cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Kyngler
Tropa
Tropa

Jogue, mas viva (Importante à todos)

Primeiramente gostaria de me apresentar a vocês. Meu nome é Gustavo e sou de Sorocaba, joguei Lol desde os 16 anos e tenho 23 atualmente, antigamente eu utilizava muito o fórum para ajudar os jogadores e me tornar um bom jogador e também claro, acabei esquecendo minha real vida. Faltei na escola, parei literalmente de procurar emprego, parei na vida, *POR ANOS*, hoje não jogo mas, vendi meu computador e larguei esse jogo da minha vida, não tem problema jogar, mas sério, opinião de quem realmente se viciou em jogos em geral, nunca, nunca mesmo, deixem de gastar mais de 6 ou seja lá quanto tempo vocês gastem nesse jogo, hoje sou estudante de psicologia cognitiva e acreditem, posso dizer com toda certeza o quanto isso prejudica a inteligência, suas capacidades e tudo mais, o que mais me deixa triste e ver gente que falta na escola como eu faltava e pior, até inventa desculpas que estava doente e não vai ao trabalho, acreditam? Podem discordar de mim, estou literalmente aberto a críticas, mas de algo tenho certeza porque vivi isso na minha própria vida, o vício não é algo saudável, se você já joga a anos como eu jogava e em tempo integral ou até madruga dias mesmo com aula no dia seguinte, para um tempo, vai ao quintal e reflita, você está vivendo sua vida corretamente? Porque um dia vocês terão mais de 20 anos ou até mais e vão perceber que todo esse tempo, foi literalmente, jogado no **cogumelo do teemo**, jogar para se divertir sim, mas abusar jamais, depois que larguei o computador sofri de depressão que foi dita como crônica e até hoje sigo tratamento, não é brincadeira, se cuidem e bons jogos.
Tags (1)
35 RESPOSTAS
Ruiya
Lenda
Lenda

Eu deixo tempos liberados para mim.

8 ~ 10: academia

10 ~ 12: fazer tudo que precisar, arrumar a casa, limpar e etc...

12: Deixar sendo feito almoço... Enquanto isso ler alguns fóruns.

13 ~ 15: Jogar ou caso for necessário fazer algo.

15 ~ 17: Jogar, ver series ou talvez continuar fazendo o algo de cima.(Ir ao banco demora ;-; )

17: Começar se arrumar, tomar banho para ir para faculdade.

18 ~ 22: Ir para faculdade e estudar.

23:00 ~ 2: Jogar/estudar/fazer trabalhos.

 

Isso porquê as vezes eu estudo de tarde :3

Rex tremendae majestatis
Qui salvandos salvas gratis
Salve me, fons pietatis
Salve me, fons pietatis

Perfeito! Também sempre dediquei meu tempo de forma fragmentada, tirando que, quando jogamos ou temos atividades curtas e diferentes, costumamos ter uma performance melhor nelas, por conta do foco haha.

Eu sempre fui um cara viciado em jogos, mas sempre consegui conciliar as coisas, nunca deixei de estudar e passar nas provas, nunca fiquei de recuperação da escola, nunca faltei aula pra jogar (true da true pode perguntar pra minha Mãe, aliás ela é a razão por eu ter conseguido conciliar), já terminei faculdade, mas ultimamente é triste não conseguir arrumar um emprego, você fica desmotivado mesmo com tempo livre para jogar, parei até de fazer minhas caminhadas diárias q ajudavam na minha saúde, me tornei sedentário, tenho q arrumar algo logo.
Lizzie
Arauto
Arauto

As pessoas esquecem que isso é um jogo, serve para se divertir sim a principio, mas uns levam tao a serio isso que me deixa de cara, e olha que eles nem pretendem ser pro players.
Mango Sent
Moderação
Moderação

Hey @Kyngler,

 

Belo tópico. Nestas horas é sempre bom entender que tudo em excesso faz mal, sempre encontre o equilíbrio nas coisas que você faz.

 

Seu texto me lembrou muito na época que counter strike e lan house entraram na moda, joguei uns bons meses, comecei a ir mal no colégio, já não ligava pra mais nada, gastei muito dinheiro também. Por mais que tenha ganho alguns campeonatos, claramente não cobria o que eu gastava em lanhouse. Depois de um tempo eu e meus amigos começamos a notar que nossas vidas estavam uma porcaria.

