cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 

Não uma reclamação (principalmente pq já teve demais nas ultimas semanas), mas sim um desabafo.

(Textão G.P.C, leia por conta e risco, porém o texto é mais pessoal e feito para eu lembrar disso do que realmente pra algo em especifico)

 

Bom, é só um texto pra no futuro eu ler depois, pois acho que nunca fiquei tão frustrado com esse jogo. Mesmo tendo problemas maiores acho que a unica coisa que salvava e acabava me prendendo tá meio que indo pro ralo. A ultima season foi muito xingada, e nem passo pano, falo mesmo que foi chato, corta cura pra lá, adc morrendo a rodo pra lá e mudanças de patch questionáveis, mas vamos por parte de frustrações.

Eu jogo isso a 7 anos contando com esse e praticamente é o jogo que mais passei tempo jogando, ultrapassando até o tempo de Grand Chase que acabei jogando por muito tempo também, e jogo a tanto tempo exatamente porque acabei gostando disso, um monte de amigo me apresentando e pedindo pra eu dar uma chance, e porque não? Qualquer coisa eu desinstalo e vida que segue, mas o jogo era bom, te prendia e dava até pra dar umas boas gargalhadas com certas partidas.

Porém se comparar a época de 7 anos e agora, vai ver que as coisas não tão muito favoráveis não, começar esse ano com o lançamento do Sett já me estranhou um pouco, o personagem tinha até um visual ok, mas não era algo que iria te marcar ou lembrar, só consigo lembrar dele sendo uma referência de Jojo de longe, porque é o que o pessoal mas fico falando perto do lançamento dele (e eu sei que o dublador dele japonês é o mesmo do Dio), e era apenas um personagem simples, mas depois de lançarem um Aphelios imaginei que fariam algo mas de boa pros jogadores, principalmente que muita pessoa acabou não aceitando tanto o Aphelios por parecer complexo, mas nem era tanto assim, até ai tudo bem.

A partir dai veio a sessão rework, o do Fiddlesticks que pra mim foi a melhor coisa dessa season, mas leve isso como opinião pessoal, porém eu amei tudo sobre o Fiddle, desde a cinematic de revelação até o tema musical dele (Pois não tem mais tela de login... F), e acabei ignorando o delírio que foi o Sett, não que não tenha gostado, mas como veio o Fiddle o meu eu interior quis acreditar que era dai pra melhor, tudo no Fiddle combinava com o que ele era e o que ele representa dentro do League, agora vamos ver o resto.

O segundo rework foi do Volibear e ai que começa meu rage, você pode falar pra mim que ele forte, dive as torres e o caramba a 4, mas ele, pra mim, é nada mais que um urso que solta raio, eu sei que o antigo também era praticamente, mas devido as limitações da Riot de antigamente a gente aceitava, eu mesmo gostava a beça do Voli antigo, porém jogava de vez em quando pois Top pra mim era uma lane triste (joga de Voli na lane phase contra Renek ou Darius, chorava sangue kkk), Porém esse pra mim consegue ter coisas mais genéricas que o antigo, a unica coisa legal é a Ult, mas depois virar um bater simulator, o personagem não me apresenta nada de unico, não digo nem diferente mas algo que eu fale "**cogumelo do Teemo**, essa skill do Voli é maneira demais", e a unica que da um pouco dessa sensação é a ult e só, skills que acabam sendo esquecidas ou comparadas, mas não vou reclamar do Visual, realmente pra mim tá incrivél, ele ficou lindo demais, porém em gameplay...

Dai eu me senti meio bad pois esperava muito do Voli mas é aquilo, foi expectativas das fontes da minha cabeça, olhando bem acho que a Riot só hypou ele no trailer e é isso, toma o urso no dane-se, até que vem os novos campeões, Lillia e Yone.

