cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Qiyana Reeves
Aronguejo
Aronguejo

Sobre botas para assassinos e magos

Fico me perguntando porque os magos precisam ficar presos na bota de penetração para não perder dano enquanto um assassino AD tem toda uma versatilidade com relação às botas? Se eu sou um mago e faço bota defensiva, perco penetração mágica, mas os assassinos ADs não são punidos em nada. Porque não uma bota de letalidade? Isso ia fazer um assassino AD pensar antes de comprar uma bota (bom, se quero mais defesa, vou ter que abrir mão de letalidade).

Sei lá, é foda às vezes perder pra um assassino AD porque ele tá de botinha defensiva (e isso realmente faz diferença, principalmente na lane phase).

13 RESPOSTAS

Porque o jogo é balanceado em torno dos assassinos AD


@Galo De Julliett  escreveu:
Porque o jogo é balanceado em torno dos assassinos AD

Justíssimo, é onde estão os personagens mais otacos possíveis, que a comunidade de streamers adoram pickar pra se exibir contra low elo e ganhar dinheiro fácil. 1 mago sequer que não precise de penetração já faz os otacos gritarem por nerf, sei lá, imagine se a Neeko pudesse fazer botinha laranja de boa pra gankar em tudo quanto é canto porque a cadeida de cc e dano dela estão equivalentes aos dos assassinos otacos? Ou a LeBlanc, que já causa estrago, podendo usar bota de armadura pra peitar o Yasuo de boas ou mesmo um Victor correndo igual o Usain Bolt pelo mapa e catando kill. Enfim, se reparou @Qiyana Reeves  (nick maravilhoso, by the way), todos os magos imediatamente viram assassinos assim que você tira essa necessidade de bota de penetração (alguns até já funcionam como assassinos) e isso tornaria o jogo ainda mais tóxico.

Tapa de Trivela
Aronguejo
Aronguejo

Na verdade, seu erro é tentar comparar duas jogabilidades diferentes e esperar que elas sejam iguais.

@Amigo Estranho deu um ótimo exemplo que serve pra ilustrar isso mto bem:

"imagine se a Neeko pudesse fazer botinha laranja de boa pra gankar em tudo quanto é canto porque a cadeida de cc e dano dela estão equivalentes aos dos assassinos"

Um mago não é projetado pra fazer o que um assassino é projetado para fazer. Em outras palavras, Assassinos precisam rodar o mapa, procurar aberturas, entrar e sair rapidamente. A bota da rapidez foi feita pra ser usada por assassinos. Mobilidade e velocidade são os principais atributos de um assassino. Então, não se engane achando que por fazer uma bota de defesa ele não abriu mão de nada. Ele abriu mão de velocidade e resistência a slow, que são vitais pra ele.

O mago não precisa de um boost de velocidade, pois não é função dele rotacionar igual maluco procurando aberturas e pessoas fora de posição. A função do mago é ser uma fonte de dano mágico sólida e bruta em fights e objetivos. Nada te impede de fazer uma bota defensiva tmb, mas vc vai abrir mão de um atributo perfeito pra distribuir seu dano. Assim como os assassinos.

Todas as lanes tem isso. ADC tem uma bota feita pra eles, a bota de velocidade de ataque... Nem por isso vc é obrigado a fazer ela, você pode sacrificar sim a velocidade de ataque pra fazer uma bota defensiva caso esteja em desvantagem. Não vai ser do nada, vai ser um sacrifício sim.

Então, novamente, seu erro é esperar que magos e assassinos precisem dos mesmos atributos, e a partir daí é claro que vai parecer que não existe bota pros assassinos.

Isso é balanceamento.
O mago se expõe menos que um assassino.

Olhe só o range de onde uma Lux, Xerath, Neeko, Syndra pode usar suas skills, além de possuir 1 CC ou mais (Lux tem 1 root duplo, 1 slow e 1 shield, xerath tem 2, 1 stun e slow e etc.)

Agora observe os assassinos, que são poucos os casos onde conseguem entrar, realizar um abate e não ser exposto a algum tipo provável de CC:

Talon, Evelynn, Katarina, Ekko o CC deles ou é ausente ou em uma escala menor, se não é bem lento, como no caso do Ekko e Evelynn onde o CC não é instantâneo.

Campeões como Zed, LeBlanc, Shaco ou Fizz, conseguem chegar com muito mais facilidade, e negar dano (desviando, ficando invisível, invulnerável), além de ter um dano muito explosivo, mas ainda assim, é possível prever parcialmente seu avanço e existe um tempo de reação, como no caso da ultimate do Zed, Shaco e Fizz, existe um pequeno tempo ali pra se afastar, preparar um controle de grupo, ou até mesmo desviar (no caso do Fizz).

Existe outro fator também, que é o fato de penetração mágica (flat) ser muito mais forte que a letalidade, é claro, relativamente.

As poucas vezes que a PM (penetração mágica) foi disposta em outros itens, o jogo ficou desbalanceado, então removeram. Inclusive, recentemente removeram uma parte do Eco de Luden (novo).

Isso é fácil de explicar e muito simples, a disponibilidade da RM dentro do jogo é muito menor que a de armadura, olhe esses exemplos:

Ekko: 3 armadura / lv --- 1.25 RM / lv
Ahri: 3.5 armadura / lv --- 0.47 RM / lv
Nocturne: 3.5 armadura / lv ---  1.25 RM / lv
Zed: 3.5 armadura / lv --- 1.25 RM / lv

Agora olha um mago, por exemplo a Lux, ela começa lv 1 com:
- 18 de armadura e 30 de RM
Finaliza o game com:
- 86 de armadura e 38 de RM

+68 de armadura, + 8 de RM

Sem itens.

