cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Tenno Prime
Tropa
Tropa

Deck das Profundezas é desbalanceado?

Após a atualização que trouxe a nova facção Aguas de Sentina, apesar da chegada de muitas criativas e divertidas cartas, muitos problemas de balanceamento vieram. Isso não é novidade, a cada conteúdo novo, é mais uma variável aleatória no cenário. Nesse post queria evidenciar uns aspectos controversos que vivenciei, baseados exclusivamente na minha opinião e experiência: O deck das profundezas é no mínimo desbalanceado, pra não dizer antijogo.

Não houve nenhuma partida contra esse deck obtive vitória, mas o meu espanto é a falta de ferramentas no jogo para counterar tal estratégia. A partida em que eu consegui desesperadamente aguentar após as Profundezas, na primeira oportunidade que eu tive para virar o jogo eu perdi por falta de carta no deck.

Mas resumindo vou trazer alguns aspectos que, na minha opinião, deixam o deck frustrante pra quem joga contra:

-> A característica Profundezas em si já é muito forte:

Para algo não vindo de um campeão é muito impactante na partida. Ao total são 15 possíveis unidades do deck que receberá +3/+3 instantaneamente e Globalmente, sem falar que NAUTILUS fica 13/13.

-> Cartas com Profundezas já possuem seus status base relativamente superiores:

Isso sem contar habilidades especiais decada carta. DEVORADOR DAS PROFUNDEZAS,  custo 6, status 4/4 possui a capacidade de Obliterar um campeão!! Além de invocar uma carta 4/4, ela tem possibilidade de ser 7/7 e somada a capacidade de destruir qualquer carta com menos vida que ela... Adeus Garen, adeus Braum. Nem VINGANÇA, de custo 7 é desbalanceado dessa forma.

-> A carta COLECIONADORA DE NAUFRAGIOS é muito forte:

De custo 7, status 7/5 além de Abdicar, que falarei mais a frente, pode lhe dar 2 de 3 feitiços lentos de custo 5 que são muito forte: 5 de dano a todas unidades, invocar 3 unidades 5/5 com Profundezas ou 5 cartas aleatórias Fugaz que irão custar 0. 5 de dano é maior que a vida da maioria das cartas, três criaturas 5/5(ou 8/8) a um custo de 5, imagina ESPIRITO INFLEXIVEL, O TORMENTO, JULGAMENTO e VINGANÇA a custo 0, sem contar outros feitiços...

-> Cartas com Abdicar aceleram o jogo e não dão oportunidade de resposta de mesma facilidade:

Meu adversário chegou a ter 21 cartas no 3º round, ele jogou dois REJEITAR(Súbito e de custo 1). -8 cartas no deck -4 da mão -3 de compra, nisso já foi -15 cartas. 3 rounds são 6 manas, o que vc já teria feito com 6 de mana? provavelmente aranha 2/2 ou um granadeiro 3/1 e mana reservada. Com -2 de REJEITAR, o que ele já teria feito com 4 de mana? Você nem consolidou tuas unidades e o adversário já está perto das Profundezas. 

-> A carta ISCA DAS PROFUNDEZAS dificulta a defensiva:

Não bastando status altos e custos relativamente baixo dos Monstros Marinhos e a característica Profundezas deles, A carta ISCA DAS PROFUNDEZAS reduz o custo deles em 1 Globalmente. Pegando um Monstro Marinho mais normal, A FERA SUBMARINA 4/4, custo 4, ele pode ser invocado durante a profundeza 7/7 com custo 3 (na pior das hipóteses). 

Apesar dos combos absurdos é claro que tudo tem uma certa relação com probabilidade. Claro que existe tipos de estratégias e características de decks. O usuário de Profundezas "teoricamente" sacrifica suas cartas para ter vantagem no futuro.

1- Com Abdicar, esse futuro chega rapidamente só para o Deck Profundezas, e quem enfrenta esse deck se encontra preso no passado com unidades fracas.

2- O usuário de Profundezas não parece realmente se "sacrificar" no inicio, justamente pois a quantidade de mana gasta para o próprio turno não muda significativamente.

Concluindo, na minha percepção o deck das Profundezas não lhe dá oportunidades viáveis de contornar a situação. As vezes a sensação é que a partida já está fadada a derrota nos primeiros rounds, e que há uma leve sensação de que falta um bom senso no design do deck, proponho um reajuste dos valores de status base, além de deixar mais evidente o tal sacrifício inicial do deck.

Tags (1)
8 RESPOSTAS
Duas iris
Aronguejo
Aronguejo

sobre os tesouros da colecionadora é realmente eu ja ganhei uma ruina de custo 0 foi bem gg.
mas sua opinião esta bem equivocada quanto a muita coisa.
se vc quiser uma visão clara do jogo, posso te dar dicas para sair de timer de frustração e começar a por ideias com consistencia para funcionar dito que o jogo é um card game.
SShadowW
Dragão
Dragão

Os únicos dois decks que eu ganhei das Profundezas foram o Teemo e o de Burn.
E o de Burn é o mais forte, já que ele é focado em ganhar antes mesmo da rodada 6-7 por aí.

Quando alguém entra nas Profudezas é realmente difícil, se tiver um Nautilus em campo então é quase impossível.
Ele reduzir em 4 o custo dos Monstros Marinhos é muito, mas muito forte.
Já teve um jogo que o cara invocou 4 Monstros Marinhos contra mim na mesma rodada, todos os 4 custando 0...

