cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Romeupx
Tropa
Tropa

Desistindo do LoL após 10 anos de game.

         Eu sei que isso não interessa para ninguém, mas preciso por isso para fora.
Jogo lol desde 2010/2011 e nunca me encontrei tão desgostoso com o jogo, já faz anos que não jogo competitivo, até porque trabalhando e estudando, só me resta jogar por diversão. Mas essa semana estive jogando blitz do nexus (era um dos modos que eu mais amava), e me deparei com um jogo totalmente diferente do que eu aprendi a amar, sinceramente, o jogo está "injogavel", campeões antigos, que eu aprendi a jogar e amava, perderam totalmente seu valor, morgana, garen, veigar, teemo e por ai vai, campeões simples mas que sempre me divertiram muito, já não servem para nada.
        A rito criou um linha de campeões tão quebrados que os old champs não servem para nada, ou quase nada, e pior, a rito não faz nada para mudar isso... hoje me deparei com uma katarina de conquistador que fazia ad e dava um dano surreal, whats???? Uma Akali que mata qualquer tank com uma runa de conquistador, uma irelia que não morre, e o game está cada vez mais tóxico! A impressão que dá é que a rito está destruindo o jogo criando cada vez mais campeões desbalanceados, campeões que te matam em menos de 1 segundo e para quem odeio jogar com esses champs o game se tornou insustentável! A Jinx! Eu amo a jinx, mas como você joga contra um time que de 5, 4 são assassinos? Que te matam em um piscar de olhos?!
          Sempre foi o competitivo o carro chefe desse jogo e sinceramente, para quem só joga por diversão, o jogo perdeu totalmente a graça! Hoje vou desinstalar o game e não pretendo mais jogar, mas sempre vou guardar no coração os momentos felizes que passei no Lol! Eu me lembro da época em que a rito fazia todo um preparo para um champ novo, demorava meses para lançar e isso nos permitia aprender a jogar, mas agora, muitos champs, pouco tempo para aprender, muitos assassinos... olha essa ultima champ que dança em cima de uma plataforma, que é o clone da sona, O QUE FOI ISSO RITO? Nem fiz questão de decorar o nome de tão ruim.
         Enfim, esse é o adeus de alguém que amava e jogo e sempre vai torcer para que melhore, mas eu, desisti! Um abraço para todos que leram e se você é das antigas, deve saber o que sinto, desculpem o desabafo, mas eu precisava falar! Adeus.

30 RESPOSTAS
sniged
Tropa
Tropa

Eu estou num caminho semelhante. Todos os campeões que eu jogo ou joguei tomaram um rework horroroso, ou estão na lista para  tomar. Tenho tentado falar com a Riot sobre isso desde que reworkaram o Mordekaiser, tentando dar minha opinião, mas a minha voz nunca é ouvida.

Eu sinto que a Riot está ativamente tentando excluir um nicho de jogadores de dentro da comunidade, pra dar espaço pra outro tipo de pessoas que comprem mais skins.

O que acontecerá é que, eventualmente, todo campeão seguirá uma formula:

  • Top lane: Lutador feito para buildar conquistador
  • Mid: assassino edgy e descolado com muito dash e mobilidade OU um campeão com 4 skill shots que dê dano mágico
  • Jungle: campeão early game com muita mobilidade
  • ADC: samira e aphelios
  • Suporte: yuumi

Eu estou esperando essa gente reworkar o Udyr, aí então eu não terei mais nenhum campeão pra jogar, e vou sair do jogo de uma vez

Kataventoo
Arauto
Arauto

Cara, eu acho que você tá meio tiltado

, tenta dá um tempo e depois volta, as vezes faz bem dá um tempo mesmo.

Tem muita gente que joga com esses campeões que você citou e se saem bem, inclusive nos elos mais altos.

Bem, discordo.

Não são todos os tops que jogam de Conquistador.
Galio, TF, Oriana, brilharam no competitivo como picks no mid e não tem as características que você falou.
Sim, tem muito campeão com início de jogo forte na JG, mas também tem campeões com pouca mobilidade: Amumu, Olaf...
Bem, atualmente o ADC mais forte se chama Jhin, depois Kai’sa, depois MF.
Yuumi hoje não se encontra nem entre os 44 melhores Sup do jogo, sendo que os 3 melhores, são antigos: Leona, Maokai e Thresh.

Então, acho que temos um equívoco no que você fala.

Lúcida.

Pouco importa o que está no meta, ou o que está no competitivo. Isso não muda coisa alguma

Desde a Illaoi, todo campeão do top que lança, é um lutador genérico feito pra buildar conquistador: Illaoi, Kled, Camille, Sett, Rework do Aatrox, Rework do Aatrox, Rework do Mordekaiser. Todos são campeões lutadores genéricos que servem a unica função de 1x1 ou 1x2.

