cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
SKL Minister
Arauto
Arauto

O META DESFAVORECENDO A DIVERSÃO DE LEAGUE

Cara, de uns tempos pra cá eu venho me cansando de League por nenhum motivo aparente. Como não pego muita gente tóxica nas minhas filas, duvido que o motivo seja esse e não me importo tanto por jogar sozinho boa parte das vezes (meu horário livre não ajuda muito, quando entro boa parte do povo tá offline). Foi então que comecei a olhar melhor para o interno do jogo e percebi que os campeões (mais precisamente as classes) são o motivo de achar o jogo monótono. 

 

  • Os lutadores quase sempre seguem um padrão de farmar para no final do jogo se tornarem combatentes impossíveis de se lidar no 1v1 
  • ADCs agressivos fora do meta e quando entram precisam se encaixar em um modo de jogo que não os favorece
  • Magos sendo utilizados somente como apoio de controle de grupo
  • Assassinos e criadores de jogadas entrando somente em jogos onde a configuração das composições não os desfavorecem absurdamente

Traduzindo, o Meta com campeões muito mais cadenciados que agressivos faz os jogos serem chatos, apesar de gostar demais do fato de você criar todo um momento pra fazer objetivos e jogar nos erros do adversário, virar o jogo em torno da agressividade e força bruta dá mais emoção às partidas e acredito que faria League mais divertido.

Atenção: Eu não espero que todas essas classes sejam buffadas ou nerfadas, só quero que o meta possa evidenciar mais classes de campeões do que somente aqueles com crescimento cadenciado. 

20 RESPOSTAS
Sharpen
Arauto
Arauto

Ninguém obriga ninguém a seguir o Meta atual do jogo. Quem segue ele normalmente quer ganhar ou não sabe com que campeão jogar e acaba pegando o que está mais fácil de ganhar com.

Eu particularmente nunca sigo o Meta porque acho isso uma besteira e corte de diversão. Eu jogo LoL para me divertir, e não para ganhar. Se você acha chato o Meta, fuja dele. Se seu time está jogando no Meta, isso não impede de você jogar fora dele.

O Meta não desfavorece a diversão de League, a escolha que você faz sim.


@Sharpen@  escreveu:
Ninguém obriga ninguém a seguir o Meta atual do jogo. Quem segue ele normalmente quer ganhar ou não sabe com que campeão jogar e acaba pegando o que está mais fácil de ganhar com.

Eu particularmente nunca sigo o Meta porque acho isso uma besteira e corte de diversão. Eu jogo LoL para me divertir, e não para ganhar. Se você acha chato o Meta, fuja dele. Se seu time está jogando no Meta, isso não impede de você jogar fora dele.

O Meta não desfavorece a diversão de League, a escolha que você faz sim.

Sair do meta nem sempre é uma simples escolha. Muitas vezes pegar campeões que você considera "divertidos" pode ser um desafio e tanto, afinal, se o adversário pegar um campeão X forte (por causa do meta) e você um fugir dele usando um outro Y nem tão forte assim, muito provavelmente seu adversário vai ter muito mais facilidade de executar os objetivos com a escolha dele do que você com a sua. 

E isso vem sendo contundente no LoL. Antes, eu mesmo diria pra sair desse papo  de "sair do meta", mas agora, mesmo que você tente, vai se deparar com uma enorme barreira pra ter resultados satisfatórios com campeões que estão "fracos" no momento. 

 

E mais uma coisa, nesse caso citado, eu falo mais para partidas ranqueadas (onde a galera leva mais a sério) do que outros tipos de modos de jogo (4fun). 

Ou seja, melhor joguinho de poderzinho pew pew pra todo lado sem pensar do que um jogo de estratégia? Me poupe cara, quer jogar fora do meta jogue aram ou normal game, ranked é um modo pra ganhar, todos querem jogar a sério e subir por isso usam o meta. Meta chato era o meta tank onde eles ficavam invencíveis, não morriam e matavam todo mundo

@Velhinho WTF dude, n leu?

"apesar de gostar demais do fato de você criar todo um momento pra fazer objetivos e jogar nos erros do adversário, virar o jogo em torno da agressividade e força bruta dá mais emoção às partidas e acredito que faria League mais divertido."