Começando pela Lillia, essa foi o contrário do Voli, eu achei a gameplay dela bem legal até, divertido sair correndo dando Q, dando soninho de longe depois de ter acertado o E, não é a gameplay mais inovadora, principalmente que jogar com ela parece até jogar de singed, só que tu tem que acertar skill em vez de sair correndo só tacando gás. O que me incomoda é o visual, Riot disse que teria pelo menos um campeão monstruoso por ano, só que do ano passado foi a Yuumi, desse ano é a Lillia, mas me fala o que elas tem de monstruoso? Porém não chega nem a ser esse caso, eu vi tanta concept art da própria Riot da Lillia que parece tão mais interessante que a própria Lillia, colocaram o busto perfeito pra depois adicionarem o conceito "monstruoso" mas de cara da pra ver que é feito pra agradar, ou melhor dizendo, ter uma empatia com campeão, afinal muita gente no lol ( e eu incluso) escolhe os campeões que jogam por conta de varios fatores: história, temática, gameplay, como está sendo inserido no universo, visual, etc.

Aceitei a Lillia mas não muito (a personalidade dela também me incomoda, mas é algo mais pessoal, não irei citar tanto), agora o Yone tenho que concordar com um amigo meu que diz que ele não deveria existir, e realmente não deveria, não há necessidade alguma de ressuscitar um personagem já morto, e eu sei que vai falar da Senna mas pelo menos ela tava presa na lanterna do Thresh, não tava morta mesmo. Outra coisa que me incomoda, e vamos levar pro tópico da cantora de cabelo rosa, é que o Yone foi mostrado mais em forma de skin do que na forma padrão dele, isso é um absurdo, nunca precisaram ficar mostrando o personagem na forma de skin, e quando faziam cinematic e o caramba que seja, era um pack de uma atualização temática (Projeto, Odisseia), mas o personagem tava sendo vendio como florescer espiritual na cara dura, se fosse o contrário, não me incomodaria, mas sim me perguntaria se há necessidade de ter dois yasuos, alem de que não falei que o Yone é tão sem personalidade que é comparado ao Yasuo sempre que dá, mesmo não gostando do Yasuo, sei o quão único ele é em geral, algo que eu não sinto pelo Yone, o personagem é raso em tantas formas que não tem nem como se desculpar apenas falando "po, mas é o irmão do yasuo", e só você pegar irmãos em jogos, filmes, animes e entre outros que vai ver que não a necessidade de ser tão parecidos assim, Dante e Vergil de Devil May Cry tão ai pra não me dizer o contrário.

 

E falando em Devil May Cry, teve o lançamento da Samira, e de fato é bem esquecível, ela é ótima de gameplay, lisa demais pra jogar, bem legal mesmo, porém ela acaba tendo os mesmos problemas de visual e tal, mas a história não é de todo ruim, poderia ser melhor mas é aceitável. Porém eu falei esquecível né? Ela foi esquecida por ter começado a especulação da Seraphine, se apresentando no Twitter, entrando pra Kda e agora sendo lançada com uma Skin Ultimate. Agora me fala, qual outro personagem teve tanta atenção da Riot no lançamento quanto ela? Nenhum, sério, eu nem to me incomodando tanto por ela ser uma Sona 2 (mesmo podendo até ser o rework dela), mas me frustra ela ser um marketing em forma de campeão. Não tem problema em vender, todo mundo precisa pagar as contas do final do mês, mas desse jeito? Incomoda demais ter esse tipo de coisa passando, ela só existe pra vender e isso e algo que não sou o primeiro e nem serei o ultimo a falar sobre isso, porém esse nem é o assunto principal.

Vendo esse tipo de "jogada" da Riot, me da medo do que está por vir, não é só no "a não gostou, não jogo, simples" mas é algo que eu jogo todo dia, ok que eu posso não jogar com um personagem X ou Y, mas pelo menos que tenha empatia com o mesmo, que aceite que ele é maneiro no universo. E também entra a minha preocupação, é um jogo que gosto bastante, e eu crio uma preocupação, não pela empresa mas pelo universo criado e das horas que passei, como do dia pra noite eu me divertia com isso por sempre ter algo novo no mapa ou campeão com novas mecânicas e agora a gente fica na mesmisse e se irrita mais do que se diverte, tanto fora quanto dentro do jogo?

