cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Alêsh
Aronguejo
Aronguejo

1 ano de LoL... Minhas impressões sobre...

Olá, amigos invocadores.

Eu ia escrever um ‘textão’, mas como veterano de fóruns de internet (e como já não sou mais adolescente), sei que a ‘parcimônia’ é ‘ouro’ em terrenos não muito aprazíveis.

 

Vou colocar aqui, minhas impressões resumidas sobre o nosso ‘joguinho’, após 1 ano de ‘diversão’...

 

1) Não foi um começo ‘divertido’. Qualquer erro em partida, em 80% das ocasiões, você lia uma ‘saraivada’ de trash talk e rage que eu considerava absurda... Hoje, eu considero deselegante e desnecessário tanto ‘climão’ no jogo... Afinal... É só um jogo.  Com isso, aprendi a lidar com os tais ‘tóxicos’ e focar no MEU jogo, tentando usar essa ferramenta (aprendizado) para ajudar aos que aparentemente estão dispostos a aprender junto e melhorar no jogo.

 

2) Ver os ‘proplayers’ jogando me ajudou a ter visão de MUITA coisa no jogo. Ainda que a mecânica não seja nem 30% perto dos mesmos, mas dá prá fazer boas partidas lidando bem com a visão de jogo que adquiri... Ainda que meu KDA não seja tão positivo (e haverá gente pesquisando obviamente para me malhar... e nem ligo prá isso, ok?), mas estou bem melhor que no começo...

 

3) As atualizações, balanceamento e mudanças do jogo em si são rotina em qualquer outro jogo, mas no LoL é algo que realmente há que se tomar cuidado para não perder a ‘mão’ da situação. Na minha humilde opinião, as Runas Reforjadas foram a melhor coisa que aconteceu no jogo. Aliando minha melhora mecânica e de visão global do jogo com o equilíbrio na questão de consumíveis e runas anteriormente adquiridas, notei que a distância para jogadores com elo mais altos que o meu não é tão abissal assim... Muitos dos quais enfrentei, só conseguiam uma vantagem enorme, justamente por ter as ‘benditas’ quintessências que criavam uma disparidade ridícula nas fases do jogo... Com a gratuidade das Runas, creio que hoje, quem sabe compor melhor seu ‘pool champ’ e escolher as Runas que mais lhe deixam confortáveis de acordo com seu estilo de jogar obterá êxito. Obviamente que há que se considerar a composição da equipe para que suas escolhas tenham impacto...

 

4) Falando em composição: nada mais dinâmico do que ver a liberdade que temos hoje de escolher quase qualquer Champion para quase toda Lane... Mesmo parecendo loucura, mas testei bastante coisa neste período de transição e diria que 70% das ocasiões, minhas escolhas surtiram efeito positivo. Obviamente que não dá para esperar um grande resultado usando :Champion72: jungle, :Champion56: mid ou :Champion36: topo... Mas, analisando as perspectivas e possibilidades, as Runas realmente desmistificaram como você atua com seu Champion em determinada composição. Sair da posição natural de um campeão, lidar com a anulação de sua zona de conforto e ser CRIATIVO, mas respeitando as características básicas e mecânicas do seu campeão, influenciam bastante em como sua escolha vai impactar o jogo dos seus companheiros. Obviamente, não faço loucuras com players que não conheço e prefiro a experimentação com ‘colegas’ que fiz no jogo. Mas ter o conhecimento e segurança de que os outros confiam em sua escolha, faz MUITA diferença no pré-jogo, no durante e no resultado final.

 

5) Pessoas: fazer amizades é algo um tanto interessante aqui... Fiz alguns, pois sou um player honrado e justo... Creio que ao pensar no League Of Legends como diversão - mas que AFETA o entretenimento alheio também - gentileza e empatia FAZEM diferença... Iguais geralmente atraem iguais a ti... A experiência em si; na troca de informações, conhecimento e jogabilidade revelam o quanto é importante ‘prestar atenção no outro’... Tentar entender o momento do colega que entra no mesmo time que você... Uns estão com o fervor da ‘batalha’ anterior fresco nas veias e podem estar altamente excitados e confiantes. Outros; aborrecidos, enraivecidos pela quase vitória dada como certa... E outros ainda, bem desanimados por não conseguir fazer seu jogo aparecer e com isso, o desgaste emocional atrapalha (por terem sido cobrados em excesso por um jogo ruim). O excesso de confiança também é endêmico: engana...Cega... Mascara... A baixa auto estima IDEM: machuca, corrói e destrói a vontade de partir para outra partida... Por isso, costumo reservar alguns instantes da partida para orientar, tentar entender porque determinado player está 0/3 no começo do jogo... Ou, estimular o colega que está 3/0 e mostrando maestrias na cara do adversário vencido e ‘tiltando’ (coisa comum, mas que eu não gosto mesmo!), mas que não entende que é necessário fazer esta vantagem aparecer no global da equipe... Em ambos os casos, uns aceitam ‘de boa’ os toques... Outros, já mandam o famoso ‘vsf’ e infelizmente, nem dá para manter conversação na maioria das vezes... Mas, acredito que todo player no fundo, só quer dar seu melhor: seja extremamente confiante e orgulhoso ou inseguro e tentando evoluir com tais dicas...