Mas de qualquer maneira vou repetir. Gosto da estratégia por trás dos jogos, mas a cadencia do game faz isso ser muito monótono e prejudica demais campeões que podem ser agressivos e se aproveitar de situações de fragilidade e é mais ou menos isso que vem acontecendo.

"Eu não espero que todas essas classes sejam buffadas ou nerfadas, só quero que o meta possa evidenciar mais classes de campeões do que somente aqueles com crescimento cadenciado."

Dá uma lida no post antes de comentar. Falaste exatamente aquilo que não queria dizer KKKK
Mente Maluca
Arauto
Arauto

Por que vocês usam um cenário ideal de jogo pra falar sobre diversão?

Encarem a realidade, vocês NÃO SÃO jogadores espetaculares, vocês PODEM usar campeões fora do Meta no elo em que estão sem ficarem em uma desvantagem considerável...

Quem reclama que League não permite diversão é quem joga pra ganhar e quer ganhar ao mesmo tempo que faz coisas erradas/fora do meta, simplesmente usam como uma desculpa pra não conseguirem se encaixar no jogo.
→Thepgfk←

@Sharpen vc realmente pode n seguir o meta, mas vc vai estar em desvantagem por isso.

*center>

@Mydgar Não necessariamente.
O Meta é construído em cima de campeões baseados na sua Build padrão. Logo, se você usar um campeão com uma Build diferenciada do que as pessoas estão acostumadas, ele pode ser tão forte quanto os campeões considerados dentro do Meta.
Um exemplo disso é a famosa Irelia com sua Build AP. Está extremamente bom nas mãos de quem sabe jogar e, compete com todos os campeões considerados dentro do Meta.
Outro campeão que eu vejo muito pouco também é a Kai'Sa AP que, até agora eu achei o campeão com o poke mais forte do jogo porém ninguém explora isso e consideram fora do Meta.
Além de seu conhecimento com tal campeão. Se você possui um Main Champion e sabe realmente jogar com ele, você nunca vai estar em desvantagem contra alguém que pegou alguém do Meta só por estar no Meta.


@Sharpen@  escreveu:

@Mydgar Não necessariamente.
O Meta é construído em cima de campeões baseados na sua Build padrão. Logo, se você usar um campeão com uma Build diferenciada do que as pessoas estão acostumadas, ele pode ser tão forte quanto os campeões considerados dentro do Meta.
Um exemplo disso é a famosa Irelia com sua Build AP. Está extremamente bom nas mãos de quem sabe jogar e, compete com todos os campeões considerados dentro do Meta.
Outro campeão que eu vejo muito pouco também é a Kai'Sa AP que, até agora eu achei o campeão com o poke mais forte do jogo porém ninguém explora isso e consideram fora do Meta.
Além de seu conhecimento com tal campeão. Se você possui um Main Champion e sabe realmente jogar com ele, você nunca vai estar em desvantagem contra alguém que pegou alguém do Meta só por estar no Meta.


Pra que usar Irelia Ap quando existem campeões como Akali e Diana?

 

Irelia só tem scaling de dano mágico considerável na Ultimate e no E, fazendo Ap você simplesmente joga fora mais da metade do Kit e perde o dano híbrido que teria naturalmente nos seus auto ataques porque a passiva mesmo causando dano mágico escala com Ad...

 

Não é porque "funciona" que é a melhor opção disponível (que vai ser o Meta), Irelia Ap NÃO É tão forte quanto um campeão do Meta, SE FOSSE SERIA Meta, entenda isso. Se um dia começarem a usar Irelia Ap em alguma coisa extremamente situacional ou como um flex pick/counter pick específico, ela automaticamente se torna Meta, o que deixa impossível existir um campeão fora do Meta mais forte que um do Meta.

 

Caso ainda não tenha sacado a ideia veja Aatrox, por muito tempo um dos piores campeões do jogo, depois que conqueror foi colocada no jogo e recebeu algumas mudanças pequenas se tornou um pick consistente no Top...

→Thepgfk←

@Mente Maluca Isso se chama raciocinio logico, mas parece que o pessoal n entende uma logica tão simples.

*center>

@SKL Minister
As mudanças que estão entrando e vão entrar do 8,9 ao 8,11 vão mudar bastante o meta e acho que vai ser justamente na direção que você julga interessante dá uma olhada nelas.