Como já falei e repito, não quero reclamar pois só seria mais um na fila, porém eu só quero melhoras, quero que ano que vem seja o ano pro lol, e não quero desejar mal ou xingar o jogo, pois isso não vai mudar nada, absolutamente nada, só será hate gratuito, eu quero uma mudança em varias questões, e nem quero a desculpa da Tencent que é chinesa querer o lol assim, da pra criar algo legal e que renda ainda, como muito personagem do lol já fez sem precisar apelar pro que vende, e também não precisa ser personagem "monstrão" só precisa ter uma ideia legal, ser diferente pois tem tanta aleatoridade no lol que acaba sendo legal, desde um yordle pré-histórico que tem crises de raiva até uma árvore que te protege e invoca um blue, isso diverte, é diferente, e consigo ver que tem potencial desde as concepts da Lillia. Só quero que esse jogo tenha um novo ar, algo que de prazer em jogar, quero que o lol se torne um jogo de novo, e não um marketing que ele é hoje em dia, pedido simples, porém quase impossível atualmente.

Ps: Sim, meu nick é referência de Pokemon, tipo gelo tá no meu coração 

Ps2: Acabei nem falando do equilíbrio duvidoso da Riot, mas acho que todo mundo já sabe disso 

Ps3: Peço perdão por qualquer tipo de erro de Português

6 RESPOSTAS
iMiraZuke
Dragão
Dragão

A Riot tá entrando na onda da comunidade: Acreditar que se um campeão tem dash(Samira), ou milhões de efeitos de contato(Aphelios), ele automaticamente vai ser difícil.

Mentalidade de balanceamento e criação de campeões cada dia piorando.

A Seraphine ficou meses hypada pela Riot, eu imaginava que eles tavam trabalhando arduamente na campeã, e iria sair perfeita. A única coisa que chega perto de ser perfeita nela é literalmente só a Skin KDA. 

Weisse
Tropa
Tropa

Infelizmente nós do ocidente não somos o publico alvo deles, o foco é praticamente todo no oriente só olhas os ultimos eventos gosto dessa tematica, mas, só tem isso no game ultimamente.

cara o evento odisseia é um dos melhores na minha opinião e esse ano o lançamento das skins passou em branco, claro, pq tem kda.

Agora sobre os campeões e rework, que nem vc disse do Sett, só foi lançado e boa, nada demais, marketing quase nulo nele, agora a Seraphine kkkk, ainda fico triste com o rework do Pantheon o antigo era bom demais, a mesma coisa pro fiddlesticks era daora demais jogar com ele, o voli antigo que era show demais.

Meu amigo, você escreveu anto que acabou ficando um pouco confuso, mas vou tentar opinar...

Primeiro que as coisas mudam, as pessoas mudam. O perfil das pessoas que jogavam LOL antes não é o mesmo das de hoje, e isso reflete muito das mudanças que a empresa acaba tendo que fazer em termos comerciais e de postura.Hoje tem muitas crianças e adolescentes jogando LOL, tornando interessante pra empresa fazer personagens fofos, inspirados em animes, divas da música POP e coisas desse tipo. Esse tipo de conteudo é o que vende e, como você bem disse, a empresa tem que pagar as contas no final do mês. Eu vou mais longe. Ela quer LUCRO, DINHEIRO, e se o que vende é personagem que saltita, skins coloridas e música POP, ela vai produzir mais disso, amigo. 

Segundo, e seguindo a linha do primeiro ponto, o LOL mudou e quem gosta ou se adapta às mudanças fica, quem não se adapta, sai. O jogo foi obrigado a seguir as tendências de mercado para se manter competitivo e fez isso muito bem, já que é um dos jogos mais lucrativos e tem milhões de jogos em praticamente todos os países.

Terceiro, e aqui vou concordar com você e com seu amigo, o Yone é um personagem absurdamente raso, fora de contexto, sem necessidade de existir. Foi feito claramente para agradar aqueles inúmeros fãs do personagem Yasuo que esperam do jogo campeões mais nesse estilo (brutos, lutadores, "machos") e menos campeões fofos, saltitantes, coloridos. A Senna, por mais que me irrite em termos de gameplay, faz todo sentido na história, se comunica bem com o jogo, fecha bem com o universo, mas o Yone é lamentável. 