 

6) O que mais sinto falta no jogo é HONRAR seu oponente... É uma forma cavalheiresca de reconhecer o valor no seu oponente.. Metade dos meus ‘amigos’ neste jogo, fiz após considerar o valor do oponente, na derrota ou na vitória, pelo seu comportamento... Espero que a Riot realmente reconsidere esta possibilidade de devolver esta ferramenta aos players... É um meio que você tem de fazer mais ‘amigos’, pois afinidades acontecem em quaisquer situações... Adversas ou não.

 

É isso...

Desculpem a extensão, mas garanto que seria BEM MAIOR que isso uhauahuaa

Caso alguém queira comentar, fique à vontade. Smiley Happy

Nos vemos nos campos de Summoner’s Rift.


TF
11 RESPOSTAS
SeventhYuu
Dragão
Dragão

Daqui a um mês eu completo 3 anos de LoL.. COMO O TEMPO PASSA.

 

No começo, eu não entendia bem algumas coisas e apanhei um pouco por causa disso. Quase desisti. Já me chamaram de muita coisa feia :(, mas continuei firme (me segurei no Main e fui).

 

Por motivos pessoais (com muita chatice) eu me afastei do jogo. Mas, eu sinto muita saudade de brincar muito na top lane, me divertir no mid acabando com alguns magos chatos ou até experimentando no bot (quero continuar nisso em breve). Só joguei ranked uma vez, e não achei nada demais, jogando como se não tivesse pressão. Saudades do URF raiz. Perdi o medo de Fiddle nesse modo. Sempre quis tentar lutar contra todos usando o Main, descobrindo seus segredos e aprendendo. Um deles foi o Rengar, um champ q gostei muito e aprendi a respeitar e lutar contra.

 

Comprei skins, inclusive uma que meus amigos se lembram de mim quando o vê por aí, que é PROJECT: Yi. Aliás, só uso essa skin mesmo, rsrsrs.. E fiz alguns amigos. Tem um que eu fiz amizade por causa de uma skin do Renekton, hehe.

 

Atualmente?? No máximo, os Modos Rotativos. Ando muito triste com o jogo em si, e nem to falando das "frutas podres". Acho que ainda falta algo em mim para poder voltar de vez, e se chama "CONFIANÇA". Voltar a confiar no champ e nas minhas habilidades, é isso que quero dizer. Porém, o jogo me ajudou várias vezes quando eu estava na pior, ou "empacada" no TCC, jogava um tikin, e via as ideias fluírem.

 

Pois bem, não vou me extender nesse texto. Muitas vitórias para você!

Houndder
Arauto
Arauto

Muito Legal você compartilhar sua experiência com o LoL em 1 ano. Gostei.
Eu jogo LoL desde Outubro de 2013, eu tinha 13 anos kkk, ou seja, só fui levar a ''Sério'' a pouco tempo, eu era o cara que jogava Minecraft e ia pro LoL no mesmo dia, hoje em dia vejo o LoL totalmente diferente, e não consigo jogar Normal Game, por mais que eu seja um cara que não consegue sair do Ouro. A Maior mudança que vi no LoL ctz foi a JG e o mapa, kk.
Eu sinceramente não sei como consigo jogar LoL há 4 anos e não enjoar, fiquei um mês no máximo sem jogar, eu simplismente me apaixonei pelo jogo e pelo MOBA, pra alguém que jogava Minecraft e MTA, jogar MOBA que é algo voltado completamente na estratégia foi um revolução pra mim, eu realmente espero que eu continue jogando por um bom tempo, e as pessoas ruins, sempre vão estar presente em qualquer lugar, então eu aprendi a não gastar meu tempo com isso, eu particularmente não lembro de ter dado um RAGE durante esses anos, claro que usar a Ironia pra aliviar o stress eu já fiz, mas xingar pra ofender acredito nunca ter feito. Só quis compartilhar um pouquinho aí, vlw pelo post, espero que você tenha muitos anos de diversão e satisfação com esse jogo fantástico.
''Quando perdemos nossos princípios, convidamos o caos''

Amiga (creio que seja menina, pois disse que estava 'empacada' no TCC! rsrsrs). Cada um escolhe o entretenimento que mais lhe proporciona PRAZER... Assim:

1) Caso ele - o entretenimento - deixe de ser lazer por causa dos outros, é suscetibilidade demais e neste caso, o problema não são os OUTROS... Mas sim, VOCÊ MESMA... rsrsrs
2) Entretanto, se o entretenimento deixar de ser lazer em virtude de seu próprio desejo de jogar e de se sentir CONFIANTE ou APTA a mostrar sua habilidades, você precisa reavaliar quais são os seus OBJETIVOS com o jogo... Independente de qual é sua motivação, analise se o jogo atende suas expectativas dentro do que mencionei acima...