@Nosdark@  escreveu:
@SKL Minister
As mudanças que estão entrando e vão entrar do 8,9 ao 8,11 vão mudar bastante o meta e acho que vai ser justamente na direção que você julga interessante dá uma olhada nelas.

Sim, o 8.10 e até aqui,  a prévia da 8.11 tá me chamando a atenção, talvez mais combates venham à tona sem prejudicar a estratégia do jogo, fiquei ansioso.

@Sharpen isso é uma coisa que realmente não mencionei, main champions e experiência podem combater de frente com facilidade essa coisa de "Meta OP". O problema é conseguir ganhar experiência suficiente (você vai precisar de bastante tempo pra dedicar) em um espaço de tempo nem tão grande assim dependendo da sua disposição pessoal.
SKL Minister
Arauto
Arauto


@vamo de 20 ai@  escreveu:

  • Os lutadores quase sempre seguem um padrão de farmar para no final do jogo se tornarem combatentes impossíveis de se lidar no 1v1 
  • ADCs agressivos fora do meta e quando entram precisam se encaixar em um modo de jogo que não os favorece
  • Magos sendo utilizados somente como apoio de controle de grupo
  • Assassinos e criadores de jogadas entrando somente em jogos onde a configuração das composições não os desfavorecem absurdamente

Isso aí dos lutadores é a mais pura verdade, parece que os duelistas como Riven e Fiora são IMPOSSÍVEIS de serem counteradas. Mesmo fazendo itens defensivos elas te solam com um piscar de olhos. Recentemente joguei de Cassiopeia contra uma Riven e mesmo com Rylai+Zhonya ela me dava 400 de dano em um hit!!!

Sobre os magos eu concordo totalmente. Sou main mid e as vezes me sinto mais um segundo suporte do que um carry de verdade. A classe em geral pode ser boa para deletar ADCs e outros carries, mas é horrível para matar campeões com 4K de HP e 200 de RM mesmo buildando Cajado do Vazio.


Assim, um match up de riven contra cassi não é algo tão comum pra se usar como base e até esqueci dela quando fiz esse post, uma das poucas que não segue esse padrão de farmar igual maluco pra ficar forte porque ela já tem uma boa força devido aos combos, mas no geral eu ava falando da Irelia, Fiora, Jax, Yasuo ou GP. São campeões bem diferentes que no final das contas acabam seguindo uma linha de gameplay igual. O fato da identidade deles se sobreporem às habilidades é que me deixa angustiado.  


@Mente Maluca@  escreveu:
Por que vocês usam um cenário ideal de jogo pra falar sobre diversão?

Encarem a realidade, vocês NÃO SÃO jogadores espetaculares, vocês PODEM usar campeões fora do Meta no elo em que estão sem ficarem em uma desvantagem considerável...

Quem reclama que League não permite diversão é quem joga pra ganhar e quer ganhar ao mesmo tempo que faz coisas erradas/fora do meta, simplesmente usam como uma desculpa pra não conseguirem se encaixar no jogo.

Nem sempre cara, é exatamente por não sermos excepcionais que essa vantagem podem se tornar absurdas ou extremamente inúteis. O que eu falo no geral é que o META deixou o jogo monótono e chato e tá assim por muito tempo e até pouco antes das grandes mudanças relacionadas aos patchs 8.10 e 8.11 a riot parecia gostar dessa configuração de jogos. Acredito que 60% de mim quando fez essa postagem tava pensando mais como espectador de e-sports do que como player no geral.


@SKL Minister@  escreveu:

@Mente Maluca@  escreveu:
Por que vocês usam um cenário ideal de jogo pra falar sobre diversão?

Encarem a realidade, vocês NÃO SÃO jogadores espetaculares, vocês PODEM usar campeões fora do Meta no elo em que estão sem ficarem em uma desvantagem considerável...

Quem reclama que League não permite diversão é quem joga pra ganhar e quer ganhar ao mesmo tempo que faz coisas erradas/fora do meta, simplesmente usam como uma desculpa pra não conseguirem se encaixar no jogo.

Nem sempre cara, é exatamente por não sermos excepcionais que essa vantagem podem se tornar absurdas ou extremamente inúteis. O que eu falo no geral é que o META deixou o jogo monótono e chato e tá assim por muito tempo e até pouco antes das grandes mudanças relacionadas aos patchs 8.10 e 8.11 a riot parecia gostar dessa configuração de jogos. Acredito que 60% de mim quando fez essa postagem tava pensando mais como espectador de e-sports do que como player no geral.