Espero que no próximo patch eles nerfem um pouco.

Não sei te dizer se realmente está desbalanceado ou não, eu tinha montado um deck desse tipo que não estava funcionando, deixei ele pra lá.
Daí joguei contra um deck desse praticamente "perfeitinho", rapaz que jogo bonito! (pro adversário, é claro!) gostei de ver o deck dele chegar nas profundezas e ele baixar trocentos monstros, não tive chance, kkkk, mas que foi lindo, isso foi!
Bom resolvi recriar um deck estudando com mais atenção as cartas, e... meus amigos... quando o negócio funciona fica show de bola! Não tem A RUÍNA ou ESPÍRITO INFLEXÍVEL que segure o deck, a interação entre as cartas é uma das mais legais do jogo.
Friso que se demorar muito pra chegar nas profundezas você perde o jogo, dificilmente você consegue segurar, até porque tem muito campeão que com 3 de mana já entra no jogo, mas depois que chega nas profundezas é quase certa sua vitória, digo "quase" porque geralmente seu Nexus já tomou muita porrada, e dependendo do deck do adversário com uma cartinha que cause dano direto no Nexus você perde.
Tinha parado de jogar rankeado, prefiro jogar no normal pra me divertir, mas com esse deck já está dando pra fazer páreo contra uns decks lá no rankeado.
Agora, deck pra se divertir mesmo, use um de Teemo, ou um de Ilhas das Sombras com os "mortos que não morrem" ou algum deck com Espírito Inflexível, saõ decks muito divertidos!
Rogerio
Tropa
Tropa

Sua colocação é válida (aliás, belo trabalho na composição do texto. bem organizado) mas é um Deck de "Alto custo, alto recompensa"
Até voce conseguir cartas para ter o combo ideal (Nautilus evoluído, 3 ou 4 monstros marinhos) vai levar no minimo 07 rodadas. Até lá, o adversário pode ter um deck rápido, de criaturas de custo baixo e minar seu Nexus antes da Rodada 7 (eu já cheguei a ganhar na 5ª rodada com cartas de Noxus). Sem falar dos feitiços para voce chegar logo em "Profundezas"

Tudo isso vai por água (literalmente) abaixo se não vier o Nautilus para você. Então ainda é um alto risco, alta recompensa.
Drill Barnacle
Moderação
Moderação

Eu não acho que esse deck é desbalanceado mas acho que ele coloca uma situação de power creep muito forte pros decks de late game. Tipo, compara o Nautilus com o Trynda que ainda custa 1 a mais de mana que ele e o Nautilus se destaca muito mais como finalizador e como condição de vitória. Mas até então isso é a realidade pra quase todos os decks de controle/late game, Karma dando enlight basicamente sela suas possibilidades de vitória, Ez evoluindo te dá OTK só usando carta burst, Heimmer mesmo sendo mais migame gera vantagem infinita conforme o jogo progride... Eu gostaria que esse tipo de coisa mudasse.

Mas sobre o deep, um engano seu é sobre o sacrifício dele, ele não sacrifica as cartas dele (até porque o deck só quer os sea monsters e nautilus), ele sacrifica o early e principalmente o midgame. Todos os monstros e até o Nautilus são cartas muito medíocres pro custo delas antes do deep, além de todas terem o custo muito alto o que significa que se você não tiver o Nautilus em campo, você provavelmente só vai conseguir invocar no máximo 2 por turno mesmo quando já estiver com a mana cheia, então eles meio que tem que valer o fato de que você não vai poder ativar muita coisa depois que invocar um deles enquanto decks de unidades mais baratas vão ter mais chances de encher o campo e te finalizar antes de chegar no deep.
Brave Bird
Lenda
Lenda

Eu desanimei do LoR por causa desse deck, muito fácil de upar Maokai + Naut, e se você não for Shadow Island com um monte de remoção braba vc só perde

karameiko
Tropa
Tropa

Esse estilo de jogo. Funciona de forma que cada tipo de Deck leva vantagem e desvantagem ao mesmo tempo, inegavel que Profundezas é um dos melhores decks, mas sofre bastante contra Decks Agros.
Entao eu acho que falta perspectiva e coerência na reclamação.
Afinal de contas existem varios Decks igualmente fortes, como o Deck poro que conta com unidades com corpo de 15/15 ( ou mais) por 6 de custo.
Sem contar que o Deck profundezas é um dos Decks onde você nao pode ter uma estrategia fixa formada, uma vez que nao faz ideia de quais cartas serão abdicadas.

Continua sendo um dos decks que mais gosto de jogar, a hora que os monstros "bombados" começam a aparecer fico imaginando a cara do adversário, tipo: "me fo#$" rsrsrs, sei disso porque já passei por isso contra esse tipo de deck, hehehe
Se o deck do adversário for um AGRO ou ELUSIVO, a coisa já desanda, porque até chegar nas profundezas leva um tempinho se não vierem as cartas certas.
Já reverti jogo quando estava com pouquíssima vida no NEXUS e o cara estava cheio, e já perdi sem praticamente tirar nada do Nexus do oponente.
É aquela tal história, tem decks que são ótimos contra uns e péssimos contra outros, pra mim é irritante, MAS, faz parte do jogo.
Dependendo do deck que estou no momento e o do adversário, os de Stun me irritam, os de congelamento me irritam, os elusivos me irritam, os de roubar carta me irritam, os de roubar vida me irritam, tudo depende da situação e o que você consegue fazer pra reverter, como falei, faz parte.