cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
FreshhhMeat
Tropa
Tropa

"Se você tem namorada(o), Leia isto!" by Triat

“Boa noite, este é o meu primeiro e único post, meu nick é Triat, tenho 22 anos, sou um jogador Platina com 1.4k de wins(Lux/Ahri), e jogo League of Legends faz 1 ano.

O objetivo desse post é passar a minha experiência horrível que tive recentemente para apenas pessoas que estão na mesma situação na qual eu estive, em um relacionamento sério com alguém.

Namorei uma garota por aproximadamente 4 anos, na época ela tinha 16 e eu 18 quando começamos a ficar.
Eu posso afirmar que nos 3 primeiros anos foram os melhores anos da minha vida, passávamos praticamente tudo juntos, viajávamos com os familiares, assistimos milhares de filmes, ela tirava dezenas de fotos nossas, conhecemos bastante gente juntos, e eu vi ela crescendo e e ela me viu crescendo tanto na vida profissional quanto na pessoal, e praticamente a gente brigava por apenas coisas necessárias e justas… porque todo casal tem a sua fase de brigas… ok… e SEMPRE superávamos desafios de namoro juntos, falávamos muito que iriamos casar, que eu era o homem da vida dela, e ela a mulher da minha vida… até mesmo namorei com ela a distância por 1 ano de São Paulo para Presidente Prudente (650km de distância ).
O problema foi que em Abril de 2012, eu já estava formado, e não tinha mais nada pra fazer porque eu tinha acabado de me graduar e a minha ex-namorada ainda está estudando a noite… e um dia eu fui na casa de um amigo na qual ele e o irmão dele estavam no computador jogando um jogo…
E então, eles pediram pra eu jogar apenas uma partida… que foi o suficiente pra ver o quanto esse jogo era demais… lembro até hoje que o primeiro char que eu peguei foi a Sivir, e depois jogava apenas de Gangplank… Não deu outra, uma semana depois, estava indo comprar meu computador especialmente para jogar League of Legends… e ai… começou o vício… eu jogava todos os dias da semana, e no final de semana passava com a minha namorada… jogava todo dia quando eu chegava do trabalho, até a hora de dormir… parecia um zumbi mesmo…
Mas ai você me pergunta, qual o problema nisso, já que você não podia ver sua namorada em dia de semana e via ela no final de semana?
O problema foi que esse jogo, aos poucos, foi atropelando a minha vida pessoal e também a minha vida com a minha ex-namorada.
No caso da vida pessoal, eu deixei de estudar, deixei de aprender a investir na bolsa de valores, deixei de jogar poker, deixei de aprender a língua japonesa, deixei de cuidar do meu corpo… e sem contar as milhares de vezes que eu jantava com comida fria, das milhares de vezes que a minha mãe gritava pra eu ir jantar, e eu não tinha como parar.

No caso dela :
Ela me ligava no intervalo dela, e eu estava jogando, e sempre conversando com ela sem atenção falando aqueles : sei, aham… nossa sério… e com os barulhos de mouse no fundo e tinha até vezes que eu não atendia o celular porque eu tava jogando…
Nas sextas feiras, era o dia q todos os meus amigos estavam online jogando,e agente ficava até tarde jogando de madrugada, e no dia seguinte minha ex mostrava um filme q ela queria assistir, e enquanto passava o filme, eu caia no sono, e ela brigada comigo… ela reclamava que eu não dava mais atenção pra ela e teve até vezes que ela realmente falou: “Ou eu ou o jogo”. Ai eu falava que ia parar, mas jogava escondido… praticamente estava totalmente viciado… viciado mesmo… e toda a semana a gente brigava não apenas pelo jogo, e sim por minhas atitudes, de atenção, que eu sou monótomo, que eu parei de ser uma pessoa interessante… e eu estava totalmente viciado no jogo…
E eu pensava, a eu não estou viciado não, se eu fosse viciado, irei deixar de ver ela no final de semana, iria parar de trabalhar, etc. Mas a diferença que antes eu reclamava comigo mesmo, nossa eu aqui vendo tv de tarde sendo que eu poderia estar subindo de elo? Hoje eu sei que apenas a presença dela seria o suficiente pra mim.
E em casos que eu poderia comprar um buquê de rosas pra ela, eu achava caro pagar 50 reais para um buque que morreria em menos de uma semana, mas 50 reais pra mim são centavos quando eu comprava skins… e outro caso que eu comprei um Mouse da Razer por 350 reais, achei o máximo e comprei facilmente, mas pra mim era inviável realizar um sonho de pular de para quedas com a minha ex porque eu achava “caro”, sendo que custaria 500 reais pra nós dois…
Mas chegou o dia q ela disse que me entendia, que esse era eu, e me perdoou porque isso era uma coisa que eu realmente gostava de fazer… e a atenção e dedicação que eu tinha por ela, ia morrendo aos poucos.
Mas no começo deste mês, foi a pior * que eu fiz… era sexta-feira, cheguei em casa do trabalho, querendo jogar até de madrugada… deixei de viajar com a minha família pra ficar jogando e no meio de uma partida ela me ligou falando que tinha tirado um cochilo na casa dela, que ela estava atrasada pra aula de sexta, na qual ela não podia faltar porque já tinha faltado bastante pra ficar comigo… ai eu falei… olha, posso até te levar, mas não vou ficar 2 horas te esperando, ok?
Foi a pior * que eu falei… falei isso pra levar ela e poder voltar a jogar… ai ela ficou nervosa de vez e magoada… e eu reclamei que ela pedia a mão mas já queria o braço… fui totalmente ignorante… e praticamente, hoje ela diz não acreditar nas minhas palavras,que eu já fui melhor, e ela desistiu de mim…