Os últimos campeões lançados pro mid todos seguem a mesma formula que eu mencionei: Taliyah, Zoe, Neeko, Seraphine (mago com trocentas skill shots) / Ekko, Qiyana, Yone (assassino edgy e descolado com muita mobilidade).

Enquanto na jungle, tentaram fazer alguam coisa diferente lançando Ivern e Kindred, ambos os bonecos foram nerfados até o chão, e são inutilizáveis em qualquer cenário. Não recebem uma atualização há MUITO tempo, deixando campeões como Lee Sin e Kha'Zix sempre em evidência.

Na classe de ADC cada vez lançam um boneco com mais funcionalidade que o outro: Kalista (impossível de balancear), Senna (impossível de balancear), Apheliso (impossível de balancear), Samira (impossível de balancear). Acertaram uma vez com o Jhin, e nunca mais lançaram um campeão de verdade pra essa role.

E a aba de suporte está cada vez mais parecendo um circo: suporte assassino que divide dinheiro de kill; suporte que da dano e cura ao mesmo tempo, da critico, life steal, deixa invisível, tem stun, e shield global; suporte que não precisa ser jogado e por aí vai.

 

 

Bem, amigo, você falou sobre o meta do lol, ou seja, eu falei sobre como esta, coisa que provavelmente irá refletir na próxima temporada.

Leona é um campeão antigo, simples e que até hoje é relevante e forte.

Posso citar pelo menos uns 50 campeões que são fortes e antigos e utilizados tanto nos elos altos, como no competitivo.

Existe uma penca de bonecos no top que não jogam de conquistador: Camile (sim, amigo, nem toda Camile joga de conquistador), Shen, Poppy, Trynda, Cho, Nasus, Gangplank, Urgot... amigo, podia citar tantos que ia ficar enjoativo.

Sem falar que Camile e Shen são MUITO efetivos.

Agora, se você só consegue olhar pelo prisma do seu choro, fica difícil levar uma discussão a sério mesmo.

No meu comentário original em NENHUM momento eu se quer digitei o termo "meta".

E mais, trynda, chogath, nasus e urgot são campeões irrelevantes.

Amigo,vc está considerando a exceção no lugar da regra,claro que o autor do comentário acima generalizou demais em afirmar que todos os TOPliners abusam do conquistador o que não é verdade,mas praticamentes TODOS os campeões do TOP mais recente se adequam a essa runa dando a sensação de que foram projetados para isso.
E desses campeões que vc citou qual deles estão fortes no meta??
Apenas Shen e Camille pq como eu falei antes são EXCEÇÕES.

E o autor do post está certo em reclamar dos novos campeões lançados já que ele é um jogador antigo e presenciou todo o desenvolvimento do LoL ao passar dos anos,a questão é que tudo isso que vemos hj em dia se chama "power creep",ao longo do tempo o jogo vai se desenvolvendo e pra que se mantenha um alto público é necessário a adição de novas mecânicas para que o jogo não fique monótono e é por conta disso que vemos cada dia que passa campeões mais antigos ficando bem mais ultrapassados pois não conseguem acompanhar a evolução do game e precisando de rework.

Vou te dar um exemplo simples:Kog'Maw e Kai'sa,ambos são atiradores desenvolvidos para serem híbridos(dano AD e AP),mas se eu olhar melhor o kit da Kai'sa vou ver que ela tem dano baseado em vida perdida(kog tem em vida máxima),dash,um Q que bursta,invisibilidade e possibilidade de divar na backline inimiga com a ult,então nessas condições pra que a pessoa vai pegar um Kog que não tem mobilidade nenhuma e é mt papel?

 

E tudo isso é normal,as coisas precisam evoluir para se manterem relevantes mesmo que as origens fiquem para trás,o que muda é como cada pessoa lida com esse fato.

É o padrão. Pessoal reclama das coisas e nem tentam descobrir como jogar contra.
"Irelia que não morre"; parece que nem tem Corta-Cura no jogo.
Ou Akali matando Tank. Se a Akali tá 10/0 porque alguém Feedou, aí acho que o probleminha não tá na campeã que nem 50% de WinRate tem.

Mas é bem mais fácil dizer "ah, há 10 anos que tudo era simplista e ADC era Tristana ou KogMaw [uau um jogo muito divertido com muitas opções] era mais fácil de jogar. Agora tem muita coisa tá muito complexo e eu é que não vou estudar, então o jogo tá uma merda injogável."
Se pegou Jinx contra 4 assassinos e ainda tá sendo explodido, eu aaaacho que é porque não sabe Pickar nem Buildar, mas... Quem sou eu para julgar o jogador de 2010 que sabe tudo de Lol?

Enfim. Como falei: padrão.

Você explicou melhor o que eu tava tentando explicar. Obrigado.

