoas que estavam destraidas em qualquer lugar, e corpos são encontrados com aparencias dificeis de indentificar.

 

É SO POR HOJE PESSOAL NOS VEMOS NO PROXIMO.

0 RESPOSTAS