 

Todos precisam de hobby, mas não de um vício (:

 

@Mango Sent
Exatamente haha, eu sempre gostei de jogar mas muitas vezes esquecemos o que realmente é importante para a nossa saúde, o problema é que muitas vezes demoramos para perceber, eu ainda assim como você na época do counter encontramos essa solução nós mesmos, mas eu me imagino na pele de quem leva 5 à "x" anos, realmente é preocupante.


@Draicker  escreveu:
Eu sempre fui um cara viciado em jogos, mas sempre consegui conciliar as coisas, nunca deixei de estudar e passar nas provas, nunca fiquei de recuperação da escola, nunca faltei aula pra jogar (true da true pode perguntar pra minha Mãe, aliás ela é a razão por eu ter conseguido conciliar), já terminei faculdade, mas ultimamente é triste não conseguir arrumar um emprego, você fica desmotivado mesmo com tempo livre para jogar, parei até de fazer minhas caminhadas diárias q ajudavam na minha saúde, me tornei sedentário, tenho q arrumar algo logo.

Saber dividir as tarefas é o mais importante mesmo, eu particularmente me sinto com mais energia e mais disposto quando comecei a gerenciar meu tempo. Valeu por compartilhar sua experiência! Gosto de ver que tem pessoas que entendam que isso não é brincadeira.


@Lizzie  escreveu:
As pessoas esquecem que isso é um jogo, serve para se divertir sim a principio, mas uns levam tao a serio isso que me deixa de cara, e olha que eles nem pretendem ser pro players.

Sim! Eu quando jogava intensivamente eu achava que um dia iria se tornar relativamente bom, mas eu nunca tinha parado para pensar nessa época o quão fútil era pensar assim, porque retorno em si, eu não teria, só estava numa bolha sem saída, que me tornaria antisocial, com quadros depressivos, isolamento familiar e perdendo mais de 15kg por comer pouco para jogar de novo.

Eu trabalho desde os 15 anos,o tempo livre geralmente estava com amigos ,seja jogando futebol,na esquina conversando,ou jogando no PC,o que mais fazemos atualmente,há 3 anos me matriculei na faculdade ( termino esse ano,glória ) ,adquiri alguns quilinhos a mais ( padrão da vida eu acho ), e desde meados do ano passado ,tomei vergonha na cara ,os dias sem aula,comecei a correr pra perder peso ,e atualmente enquanto uma partida está em carregamento,já que demora uma eternidade ,pulo corda nesse meio tempo.é algo sensacional ,acredito gostar mais disso do que de jogar ,perdi 20 kg nesse processo,juntamente com uma reeducação alimenta . Ta, oque tem haver com o tópico ? Procure outros afazeres ,coisas que goste ,leia,converse,saia de frente do PC ,nem que seja por 5 minutinhos ,há hábitos melhores que jogar,porém pra quem é apaixonado por jogos e não consegue largar ,tem opções saudáveis e que da pra jogar ao mesmo tempo,gerencie seu tempo de um jeito melhor,e VIVA,como amigo do tópico sugeriu .

Ótima rotina, valeu por compartilhar o seu gerenciamento, acho legal para as pessoas que jogam entenderem que há como você viver offline e online de forma controlada e com bons resultados ;D.
Sour White
Dragão
Dragão

Concordo, isso tem que ser um passatempo e não uma atividade tão constante... mas aí vai de cada um, tem gente que não tem o que fazer e aí fica aqui, mas as vezes procurar uma atividade para alternar com o LoL ajuda até na saúde física e mental da pessoa, porque o LoL muitas vezes acaba tirando muitos do sério(eu me incluo neles kk)

Meus horários são praticamente assim:
6:15 eu acordo.
7:30 - 13:00 tenho escola, chego em casa lá pela 14:00, então nesse horário eu almoço.
14:30 olho alguns tópicos no fórum, falo com meus amigos por Discord, e jogo.
15:30 dou uma olhada se precisa fazer alguma coisa, como limpar, arrumar, etc.
16:30 eu jogo, quando minha internet não tá fraca como está atualmente;
17:30 até 19:00 eu leio alguns posts no fórum e faço outras coisas, como jogar as vezes, mas mais frequentar o Reddit de Astrobiologia, o Youtube, assister um pouco de TV.
19:00 até 21:00 faço o que preciso fazer para a aula de amanhã, relatórios, estudos, pesquisas, etc.
21:00 até 22:00 eu saio pra correr, sim, eu gosto de correr de noite ouvindo heavy metal, especificadamente Battel Beast, e Blind Guardian, e as vezes meto o louco e vou pra um Pentakill hahaha
22:00 até 23:00 eu leio meu livro, alguns que eu preciso ler pra escola (escola é um saco), outros que eu gosto mesmo.
23:30 vou tomar banho, escovar os dentes, essas coisas de higiene que são necessárias.
00:00 vou dormir.