Entendo seu ponto e entendo o ponto do autor, mas no mesmo ponto que conquistador é bom para campeões novos, é bom para campeões antigos, não?

E o que eu questionei é a generalização dele de falar que não tem como jogar com os campeões citados por ele, sendo que dei exemplos de campeões que não usam a runa conquistador e conseguem ter muito impacto no jogo, uma poppy bem jogada faz MUITA diferença em qualquer game.

Acho que a questão toda, não é chorar para os novos campeões em comparações aos antigos, pois se Samira e Aphelios fossem impossíveis de balancear, não era para serem tops meta no jogo? Mas vemos MF e Jhin como top tiers, ambos sem mobilidades e fáceis de matar, e aí, qual seria a resposta para isso? Sorte?

Darius é um campeão de 8 anos, fácil de countera, fácil de jogar e mesmo assim, se mantém no top tier sempre, mesmo tendo novos campeões para o top. “Ah, mas a runa ajuda”

Ué, pega uma Quinn e da counter, pega uma Vayne e da counter.

Não dá para viver a vida toda esperando que o lol seja o mesmo jogo de 10 anos, os antigos iram tomar rework na medida do possível para se adaptar, mas assim como já vi Sett carregando, também já vi um Rammus tankando tudo e dando quadra kill só por ser imortal, um boneco antigo e simples, assim como Amumu anda se destacando agora e até mesmo o Irven.

Enfim, entendo o ponto que os novos campeões tem muitas mecânicas e jogabilidade, mas falar que todos os campeões antigos são inúteis por isso, é no mínimo bobeira.

Sim, mano!

Parece que parou nos anos 2010, vira e mexe vejo o pessoal mais antigo reclamando sobre os campeões novos, ou que os campeões com muitas mecânicas (Irelia, Yasuo, Katarina, Akali...) são roubados, mas esquecem que o jogo é feito em composições, não adianta pegar um teemo e achar que dá para trocar com uma Irelia, não adianta deixar a Akali 10/0 e achar que ela tá roubada por te explodir.

Sei lá, “desisti do lol pela runa e pelos campeões novos”, então, era melhor ter parado logo no primeiro ano, amigo, nada é igual para sempre, o jogo evolui, os campeões, as composições, runas, itens, sempre precisa estudar mais, se você quer o mesmo jogo de 10 anos atrás com todos os bonecos dando skill “clica e vai”, sinto muito, não tem mais isso, você pode pegar uma tristana e saber se posicionar e explodir todo mundo, ou reclamar que não dá para jogar com ADC ou boneco antigo e abandonar o jogo, de resto, é só viver de nostalgia mesmo.

O que tem a ver ser impossível de balancear e estar top meta?
Kalista é literalmente impossível de balancear, assim como era o antigo yorick, assim como é o Ivern, Aatrox e afins.
Nao tem nada a ver uma coisa com a outra

Ué, se é um campeão “impossível de se balancear”, as pessoas deviam estar abusando da Kalista até hoje, coisa que não fazem, pois está balanceada e não é mais aquele campeão impossível de se jogar contra como era quando foi lançada, mas na mão de quem sabe jogar, a campeã ainda é fortíssima, e aí tá o ponto, você achar que só por ser um campeão novo é impossível de jogar contra é muito estranho, pois como ArthurLanches estaria desafiante jogando de Teemo? Ou o Filipoppy? Ou tantos outros que jogam com campeões considerados antigos, sem mobilidade, que não batem de frente com os novos, que não usam conquistador, mesmo assim estão lá, no top, sendo relevantes, mostrando que tem como adaptar e jogar sim contra novos e antigos campeões, apenas aprendendo a lidar contra eles.

Amigo,qualquer campeão bem jogado faz diferença se bem jogado sem exceção,o problema é que alguns campeões exigem mais e outros menos do jogador para impactar no jogo e são dois fatores que definem isso:META e o kit do campeão,portanto se desconsiderarmos o primeiro fator chegamos a uma conclusão de que campeões novos dão uma facilidade maior ao jogador de impactar a partida,claro que existem exceções e eu faço questão de concordar com isso mas em uma matchup entre Tryndamere(campeão antigo) vs Sett(campeão novo),considerando que ambos os jogadores possuem o mesmo nível de habilidade,qual campeão vc acha que tem vantagem nessa matchup??

Vc usou Darius e Poppy como exemplo mas em algum momento da história esses dois champs receberam reworks no seu kit.

Jhin e MF estão entre os melhores ADCs atualmente mas eu lhe afirmo com total convicção que não é por causa do kit deles e sim pelo Meta(outro fator que eu mencionei acima),por alguma ironia esses dois atiradores são os únicos que não buildam itens de atiradores(mt experiência em balanceamento kkkki) e sim itens de assassinos,por serem melhores e mais baratos.