E depois de perdê-la, eu vejo a * que eu fiz, e que não perdi apenas minha namorada, e também minha melhor amiga, e vocês não tem noção de como isso faz falta…

ISSO porque eu estava viciado e estava querendo jogar…

Acredito que irá aparecer trolls falando ou pensando : olha que troxa viciado nerdão, ou coisa do tipo, mas o objetivo não é pra vocês pararem de jogar, porque isso é apenas um jogo, certo, e eles são feitos para se divertir (infelizmente passei mais raiva jogando do que tendo diversão, tanto em picks, rankeds, e trolls, e também com brigas com minha namorada).
E sim para MINORIA de pessoas que podem estar passando na mesma situação que a minha e que precisam saber disso.

O problema fui eu, e não o jogo… o vício deve ser controlado.

Não se viciem em jogos, nem em outras coisas como drogas, bebidas, etc… porque vocês estão colocando em mesa pessoas que realmente se importam com você…
Priorize as coisas humanas, amigos, momentos e até você mesmo.

Hoje,sou solteiro, já desinstalei o League do meu computador e pretendo parar de jogar jogos em geral por um tempo bem longo… (eu estou fazendo isso por mim, para o meu bem).

Pretendo voltar a falar com velhas amizades que sumiram nesse tempo, ter novas amizades, e também manter as que eu tenho hoje… Porque o que é mais importante são as pessoas, e não algoritmos e objetos.

Vou também fazer academia, voltar a tocar violao, viajar,assistir seriados ,voltar a desenhar , crescer bastante no trabalho , voltar a estudar e tentar esquecer a pessoa mais amada q eu tive(que no momento é quase impossível).

Se você tiver uma namorada, ou namorado, e está lendo isso agora, feche o League, e vá fazer algo novo pra ela, uma sugestão que eu dou é dizer o quanto você a ama, e reconhecer que ela faz parte da sua vida… faça que ela se sinta querida e especial com um presente, como aquele sapato que ela sempre paquerava no horário de almoço e falava : olhaa que sapato bonitooo…

Ou se não, até uma simples carta com poucas palavras do que você sente por ela, com o cheiro do seu perfume que ela adora.

Se você estiver lendo isso agora de madrugada, 2 da manhã, ligue pra ela agora acordando-a… ela irá ficar muito feliz com a sua ligação…

Se souber os horários específicos que ela te liga, não comece uma partida que possa ter risco de demorar mais que o tempo que ela irá te ligar…

E se ela ligar do nada… não fale com ela enquanto joga com voz de apressado… dê atenção… mesmo que você perca uma * de uma partida e seja reportado, É MELHOR ser BANIDO por reports durante alguns dias do que deixar a namorada triste ou nervosa… porque isso se acumula e um dia irá explodir.

Se isso atingir apenas uma pessoa, conseguir abrir os olhos de pelo menos uma pessoa, eu estarei feliz de ter sido útil.

Obrigado pela paciência de ler a experiência maravilhosa que tive, porém dolorosa no final e lembre-se, amanhã pode ser tarde demais pra você demonstrar o quanto alguém é especial… que no meu caso, isso pra mim foi ontem…

*PS: Desculpe por erros de português, vírgulas, acentos e etc.

Em vez de pensar em subir de elo, pense em subir na vida. E mais uma vez, League é um jogo incrível, um dos melhores que já joguei, não estou culpando o jogo… e sim o controle do meu vício, eu era viciado e negava isso, eu era e não nego mais.”

Fonte: http://forums.br.leagueoflegends.com/board/showthread.php?t=47093

Texto replicado pelo site: http://100regras.com.br/2014/03/triste-relato-se-voce-tem-namoradao-leia-isto/

Esse foi um post criado em 2012 pelo Triat, não por mim, trouxe ele para que novos jogadores saibam o que uma pessoa que jogou e se dedicou tanto ao LOL perdeu
Com certeza é um dos melhores tópicos do antigo fórum e eu não podia deixar ele morrer, já que outros jogadores vão passar pelas mesmas situações.

 

Esse post foi recriado pelo Fyrez, não por mim. Resolvi postar aqui pelo menos motivo que ele citou a cima.