Quarto, sobre a Seraphine e a Samira, acho a Samira deliciosamente boa de se jogar, apesar de absurdamente quebrada para um atirador, mas realmente foi ofuscada pelo marketing do lançamento da Samira. Entretanto, minha opinião sobre isso fica no que eu disse antes: A RIOT é uma empresa que tem interesse no lucro, quer goste ou não. Seraphine vende MUITO mais do que Samira. Ela é colorida, ela canta, dança, ela faz parte do grupo POP, enfim, ela atrai crianças e jovens que pagam por skins e pelo conteúdo KDA. Tenha certeza que enquanto esse tipo de campeão for lucrativo, ele sempre terá a prioridade máxima da RIOT, e honestamente eu nem acho que isso tá errado, apesar de eu MILHÕES DE VEZES preferir campeões como Samira, Senna e Sett do que Seraphina, Lilia e esses arco iris hehe.


Eu concordo com tudo que você falou, tanto que eu consigo comparar a primeira parte do que você falou em questão de perfil de quem joga lol como o publico de Resident Evil, onde tem pessoas que gostam mais dos 3 primeiros, outros que gostam dos Resident evil após o 4 e até os que gostam do filme (sei que tem mas não vou muito com a cara desses filmes, como quem gosta dos jogos também não). A questão é que antes eu tinha uma vontade absurda de jogar com os campeões lançamento e hoje eu não sinto nem metade, a primeira vez que gastei rp nesse jogo foi comprando o Gnar, e depois a Kalista (comprei os dois com o conjunto de campeão e skin) pois os dois me fizeram ter vontade de jogar com eles, não consigo sentir isso com os novos campeões. Talvez eu tenha amadurecido, ou só não sou mais o público alvo mesmo, porém é triste ver que o lol de anos atrás ser tão diferente o de agora, tanto em questão de gameplay de campeões, quanto em design (mesmo sabendo que mudanças drásticas acontece frequentemente em jogos, principalmente os online).

Nossa, nem fala de Odisseia que já bate uma saudade, porém é muita verdade que o Oriente tá sendo completo foco do lol agora, é nítido demais, só que deveria ter atenção pra todos os lados, é um jogo mundial, não focado em uma área específica, eles podem ser os maiores consumidores de skins e outros cosméticos, mas isso acaba tirando a atenção de outras partes do mundo no próprio jogo.Em 2018 outros jogos como Fortnite passaram a popularidade do lol , mas eu acho que foi mais por falta de conteúdo do ano, a única coisa que eu me lembro bem de 2018 no lol foi o patch da "morte dos adcs". Eu ainda continuo com a ideia de querer uma coisa grande no lol, e nem precisa me agradar, só precisa ser divertido pelo menos, se for um evento de Psyops (temática na qual não fui muito com a cara) mas tiver um modo de jogo novo, uns bagulhos no mapa, skins que sejam legalzinhas e não enfiar skin pra cobrir tabela no patch (como aquela do Zed Psyops que não é tão feia, mas olhei e achei que era um Master Yi pela primeira vez, ela), queria algo que todo mundo participasse e achasse um maximo. Eu acho muito legal ideia de modos como Odisseia ou Doom bots, pois eles exercitam o trabalho em equipe (meio que de maneira caótica, mas exercitam), algo que deveria ser valorizado nesse jogo, então eles poderiam pensar mais nisso, em vez de lançar uma campeã que claramente é pra vender skin e falar que o time tem que estar unido pra ela ficar mais forte, porém está longe de acontecer...
(Tristeza ;-;)

Seraphine poderia ser um campeão que não me agradasse como vários no lol que tem, porém eu olho pra ela e sinto que não teve o minimo de esforço pra fazer algo legal, nem as falas dela são interessante, é sempre algo sobre musica ou cantar, como se eu não soubesse que a personagem não fosse isso. Muitos personagens tem sua temática e personalidade, só por isso não ficam na nossa cara falando que são assim o tempo todo, é irritante. Me deixa triste dizer que o que ela tem de único comparado a outros campeões é uma conta no twitter, complicado.