Quanto ao Aphelios e Samira,o primeiro foi atolado em nerfs e a Samira segue no mesmo rumo,sabe pq isso acontece?
Pq o kit naturalmete é bem superior aos outros ADCs e isso é uma consequência do "power creep".

Se você afirma que qualquer campeão bem jogado impacta um jogo, então, você admite que não é por ser novo que ele vai ganhar sozinho.

E esse é o ponto do post, ele afirma que não dá para jogar contra e estou dando exemplos de pessoas e campeões antigos que jogam e são tão relevantes quantos os novos.

Sim, receberam rework, como eu falei, e outros antigos iram receber para se adaptar, porém, muitos campeões antigos são relevantes até hoje com Kits simples, e isso é fato, pô

Sobre um Sett x Trynda, ambos com boa habilidade, ambos desafiantes, eu nunca iria jogar o jogador de Trynda fora só por ser um Sett, sua ult pode cobrar muito depois que o Sett gastar todo seu combo e suas habilidades estiverem em CD, fora o abuso do Crítico + Velocidade de ataque, que fariam o Sett ter bastante problema depois que seu escudo do W acabasse, então, amigo, não, não acho que seria tão fácil assim para o Sett.

Sobre os nerfs na Samira e no Aphelios, fazem parte do balanceamento, muitas mecânicas, mas o custo para ser relevante com eles é saber jogar, ou você acha mesmo que uma Samira bem jogada, mesmo depois dos nerfs, ainda não é forte?

Cara, ser impossível de balancear, não significa que ele vai estar sempre forte. Há quanto tempo tu joga lol?

Parceiro,É claro que nenhum campeão vai ganhar sozinho por ser novo,antes de tudo temos que considerar que por trás de um monitor haverá um humano que é um ser propenso a erros,o que eu tentei repassar a você no último comentário é que existem campeões que vão exigir mais do jogador e outros que vão exigir menos,tudo isso por causa do kit individual de cada campeão ou do meta.

O exemplo que eu citei anteriormente se encaixa nessa ideia,o Tryndamere para vencer o Sett precisa desempenhar um esforço bem maior do que o Sett para vencer o Tryndamere,isso ocorre pq o Kit do Sett é mais "robusto" ou se preferir mais "moderno".
Agora dizer que não dá pra ganhar desses champs novos eu concordo que é choro,mas é como eu falei:se vc pega um champ antigo contra um mais atual,na maioria dos casos,você terá que se esforçar bem mais para derrota-lo do que ele vai se esforçar para lhe derrotar.

A Samira embora tenha levado alguns nerfs ainda continua forte(top 5 adc atualmente) e é o adc mais banido no momento,se a Riot não meter a mão ela vai começar a aparecer bastante no competitivo e vai tomar mais nerfs do mesmo jeito que o Aphelios tomou,a campeã já é forte e na mão de quem já sabe jogar ela se torna mais forte ainda pq o kit dela é superior ao de mts ad carrys.

Desde a preseason, eu não joguei com LITERALMENTE nenhum campeão à não ser Udyr. Não me divirto com mais nada a não ser com Udyr AP top.
Eu tenho, no momento q to escrevendo isso aqui, uma winrate de 55%. E já tiveram semanas que eu cheguei em 65% de winrate. Os malabarismos que eu tenho que fazer pra esse meu campeão dar certo são inexplicáveis. Só na preseason eu já tive que mudar de runas, e builds mais de 3 vezes, pra eu continuar tendo o MÍNIMO de sucesso.

Enquanto isso, campeões como Fiora, Irelia, Yasuo, Yone, Sett, Mordekaiser fazem a mesma build, e jogam do MESMO jeito desde que foram lançados / reworkados, e conseguem ter sucesso relevante.


Hoje eu sou forçado a jogar de conquistador pq TODOS os campeões que estão relevantes no top, estão fazendo conquistador. É literalmente uma briga pra ver quem fica mais tempo vivo lutando com essa PORCARIA de runa. Não adianta quantas pinks eu coloque, quantas wards eu tire, não interessa meu posicionamento, se eu consigo chegar até o ADC inimigo, se eu consigo assegurar um objetivo, se eu consigo dar muitos roamings. Pois isso tudo eu já faço.

Se eu não tiver conquistador, eu simplesmente não. ganho. minha. rota, pois o outro oponente em 90% dos casos vai ter, e ele vai estar mais forte do que eu.
Eu sou forçado a jogar de Udyr, pois é o único campeão divertido de jogar, e que pode buildar conquistador.

Para  que você tenha uma ideia: dos últimos VINTE JOGOS que eu joguei de Udyr Top DOZE deles eu estava contra uma rota de conquistador.

E destes mesmos VINTE jogos. Mesmo se o meu oponente em rota não tivesse conquistador, DEZESSETE destes jogos tinham outro oponente no jogo com conquistador.