cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Qiyana Reeves
Aronguejo
Aronguejo

Sobre o estado dos Kindred

Oi pessoal, ontem eu ganhei no baú a skin nova dos Kindred e fui jogar com o campeão pra brincar com ela e senti que o boneco está muito abaixo da linha quando se trata de outros junglers.

Além de ser impopular por motivos que vou citar, os Kindred são muito fracos numa luta solo e dependem muito da equipe para crescer no jogo, além de uma boa visão de como fazer a jungle. Isso o torna pouco atrativo, pois apesar da mecânica simples, ele só tem uma opção no jogo, que é jogar como jungler. Isso afasta os jogadores da jungle de jogar com ele, principalmente novos junglers que buscam entender como funciona a role.

Mas porque eles são fracos? Podemos compará-los com o Graves. Primeiramente, o kit do Graves tem uma habilidade que cega os inimigos e ao mesmo tempo dá slow, dando abertura para o Graves se reposicionar contra quem estiver lutando contra ele. Segundo, para sobreviver às trocas, ele tem uma skill que lhe garante acúmulos de armadura e isso faz com que ele possa peitar mais facilmente um assassino ou lutador da jungle. Agora, falando sobre os Kindred, eles não possuem ferramentas de combate para os mesmos fins que o Graves, o que acho injusto para um atirador da jungle. Sei que cada campeão é único, mas acho que temos que ter coerência se queremos fugir do meta e criar um atirador jungle, ou suporte assassino e tals.

Talvez se o campeão fosse um pouco mais resistente às trocas e possuísse mais ferramentas para lidar contra os campeões da jungle, quem sabe ele não seria mais popular?

Vou colocar abaixo algumas sugestões para talvez torná-lo viável.

Passiva: eu até mudaria a passiva, mas não tenho ideia do que seria melhor pra ele. Na verdade, como sou leigo à respeito, não sem nem se essa passiva é realmente boa. Por mim, eu voltava com a passiva antiga, que causava dano físico bônus pela vida máxima dos inimigos. Na real, nem sei porque removeram essa passiva...

Q: eu reduziria o cooldown para 4 segundos e removeria a redução de CD quando o W estiver ativado. Além disso, faria com que, ao invés de disparar só três flechas, pudesse disparar em todos os inimigos próximos (mas claro, com isso viria uma redução de dano na habilidade e para que não abusassem disso como ADC o dano nas tropas seria reduzido).

W: eu faria com que essa habilidade roubasse armadura e resistência mágica de campeões inimigos para cada ataque do lobo (começaria com 5% de armadura roubada até 10% e, no caso da resistência mágica, ele roubaria de 2,5% até 5%, isso tudo com base no nível da habilidade). Falando sobre o efeito passivo, eu faria escalar com 20% do dano de ataque total e aumentaria a cura base da habilidade (inclusive, a cura base passaria a escalar com o nível da habilidade, ao invés do nível do campeão), de modo que no early game a cura não fosse escandalosa, mas no late game fosse boa o suficiente para ajudar nas trocas. Além disso tudo, eu removeria o aumento de velocidade de ataque do Q e o colocaria no W, funcionando quase como um W do Trundle. E só mais uma coisa: eu faria a velocidade dos ataques do lobo escalarem com a velocidade de ataque da ovelha (sem considerar os aumentos temporários de qualquer origem).

Além dessas mudanças, eu aumentaria a velocidade de movimento base dele para 340 (atualmente 325). Isso facilitaria um pouco para pegar as marcas e ele não sofreria tanto pra pegar uma delas tanto quanto sofre hoje.

Só consigo pensar nessas mudanças pra tornar os Kindred mais viáveis e mais atrativos. Desculpa se eu estou falando bobagens, não jogo com o campeão, mas tenho muita afeição e só não jogo com ele porque, além de ser muito difícil se dar bem com ele, é um jungler, e eu não jogo na jungle.

4 RESPOSTAS

Eu também acho que os Kindred precisam mudar. Vou colocar meu adendo, não é apenas pra você (mas tem coisa pra você xD).

"Mas porque eles são fracos? "
Eles são fracos porque podem ganhar "stacks" na passiva, aumentando vários status, como o alto potencial de dano baseado em vida (W e E) e com sucesso, um grande range aliado da mobilidade e AS (Q).

Você pode conferir os status do Kindred na Fandom Wiki: https://leagueoflegends.fandom.com/wiki/Kindred

"Podemos compará-los com o Graves" (isso é pra você)
Mas o Graves também tem suas limitações, que diferente dos Kindred, não dá pra suprir com stacks:

- Range
- Incapacidade de atacar inimigos atrás de outros/torres
- Precisa recarregar, além de seu AS ser menor que de vários outros personagens do jogo.