Por que diabos você quer que usem picks fora do Meta no competitivo sendo que eles estão jogando pra vencer? Eles sempre usarão as melhores opções de campeões e sempre jogarão da forma mais consistente, isso é simplesmente a definição de Meta: Most Effective Tactic Available.

 

Mesmo quando pegam um campeão incomum não deixa de sair do Meta porque o pick foi pensado pra encaixar na composição do time ou então ir contra alguma coisa na composição inimiga...

→Thepgfk←


@Mente Maluca@  escreveu:

@SKL Minister@  escreveu:

@Mente Maluca@  escreveu:
Por que vocês usam um cenário ideal de jogo pra falar sobre diversão?

Encarem a realidade, vocês NÃO SÃO jogadores espetaculares, vocês PODEM usar campeões fora do Meta no elo em que estão sem ficarem em uma desvantagem considerável...

Quem reclama que League não permite diversão é quem joga pra ganhar e quer ganhar ao mesmo tempo que faz coisas erradas/fora do meta, simplesmente usam como uma desculpa pra não conseguirem se encaixar no jogo.

Nem sempre cara, é exatamente por não sermos excepcionais que essa vantagem podem se tornar absurdas ou extremamente inúteis. O que eu falo no geral é que o META deixou o jogo monótono e chato e tá assim por muito tempo e até pouco antes das grandes mudanças relacionadas aos patchs 8.10 e 8.11 a riot parecia gostar dessa configuração de jogos. Acredito que 60% de mim quando fez essa postagem tava pensando mais como espectador de e-sports do que como player no geral.


Por que diabos você quer que usem picks fora do Meta no competitivo sendo que eles estão jogando pra vencer? Eles sempre usarão as melhores opções de campeões e sempre jogarão da forma mais consistente, isso é simplesmente a definição de Meta: Most Effective Tactic Available.

 

Mesmo quando pegam um campeão incomum não deixa de sair do Meta porque o pick foi pensado pra encaixar na composição do time ou então ir contra alguma coisa na composição inimiga...


Tu ainda não entendeste man. Eu não quero que eles joguem no Off Meta, eu queria ver mais classes fortes no momento pra que o jogo se torne mais dinâmico em torno de novos estilos de jogabilidade, mas sem prejudicar a estratégia de jogo atual (pelo menos em parte). Vá com calma. 

Então é só ignorância mesmo...

Entenda que não tem como deixar certas classes saudáveis pra soloQ ao mesmo tempo que são atraentes pro competitivo, no competitivo sempre vão optar pela estratégia mais CONSISTENTE, ou seja, que consiga chegar em um powerspike bom com segurança sem depender de acontecimentos incomuns durante o decorrer da partida. Não tem um bom motivo pra usar um assassino que pela natureza da classe se sai melhor em times desorganizados e não escala tão bem, da mesma forma não tem pra que usar um jungler que sacrifica pressão pra fazer powerfarm sendo que o dano necessário na comp já está no Bot/Mid...

De resto a pool atual utilizada no competitivo não é tão pequena assim...
→Thepgfk←

@SKL Minister
Ou seja, força bruta (jogar pew pew só dano rsr) deixaria mais divertido mas estragaria a essência e a profissionalidade do game em si (não teria competição, jogo sem estratégia não é jogo, é passatempo de criança)


@Velhinho@  escreveu:
@SKL Minister
Ou seja, força bruta (jogar pew pew só dano rsr) deixaria mais divertido mas estragaria a essência e a profissionalidade do game em si (não teria competição, jogo sem estratégia não é jogo, é passatempo de criança)

Não cara, tu realmente não tá entendendo. A força bruta foi somente um modo de falar pra mais combates localizados aconteçam ao redor do mapa que virem a mesa de uma partida. Eu to repetindo umas quatro vezes que não quero simplesmente que League se torne tiro pra todo lado, eu quero mais classes aparecendo do que somente aquelas com crescimento cadenciado, sem prejudicar a estratégia do jogo (o que atualmente acho dificil de acontecer). Tenta interpretar melhor mano, dá uma lida no decorrer da discussão, principalmente nas minhas respostas, que aparece sempre eu falando sobre 

+ Classes
- Cadencia de partida
<> Estratégia de jogo