cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Ravachol
Tropa
Tropa

Zoe foi uma bola fora da Riot? (textão)

Já faz tempo que a Riot tem demonstrado uma melhora significativa no desenvolvimento dos campeões. Mesmo que nem todos sejam parte do meta competitivo, a maioria deles, seus conceitos e gameplays são muito sinérgicos. Sinceramente, não consigo lembrar nenhum campeão dos mais recentes, que não seja muito bem trabalhado em relação ao seu conceito e suas habilidades. Zoe não é exceção. Seu lado brincalhão está muito bem demonstrado em suas habilidades, que trazem o caos para os campos de batalha. E ainda que a equipe tenha feito um excelente trabalho em construir um campeão tão rico de expressões e personalidade, será que era o campeão que League of Legends precisava?

Quem lembra do dano das lanças da Nidalee pré-rework talvez já tenha feito a comparação entre ela e Zoe.

Não é uma comparação 100% justa, já que a Nidalee demonstrava uma discordância entre seu kit e sua jogabilidade, naqueles tempos, seu gameplay consistia em distribuir lanças o mais distante possível e torcer para que uma acertasse. A contabilidade do dano inclusive se dava no momento do hit, então era comum o jogador arremessar a lança e recuar ainda mais do seu adversário. Era um contrassenso ao conceito de caçadora da Nidalee, metade do seu kit se baseava na aproximação de seu alvo para finaliza-lo na forma de felino. Entretanto o poder da lança era tão alto, que a seu gameplay, principalmente no mid (posição comum para a Nidalee naquela época) girava exclusivamente na possibilidade de matar um oponente com 70% da vida com apenas uma lança.
Desde então Nidalee foi refeita para estar mais bem estruturada de acordo com seu conceito e parecia que aquele seu gameplay parecia ter desaparecido. Isso, até o surgimento da pequena Zoe.

Zoe não tem os defeitos conceituais que Nidalee possuía, a esfera de problemas de Zoe é de outra ordem. Não é incomum lermos a expressão: high riskys, high rewards quando estamos lendo sobre o desenvolvimento de personagens. "Quanto maiores os riscos, maiores as recompensas" é uma forma econômica de pensar. Quanto mais audaciosa a jogada, mais benefícios podem ser retirados dela. Uma Katarina pulando corajosamente no meio do time inimigo, está colocando seu pescoço em risco na tentativa de matar até o time inteiro inimigo. Será que esse pensamento foi aplicado na Zoe? Aparentemente não.

Zoe parece não estar relacionada a riscos e sim a tentativas. A questão de Zoe, não é se ela vai conseguir fazer o time inimigo recuar com alguma jogada mirabolante onde se falhar sua penalidade é morte. Um bom uso de seu Q, já é suficiente para assegurar ou destruir um siege. Voltamos a era da Nidalee, onde o antigo HotshotGG proferia: "você erra todas as lanças que não dispara". Esse é o espirito que ronda a Zoe, o do lucky shot, onde um tiro com sorte o suficiente mata um inimigo desavisado. Na verdade, nem tanta sorte, seu "stun" tem cd e artificios suficiente para assegurar que morte espreite qualquer um (ADC) que não tenha os equipamentos necessários para sobreviver um combo de seu E + Q.

A pergunta que me incomoda é: por que a Riot se deu o trabalho de reviver uma mecânica que já havia sido superada? Ver um ADC morrer em um único tiro da Zoe é tão interessante para os jogadores de LoL? A frustração de morrer com apenas um acerto do inimigo é algo que acrescenta a experiencia de jogar LoL?

Sinceramente, gostei muito de como a personagem evoca esse caos durante a partida, mas acho desnecessário um campeão que ressuscite um gameplay que já havia sido colocado de lado. Não acho que a Riot tenha acertado a mão dessa vez, Zoe caminha de forma inconsequente sobre a tênue linha da frustração e da emoção. Ainda que talvez tenha sido uma decisão de design, é importante lembrar que para cada grito de emoção em eliminar um jogador com apenas 1 tiro, existe a frustação exatamente no espectro oposto dessa jogada.
107 RESPOSTAS

Vontade de matar todos vocês que concordam com isso...