Rotina bem saudável a sua, até mais que a minha hahaha, eu também gosto de Blind Guardian, a minha é meio parecida, a única diferença é que esse ano estou mais "dona de casa" kkkkk, e também peguei pra estudar Japonês, depois que amenizei a jogatina eu reparei que andei bem mais controlado, sem sentir muita raiva, dor de cabeca e mais focado pra estudo, fiquei bem feliz.

@Ruiya woooooow, que vidinha organizada hein? kkkk o meu horário normalmente é o que eu postei aqui, mas tipo... as vezes eu falho com ele :c

Saria
Tropa
Tropa

Eu jogo bastante.. mas acho que eu nunca faltaria aula ou trabalho para jogar.

É encontre um equilíbrio jogando Dota 2 e parando de Jogar LOL.

Ai vc já se equilibra de vez melhor do que balança.

Sophie Zannal
Arauto
Arauto

UP nisso, importante mesmo. Tô jogando menos esses dias e já dá pra perceber uma diferença no humor, no ânimo. Antes eu não sentia o impacto, eu me sentia até bem por jogar. Separava muito mais tempo pra jogar do que pra me dedicar à faculdade, mas não deixava me atrapalhar muito.

Porém na situação que tá, o jogo mais atrapalha do que ajuda (falo isso porque não jogo mais com amigos, senão seria uma realidade diferente), e tu tem razão. A gente tem que priorizar a nossa vida, que é fora do jogo. Até quem ama e quer trabalhar com jogos deve se ausentar e estudar fora do jogo, administrar bem o tempo pra evitar que o vício te prenda no mesmo lugar e te impeça de aprender.
Aferir
Aronguejo
Aronguejo

Muitas vezes os jogos se tornam uma válvula de escape e quando a gente chega naquele momento da vida que não sabe direito o que fazer ou que dúvida daquilo que você achava ser o seu objetivo, a gente se afoga neles... (no meu caso foi depois que eu terminei a escola, então os jogos não atrapalharam muito o meu desempenho no colégio e cursos que eu fazia). Fiquei um ano parada tentando estudar para passar na faculdade, e por conta dos jogos e da depressão, quase não consegui. Pode-se dizer que faltou empenho de minha parte? Talvez. Mas eu não sei vocês, eu sou tão acostumada com o ritmo de uma rotina, que quando eu não tenho uma, acabo me "desleixando" para me dar um tempo de paz, e quando vejo, levei as coisas até um ponto difícil de contornar. Apesar de hoje eu seguir em questionamento sobre o que eu quero fazer da vida, eu tento ao menos ajudar os mais jovens ao meu redor, meus primxs mais novxs, amigxs que ainda estão na escola, a não caírem neste cíclo (seja de jogos, festas e outros tipos de vícios), e tento motivar eles a correrem atrás dos seus objetivos, mas sem deixar de mostrar o lado "duro" das coisas (a minha visão, o que eu vivenciei), uma vez que boa parte deles tem a condição de poder estudar ou focar em uma habilidade/objetivo sem precisar de cuidar de uma casa ou de filhos, mas muitos no meu meio social não tiveram essa mesma "sorte". Mas ao mesmo tempo, tento me motivar e não me desesperar, as vezes eu me sinto tão velha mesmo estando no início dos 20.
A vida é isto mesmo, a gente cria tantos problemas na nossa cabeça e se julga tanto por isso... as vezes é preciso parar e pensar no que estamos fazendo com o a mesma e tentar se encontrar.

Viver "da maneira correta" não existe.
Fazer a vida ser igual a dos outros apenas porque aquilo é o que as outras pessoas acham normal não vai te fazer feliz.
Eu ganhei ano passado quase 50 mil reais e esse dinheiro nem me fez feliz, porque pra ganhar essa grana eu tive que deixar de lado tudo que eu gostava de fazer e me dedicar totalmente ao trabalho, parecia um robô.

O que importa é fazer o que te deixa feliz porque a vida é curta. Se LoL te faz feliz, que seja. Se LoL so te faz passar raiva e se sentir como se estivesse desperdiçando seu tempo, largue agora mesmo e nunca mais olhe pra trás.