"O" Kindred é fraco?
Depende.
"O" Kindred é fraco sem os acúmulos da passiva, com pelo menos 4 acúmulos ele já tem uma força razoavelmente melhor que alguns ADCs, que é onde ele ganha um range decente, além de 4x os buffs das skills (Q, W e E).
Ou seja, você precisa fazer as marcas, seu time precisa te ajudar a fazer. Nunca vi em uma partida o time ignorar "o" Kindred.

O Range dele é muito decente também. 500 de Range sem stack é pouco, mas com apenas 4 marcas já vira 575, e 7 marcas vira 600. Supondo que você faça 3 campos da Jungle, e auxilie em 1 abate, atingir mais range que uma Vayne, Sivir, Xayah, Kai'sa e quase todos os outros ADCs, é bem fácil em partidas não profissionais.

Fortemente acredito que o Kidred apenas não seja popular por essa limitação de força, onde qualquer um pode interceptar. Além de que é parcialmente manipulável onde vai cair essa marca na Jungle inimiga. Dessa forma deixando seu time com pouquíssima pressão nas lanes, consequentemente os inimigos vão pegar lv 6 antes, vão fazer mais abates, dar invade.

Poderiam aumentar bastante a força dele no Early e reduzir a força da marca, brutalmente, além de deixar "o" Kindred virar realmente OS Kindred, porque o lobo é muito apagado, interação muito fraca.

 

Edit: olha esse post bem relevante no reddit https://www.reddit.com/r/leagueoflegends/comments/7m48zz/why_is_kindred_so_lacking_of_wolf/

Tapa de Trivela
Aronguejo
Aronguejo

Cara, você não falou nada mto errado não.. Kindred de fato está com uma taxa de vitórias baixa (48%).

Porém, contudo, entretanto, todavia, é preciso ter muito cuidado com Kindred. A baixa taxa de vitória dele pode não ser por causa do kit dele, mas sim pelo momento do jogo atual.

Kindred é, querendo ou não, um carregador de dano físico (vulgo atack damage carry, ou ADC). Assim como os demais ADC ranged, ele é bastante frágil, mas causa toneladas de dano (e no caso dos kindred em particular, no late game é toneladas de dano meeeesmo).

E atualmente, ADCs estão em apuros. Não por conta de estarem fracos, muito pelo contrário! Temos debatido muito isso aqui no fórum! Mas o jogo em si não está favorável para quem joga de ADCs "canhão de vidro".  Muitos assassinos, muitos lutadores opressores, muitos dashs, saltos, teleports e invisibilidades...

Kindred, assim como o restante dos atiradores, não está fraco. Só está muito mais difícil a vida dele. Um atirador frágil e sem itens é um alvo fácil para qualquer outro caçador no tempo de jogo de hoje.

Dito isso, qual o problema de "balancear" o Kindred?

Atiradores, quando jogados em alto nível, causam um impacto muito grande no jogo. E o late game de Kindred é muito forte, principalmente se conseguir pegar as marcas! Quando você aumenta a facilidade do Kindred jogar o early game, você também aumenta a facilidade e a rapidez com que ele atinja seu pico. E isso faz com que ele se torne invencível (em casos semelhantes estão Ornn, Senna e Aphelios... São todos muito difíceis de balancear por motivos semelhantes).

Kindred já é um campeão forte. O problema não está nele. Não é nele que precisamos mexer.

O problema está no modo opressor com que League está sendo jogado atualmente, que faz com que 97% dos jogadores (sim, essa é a quantidade de jogadores low elo no server BR) acabe tendo desempenhos terríveis com campeões tão frágeis.

XSolraxCrowX
Aronguejo
Aronguejo

Eu jogo de Kindred raramente, amo a temática do campeão. Mas sim, o campeão tem uma mecânica que não ajuda ele ser jogado em jogos de nv baixo, em minha experiência de platina a tanto tempo, vi alguns raros Kindred jogar tão bem ao ponto de quase carregar (todos sabemos que não importa o quão bem jogamos, se tiver 4 amebas no time, não rola).

E sinceramente dizendo, não vejo o Kindred fraco, tanto na jg, quanto no mid (sim, peguei um kindred no mid que me jantou na porrada lv 3), ele é daqueles champs que tem uma curva de aprendizado grande, assim tendo a taxa de vitória geralmente abaixo dos 50%

Sim, só que a dificuldade dele não fica nem nas skills, porque se você for comparar, os Kindred é tipo um Garen (onde é muito difícil errar as skills), só que com anemia bem extrema.

A dificuldade fica na administração de recursos e saber quando lutar.