Ninguém precisa crescer se não quiser. Ou talvez precise. Realmente não sei.
- Zoe


@EmpadaDeMorango@  escreveu:

Vontade de matar todos vocês que concordam com isso...


eita vai com calma ae, precisa disso ? se alguem tem opinião oposta ou não gosta do champion q vc curte não precisa falar que esta com vontade de  matar os outros. 

Acredito que você diria o mesmo se o seu champ preferido fosse extremamente nerfado e ainda tivesse gente cismando que ta "desbalanceado".

Ninguém precisa crescer se não quiser. Ou talvez precise. Realmente não sei.
- Zoe
VELKOZ chernobyl
Aronguejo
Aronguejo

Por conta de decisões como essa que o jogo tem perdido jogadores contradições como nerfar um champ por acharem incorreto matar alguém em um combo e em seguida lançar um que da oneshot de duas de distancia.
Bellyon
Aronguejo
Aronguejo

A Riot errou mesmo a mão no personagem, e as pode acontecer. Conceitualmente não é exatamente a primeira menininha com explosões mágicas do jogo (olá, Annie!), também tem muitos elementos parecidos com o da Le Blanc (eu mesmo chamo a Zoe de LB 2.0, por ter um kit muito parecido e ainda ter bem mais utilidade). Acho interessante o conceito de "caos", mas é difícil acertar a mão nisso e fazer algo equilibrado... erraram na mecânica, colocando um dano MUITO alto, com certa facilidade para encaixar. Maneiras de equilibrar isso envolvem tornar a campeã mais frágil, criar um longo tempo de espera entre as investidas delas ou alguma outra forma de criar uma vulnerabilidade que balanceie isso. Mas não. Ela tem bons recursos para se proteger e evitar contra-golpes...

Acho que a Riot deveria dar um mini rework na personagem, mas duvido que farão isso. Vão tentar nerfar uns valores numéricos da personagem e deixar ela num cantinho. Eu acho uma decisão ruim.

É uma campeã com um kit extremamente poderoso. Nada que a Riot faça que não seja no sentido de rework vai deixar ela menos "perigosa". Elegi 10 motivos que tornam a experiência de jogar contra ela um verdadeiro terror:


1) Gasta pouca mana.
2) Cooldown possibilita spammar as skills. Ziggs também pode spammar, a diferença que 1 (um) Q do Ziggs não te mata e vai ter sempre o mesmo range/dano.
3) Ela ganha "presentinhos" na lane, Pistola Laminar, Redenção, Smite, Ignite, Curar, Barreira, Exaust - o que a torna quase uma campeã de 3 feitiços. Além claro da Mov. Speed que ganha ao usá-los.
4) Não existe tecnicamente esquiva pra essa praga. Se você usa o flash para sair vivo ela simplesmente vai pegar o drop do seu flash e continuar na sua cola. Sem mencionar o fato de não adiantar flashar após a bolha pegar, o que ao invés de te salvar vai te matar hahaha.
5) A bolhinha de sono não pune a Zoe pelo erro, além do range incrivelmente alto em determinadas paredes e da velocidade que chega, ainda vira uma bela trap se errar...
6) A passiva dela é uma passiva da Lux melhorada, basta castar uma skill e você ganha dano extra, simples assim. Serve pra finalizar um oponente, levar torres, dar harass e depois que a Perdição de Lich fica pronto começa a machucar seriamente!
7) A ult que muitos chamam de inútil multiplica o dano do Q 28293819x, se combinado com um flash ainda garante kill em qualquer alvo não tank. Fora que o cooldown é bem baixinho, dá até pra usar como dodge de skillshoots...
😎 O Dano do Q é AoE, mesmo não sendo dos maiores do jogo ainda assim consegue açoitar um time inteiro quando estão juntos em corredores apertados da jungle ou pits do drag e baron. Em determinados contextos, não existe isso de "tankar para o migo", tanto pelo AoE quanto pela cassetada de dano que está vindo.
9) Assim como o E pode sair de uma parede próxima como se fosse uma bala perdida, pois não existe "design" indicando que está vindo, não estranhe se ver a Zoe castando o Q atrás da parede e saltando até sua torre com as rajadas vindo do "invisível". Diferente do Kayn com aquela marquinha mostrando a proximidade, a skill tem que sair da parede pra você assumir que vai pegar e você vai morrer rs.
10) Além de tudo que já foi dito, não poderia me esquecer do famoso combo R+flash+E, que te faz tomar uma bolhinha a queima roupa. Mesmo sendo 1 em 1milhão, se ela conseguir errar tudo bem, vai se reposicionar logo em seguida.