 

Se você colocar 1 bota de 18 de penetração mágica, você passa a penetrar mais da metade do RM base da maioria dos campeões. E é exatamente pra isso que serve a PM flat, penetrar RM base! Se o alvo passa a ter 80, 100, 200 de MR, você compra penetração percentual, que hoje tem em mais itens.

Se você esta com 40% de penetração mágica (cajado do vazio), e o alvo possui 38 de RM (Base da lux), você penetra 15 de RM, ou seja, quase o mesmo tanto que a bota (obviamente a bota é Marba né), e além disso, penetra a RM adicional, caso outros alvos possuam.

Por isso essa bota do mago, você quase nunca compra quando está vulnerável de mais, a não ser que seu alvo esteja muito defasado em gold com relação a você, seja uma lane muito fácil de dar poke gratuito, como no caso de uma Syndra ou então o alvo não tenha comprado itens de RM, nesses casos compensa muito mesmo.

 

Isso é proposital, a força da penetração mágica Flat é bem alta, então precisa ser bem balanceada, por isso o "Eco de Luden" não da HP, e o "protobelt" não da mana. Evitar grande alocação de recursos, se não personagens como LeBlanc, Diana e Evelynn fariam um caos também.

 

Enfim, espero que tenha ficado claro a questão com disponibilidade de RM e Armadura.

@Tapa de Trivela
Mas qual deles é mais punido por esse sacrificio, uma tirador sente na hora a falta da bota de atk speed e um mago a de penetração magica, mas mesmo ele perdendo um pouco fazendo uma build defensiva não é o suficiente pra ele sentir que ta realmente sacrificando algo, pq o champ ja tem mobilidade alta de natureza e com uma youmuu que ja é padrão se fazer na build um assassino, entãa ele ja vai conseguir ficar de boa mesmo sem a bota da rapidez.

Assassinos não são muito punidos por erros e mudanças no estilo de jogo desde que não deixem chegar no late game, oq dificilmente acontece pq a riot forçou um meta acelerado goela abaixo dos players nos ultimos 2 anos.
Tapa de Trivela
Aronguejo
Aronguejo

@Gerald0 de Rivia eu discordo de que assassinos não são punidos no macro game por optarem por defesa ao invés de velocidade. Mas blza, questão de opinião...

Eu ia exemplificar com números também, mas o @Véi do Amendoim fez isso perfeitamente bem, parabens mano

Obrigado.

Não é bem assim, o meta tá muito mais lento que (quase) 2 anos atrás.
Eu lembro que em 2018, fazia uma média de 18 - 24min na solo/duo.

Agora a média é uns 28min em uma partida de igual pra igual, 20min ou menos só se for stomp e tem aquelas de 40min que é de virada!
Isso é culpa das barricadas.

 

Tempo.PNG

No passado durava mais mesmo, mas 2 anos atrás eu não lembro de ser demorado não! kkk

Em grande parte das partida ja se sabe quem vai ganhar aos 15 min e o resto do tempo é so administrar a vantagem e tirando kassadin em 2020 que tava suave, nenhum champ hyper late game fica forte por mais de 2 patchs. A media de jogo ta entre 20 e 30 min, o jogo costuma acabar quando os assassinos começar a perder efetividade então só de jogar suave e sem forçar demais o jogo pra não deixar o time adversario se recuperar se ja ta de boa.

É, mais ou menos, "só não pode falar que tá ganho, se não vai gorar", hauehuaeh.

Estatisticamente a média é 28min sem surrender, e isso tá sendo o suficiente pra pegar seu power spike.
Dragão e Arauto, são grandes motivos pra se fazer algumas kills, o que contribui fortemente no Gold, e o Farm, hoje os itens principais te dão alguma ferramenta pra auxiliar nisso (mana, AP, ativo).


Sinceramente, eu amaria se as partidas durassem de 10 - 20 min no máximo, é claro, alterando o que é early e late game. Daria pra subir 1 tier baixo em menos de 2 horas, diferente de hoje que um tier, por exemplo g2 pro g1 te custa até mais de 3h só vencendo (28min * 6V ↔ V = ~17 PDL)

 

Edit: Aliás, essa questão do champ Hyper late game, com certeza, não deixam durar muito. As vezes nerfam alguma combinação dele também, como as runas ou itens (quebrando outros champs junto). Não lembro quem postou aqui, acho que foi um Rioter, ele tava falando sobre isso.

Eu sinceramente adoro partidas longas, a sensação de ganhar uma partida em que vc realmente se esforçou é muito boa, do mesmo jeito que quando vc perde ela, vc fica frustado d+.
Por isso não gosto muito desse ritmo que a riot forçou no jogo, e a riot nem mesmo adequou esses campeões que precisam de mais tempo pra serem efetivos ao ritmo acelerado e explosivo que ela mesmo criou nos ultimos anos.

Não entendo, para que assassinos buildassem essa bota de letalidade, ela deveria beneficiá-los ainda mais que as de defesa ou velocidade, logo, isso não os tornaria ainda mais roubados? Ou você está dizendo que assassinos deveriam ser nerfados para que uma bota de letalidade passasse a ser necessária para que os mesmos tenham um bom desempenho?
Tapa de Trivela
Aronguejo
Aronguejo

Bom levantamento @LucasDellandréa kkkk não faz sentido mesmo. O problema é esse, quando se parte de uma ideia errada, nada vai fazer sentido kkkkk

Me lembro de um professor na faculdade dizendo que "partindo de uma hipótese falsa é possível provar qualquer absurdo". Na época não pensava que isso se aplicava à qualquer situação cotidiana.