Eu jogo LoL por PURO lazer e ser bom ou ruim (no quesito das habilidades mecânicas do jogo) realmente não influencia meu desejo de jogar... Gosto de toda a complexidade que ele apresenta e me obriga a estudar o desenvolvimento do jogo em si... Meu filho diz que eu deveria ser coach ... Mas isso não é o OBJETIVO tangível para mim... Minha idade não permite isso. Gosto de pensar que o League of Legends é uma espécie de 'Xadrez Moderno'... E isso me faz cada dia mais querer aprofundar meus conhecimentos de tudo que o envolve...

No mais, espero lhe ver no jogo, pois agregar pessoas que se divertem com o LoL são raridade, haja visto que a maioria dos players quer mesmo 'competir' e 'destruir mentalmente' seu adversário... No meu caso, podem tentar à vontade rsrsrsrs. Jamais irão conseguir. Smiley Wink
Abraços.


TF

Acho que este é o espírito, brother... @Houndder
Mesmo sendo um jogo, o importante é fazer de seu tempo livre, algo que lhe proporcione PRAZER e LAZER...
O que os OUTROS pensam de sua jogabilidade, habilidade e capacidade de contribuir dentro de um jogo é 0,000000000000000001% do que faz diferença na hora de abrir o 'launcher' e se permitir adentrar em SEU Universo...

Espero que você aproveite muitos anos de League of Legends pela frente...
Evoluir e se divertir sempre... Isso é o que importa (na minha modesta opinião).

Abraços e obrigado por comentar.


TF

Se essa resposta foi pra mim, @Alêsh, sim, sou menina.

 

Sim, tenho ciência de que sou eu. Minha parte perfeccionista enche o saco, principalmente se estou c o Main.

Antes, eu queria melhorar mais e mais com Yi, no entanto, tive algumas questões pessoais como a confiança.

Sempre quero demonstrar minhas habilidades, mas minha falta de confiança não me deixa continuar. E o meu principal objetivo é me divertir.

 

Eu também jogo por puro prazer, nem importa tanto o modo. Gosto de testar, me aprofundar, saber jogar contra, pois isso que joguei tanto x1. E nunca vão me tiltar mesmo, pois já muto de uma vez.

 

Espero poder voltar a jogar PvP novamente, contudo, estou enferrujada e posso ser um "peso" para o time.

Muitas vitórias para vc!

O 'problema' de ser 'main' é a limitação que isto impõe ao player por termos uma INFINIDADE de outros campeões com mecânicas diversas e habilidades únicas... São mais 140 campeões rsrsrs.

Mas entendo você... Pese tudo na balança...
O 'rift' precisa de players com sua mentalidade...
Abraços e recupere a vontade de se divertir com nosso Lolzinho 😉

TF

Sou Main por causa da história dele, seu kit, e seu vibe. Eu me dou muito bem com ele, mesmo eu brincando com outros no modo de treino para saber counterar.

Irei voltar depois, e irei mutar quem encher o meu saco. Quero diversão jogando para ajudar a equipe, e não sair ofendendo os outros.

Abraço!

É assim que se fala, @SeventhYuu
Qualquer coisa, pode me adicionar...
Não sou um jogador excepcional, mas gosto de me divertir.

Abraço.


TF
iMelloo
Aronguejo
Aronguejo

Sinto falta mesmo de uma maior interação entre as pessoas do jogo de maneira amigavel, chat hoje só serve pra brigas e etc

Eu já faço uma 'seleção'... @iMelloo

Os players que aparentemente se mostram gentis e educados, já passo o Discord...

Ou adiicono à minha buddylist...

 

E o tempo mostra quem é de fato assim ou apenas queria esconder sua verdadeira 'personalidade'...


TF
Jhino
Aronguejo
Aronguejo

Com esse ano completo 3 anos de lol e francamente, o jogo hoje em dia é apenas um passatempo para mim. Ao passar do tempo fiquei mais responsável e percebi que minha vida não dependia do lol, fiz várias amizades no jogo, passei por vários porres jogando e tive um auto melhoramento espiritual enquanto jogava, sou uma pessoa extremamente calma e gentil, sempre fazendo piadas pra tentar alegrar a situação, e para fechar, apenas digo que esse jogo não deve ser levado a sério, vamos jogar e ser felizes 😄

Me dá qualquer champ aí.