 

12 RESPOSTAS
k1 del1c1a cara
Aronguejo
Aronguejo

e se a pessoa é viciada no jogo sem ter ngm? eu já tinha me afastado dos amigos antes de conhecer os jogos eletronicos. agora buguei :´(

Sempre bom reviver esse tópico. Um dos melhores do fórum
PathyShorei
Tropa
Tropa

Achei que era só eu que passava por isso.. realmente dói muito perder quem a gente mais ama por conta do jogo. Ele se tornou outra pessoa, e quando eu falo que ele está viciado age como uma criança dizendo que não sou sua mãe pra controlar o que faz, e discorda quando digo que isso está prejudicando nosso relacionamento. Quando brigamos, ao invés de resolver, ele passa o dia e a madrugada jogando e me silencia pra eu não encher o saco dele... É realmente muito triste.

Eu sou a namorada ignorada dessa história
Ele trabalha durante o dia todo, então não nos vemos e a noite eu ligo pra ele, mas ele sempre parece não ter interesse em falar comigo, esta sempre prestando atenção no jogo e falando com os amigos durante a partida, eu acho importante conversar, antes dele começar a jogar nos falamos por horas em chamadas, era divertido e incrível eu ficava feliz em conversar com ele. Agora não sei oque fazer, não quero forçar ele a parar de jogar, só queria ter atenção e respeito. Nós estamos juntos a 2 anos e já ficamos separados um mês por esse motivo. Fico triste em ver que essa situação acontece com outras pessoas, esse comentário foi só para desabafar a situação e pedir para vc que namora e joga, que sua vida real vale mais a pena , de atenção a quem ama vc e será feliz .
The Kindred Bot
Aronguejo
Aronguejo

Enquanto você sobe de elo sua morena sobe em alguém .

The Kindred Bot
Aronguejo
Aronguejo

Sinceramente algoritmos são melhores que humanos, não da pra enjoar deles.

kkk nunca morre
AMBDASPERGER
Aronguejo
Aronguejo

Você tá solteiro? (ps: pergunta retórica por favor não responder.) Então arranja uma namorada que também joga lol porran ai vocês podem passar o dia inteiro jogando, é cada coisa que eu vejo viu.

oi voce conchece um jogador legal

null-null
Tropa
Tropa

Eu no caso sou a namorada e como outros comentários aqui a minha situação é mesma de tantas outras namoradas desesperadas sem saber oque fazer pra ter o mínimo de atenção do seu namorado, bem no meu caso meu namorado já acorda e liga o computador e joga até o meio dia, trabalha durante a tarde chega e já vai direto jogar denovo, eu entendo que o lol funciona como uma válvula de escape dele contra estresse e ansiedade, mas eu não me encaixo na rotina dele, eu não quero receber migalhas da atenção dele, mas eu acho que tudo tem limites, horário certo não todo tempo até porque o mundo acontece aqui fora! E eu nãos sei oque fazer já brigamos discutimos MUITO sobre isso mas no fim tudo acaba voltando como era antes. Tenho medo que daqui a um tempo ele leia esse texto é se encaixe perfeitamente na vida dele!

Revivendo esse tópico rsrsrsrs
Posso te responder isso, no caso eu fui o namorado viciado, graças a inúmeras conversas e uma iluminação divina na minha cabeça chamada (minha namorada), larguei o vicio do LoL, continuo jogando, mas não ao ponto de não atender telefone, de deixar de sair, de deixar de conversar com quem gosto pra ficar jogando. A questão é a seguinte, se o caso do seu namorado for parecido com o meu, a vida dele está extremamente chata, ele não tem interesse por conversas com os amigos dele sobre outros assuntos, não vê necessidade em sair, andar de bike ou qualquer outra coisa assim e sendo sincero contigo, no momento a única coisa que é essencial pra ele, é jogar... Então a dica que dou é, conversa com ele, conversa sobre como está a vida dele, como estão as amizades, os assuntos, diz que você está sentindo falta dele, tudo, sabe? Porque cara, jogar LoL é divertido com os amigos, mas não ao ponto de largar tudo por causa de jogo, isso é quando na sua vida as coisas estão perdendo o valor e realmente espero que vocês se deem bem 🙌
Mas se o cara realmente não quiser saber de nada e nem se quer te escutar, ai sinceramente, melhor rever o quão reciproco é o que ele sente por você.

LunaCris
Tropa
Tropa

Meu namorado jogava lol e quase não falava comigo, ficava irritada toda vez que eu ia falar com ele e ele já estava em partida, não conseguia nada, até o dia que eu estava de bom coração a partida começou e ele estava no banheiro, joguei pra ele n ficar afk, e ai meus olhos brilharam, nesse dia ele me ensinou a jogar e criou uma conta pra mim, hoje jogamos lado a lado, temos muitos assuntos pra falar, vemos campeonatos do lol juntos amigos de jogo em comum e temos um bom relacionamento. Estamos em niveis diferentes as vezes atrapalha pra jogar junto, mas criei meus próprios amigos e ele n se incomoda que eu jogue por horas assim como n me incomoda mais ele jogar por horas. Então meu conselho joguem lol meninas e seus namorados irão valorizar cada dia mais você, além do medo de você conhece um carinha virtualmente que se importe muito mais com você que ele.