o real problema da zoe é que ela não permite o adversário se divertir, e acreditem lol é um jogo pra se divertir.

jogar com ela é basicamente ficar spammando suas skills e se acertar você mata, se errar você só recua,

enquanto jogar contra é basicamente você ficar 40 **bleep**ing minutos desviando e tentando não morrer pra ela.

Existem campeões muito dificeis de se enfrentar em lane, mas só a zoe não te permite jogar.


@Ajes Ergela@  escreveu:

É uma campeã com um kit extremamente poderoso. Nada que a Riot faça que não seja no sentido de rework vai deixar ela menos "perigosa". Elegi 10 motivos que tornam a experiência de jogar contra ela um verdadeiro terror:


1) Gasta pouca mana.
2) Cooldown possibilita spammar as skills. Ziggs também pode spammar, a diferença que 1 (um) Q do Ziggs não te mata e vai ter sempre o mesmo range/dano.
3) Ela ganha "presentinhos" na lane, Pistola Laminar, Redenção, Smite, Ignite, Curar, Barreira, Exaust - o que a torna quase uma campeã de 3 feitiços. Além claro da Mov. Speed que ganha ao usá-los.
4) Não existe tecnicamente esquiva pra essa praga. Se você usa o flash para sair vivo ela simplesmente vai pegar o drop do seu flash e continuar na sua cola. Sem mencionar o fato de não adiantar flashar após a bolha pegar, o que ao invés de te salvar vai te matar hahaha.
5) A bolhinha de sono não pune a Zoe pelo erro, além do range incrivelmente alto em determinadas paredes e da velocidade que chega, ainda vira uma bela trap se errar...
6) A passiva dela é uma passiva da Lux melhorada, basta castar uma skill e você ganha dano extra, simples assim. Serve pra finalizar um oponente, levar torres, dar harass e depois que a Perdição de Lich fica pronto começa a machucar seriamente!
7) A ult que muitos chamam de inútil multiplica o dano do Q 28293819x, se combinado com um flash ainda garante kill em qualquer alvo não tank. Fora que o cooldown é bem baixinho, dá até pra usar como dodge de skillshoots...
😎 O Dano do Q é AoE, mesmo não sendo dos maiores do jogo ainda assim consegue açoitar um time inteiro quando estão juntos em corredores apertados da jungle ou pits do drag e baron. Em determinados contextos, não existe isso de "tankar para o migo", tanto pelo AoE quanto pela cassetada de dano que está vindo.
9) Assim como o E pode sair de uma parede próxima como se fosse uma bala perdida, pois não existe "design" indicando que está vindo, não estranhe se ver a Zoe castando o Q atrás da parede e saltando até sua torre com as rajadas vindo do "invisível". Diferente do Kayn com aquela marquinha mostrando a proximidade, a skill tem que sair da parede pra você assumir que vai pegar e você vai morrer rs.
10) Além de tudo que já foi dito, não poderia me esquecer do famoso combo R+flash+E, que te faz tomar uma bolhinha a queima roupa. Mesmo sendo 1 em 1milhão, se ela conseguir errar tudo bem, vai se reposicionar logo em seguida.


detalhe que o pessoal fala: "ain zoe é só desviar das skills e pronto". Primeiro, não é 100% certeza que vc vai desviar de todas as skills. O que mais me deixar triste é ver play de zoe matando o inimigo sem acertar um Q ou E usando apenas o W, a passiva e a ult. no youtube tem aos montes essas jogadas. Se ela acertar o Q é one shot.