cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Highlighted
Arauto
Arauto

[AMIZADES] - O que é ser amigo pra você?

Gente,

 

Venho aqui discutir sobre AMIZADES.

Sei que cada um tem um olhar muito diferente sobre a vida, amigos e tudo mais, por isso venho dar meu relato e um pouquinho da experiência de vida e quem sabe, ajudar alguém (ou não) a little bit... portanto, peço que leia (essa bíblia/barsa)  e tente entender o meu lado.

 

Eu tenho um histórico horrível com "amigos". Tipo, mesmo. Não acredita? Fica vendo...

 

Cresci aqui em Curitiba - PR.

Fui estudar cedo em um colégio particular. Era 4ª série e sempre fui quietinho, na minha, bem educado e tudo mais. Desde essa época sofria bullying, pois o colégio era de gente playboy e eu era bolsista. Pensa numa piazada que era um noj0. 
A sala era dividida entre 20 meninas//20 meninos - sendo 15 "bagunçeiros playboys" e 5 nerds. 

Eu eram quem? Sim, 1 dos nerds. Mas sabe que os 4 nerds sempre andavam juntos e as memórias que tenho era de sempre estar atrás deles, como uma sombra, sempre com medo de não andar sozinho pra não sofrer bullying. Eu sempre ouvia suas histórias de jogo, GameBoy e etc e eu sempre por fora (era pobre) e ninguém conversava muito comigo.

 

Mesmo quando os bagunçeiros zoavam um de nós, os outros nerds tbm zoavam, atacavam, o que era berm estranho. Ninguém se defendia e sim se 'traía'. Até as meninas zoavam e tiravam sarro de nós.

 

Eu sou da época que zoar era uma coisa pesada, tipo chutar, ridicularizar, humilhar, xingar pesado, perseguir, espalhar fofoca falsa e tudo mais.

 

Um dia, no meio da aula, a professora brigou com um menino novo que entrou pros 'bagunçeiros' e pediu pra que ele esvaziasse o apontador no lix0. Ele simplesmente andou até mim, ergueu o braço e jogou toda a sujeira na minha cabeça. A turma toda começou a rir, o piá se achou descolado e só deus sabe o quão fui forte pra segurar as lágrimas.

Nenhum nerd me defendeu. Nem a fraca da professora.

 

À noite eu chegava a sonhar com amigos. Imaginava personagens que eu criava (eu desenhava) que explodiam a porta da sala de aula, no meio da aula, e me puxavam pra sair em aventuras com eles e etc.

 

Isso se extendeu por 5 anos até eu entrar no ensino médio e comecei a desenvolver um "alterego".

Sentia muita raiva, ódio, ressentimento, um furacão de conflitos por dentro.

Nessa época o que me salvou foi o Heavy Metal. Consegui canalizar esses sentimentos na música e isso foi um pouco terapêutico. Meu terceirão foi só System Of A Down, Iron Maiden, Pantera, Slipknot, Judas Priest, etc...

 

Quando entrei pro cursinho pré-vestibular (2009), as coisas ficaram bemmm melhores. Nunca mais vi um dos embust3s e melhorei minha autoestima. Mas mesmo os grupos de amigos já formados no cursinho, eu não me sentia incluído. Eram panelinhas prontas, moravam juntos em outro bairro e etc. Dito e feito, assim que acabou o cursinho, se afastaram de mim, mas eu já esperava...

 

Entrei na faculdade de Engenharia (2010) e fiz vários amigos lá. Foi uma época bem legal, de muito crescimento e esclarecimento. Dei risadas, fazíamos piadas, sempre com respeito e tudo mais, estudávamos. Apresentei D0tA para os 15 piás e com isso fomos para o D0tA 2 e finalmente, nosso amado League Of Legends.

 

Então começou a época mais difícil da minha vida (2014).

Briga dentro de casa, entre a família, dívidas, a gente podia perder a casa; fazia as matérias mais difíceis do curso (alô Eletromagnetismo), me aceitei como Gayy e tinha me apaixonado por um piá com quem eu tava ficando e tomei um pé na bunda em sequência. Contei pros meus pais e quase fui expulso de casa, agredido verbalmente, rejeitado, humilhado (again). Fui parar no hospital devido a um surto alérgico, fiquei cego por 1 dia, emagreci 10 Kgs em tipo, 2 semanas. PENSA no inferno.

 

Me lembro de ir abatido pras aulas. Claramente e visualmente eu não tava bem.

Claramente eu precisava de ajuda...

De alguma ajuda....

Os "amigos" olhavam e não falavam nada. Fingiam que tava tudo bem ou realmente não se interessavam.

Foi aí que comecei a perceber:

Eles só falavam de jogos. LoL, Yu-Gi-Oh, Digimon, Hearthstone etc. Toda hora.

Ninguém comentava sobre assuntos da vida. Ninguém perguntava como você está ou deixava de falar de jogo um minuto sequer. Não éramos crianças mais, e sim adultos (23 - 26 anos) !

Percebi que fora das aulas, e dos jogos no PC, não existia muita amizade. Não podia ser. Não era o que eu sempre procurei. Eu realmente não conhecia eles, a vida deles, nada. Bem superficial.

Passei por toda essa jornada sozinho, e aceitei manter essas "amizades" por coleguismo e conveniência só. Tipo, suave mas sabendo que não era nada mais forte que isso.

 

Comecei a namorar, estamos 2 anos juntos aí ❤️, sou formado como Engenheiro Eletricista, trabalho na área, me sustento e tudo mais. Tenho a aparência física próxima do 'padrãozinho', o que facilita muita coisa na vida #fato.

É, a vida mudou.

Então conheci as amigas do meu namorado. Com o tempo fui me tornando amigo delas também. Elas sempre me tratavam bem, me perguntavam se eu tava bem. Tudo com muito respeito, cuidado, risadas. Já viajamos horrores! Elas falam sobre assuntos da vida, choram por problemas na família/namoro, a gente bebe Tequila, Mojito, a gente ri, gorfa, um ajuda o outro. A gente faz trilhas, vamos em rolês de carro, se reúne pra zerar Life Is Strange comendo docinhos das Americanas, se reúne e assiste Rupaul.

 

Spoiler
A gente vai em prestinaria chique aqui e ri alto quando uma amiga grita "Cream pi3" e todos morrem de vergonha! Hahahahahaha (piadas de xv/ ideos são sempre engraçadas)

 

Quando alguém n tem grana pra algo, a gente dá um jeito e leva junto. Quando uma está se descobrindo lésbica a gente ajuda... Tudo é mais legal sabe?

 

Aí eu tava refletindo esses dias...

Não sei se eu sempre cobrei demais das pessoas, fui criterioso/chato... ou sei fui justo e as pessoas que estavam erradas... ou se homens vêem a amizade dessa forma e eu não... ou as mulheres são as melhores companhias que se pode ter s2, eu realmente não sei...

 

Mas me faz pensar muito na vida...

Hoje sou feliz, porque descobri e sei que meu namorado e meu irmão são meus 2 melhores amigos. Ainda sinto falta de um amigo meu mesmo, confesso, mas a vida toma rumos que a gente não espera...

 

O que vocês acham?

São felizes dentro desse aspecto?

Quem vocês consideram amigos? O que a pessoa precisa fazer para ser uma boa amiga?

 

Obrigado por ler até aqui.

Não estou biscoitando likes, mas deixe seu GG aqui pra eu saber o alcance que está tendo essa publicação.

 

 

 

 


24 RESPOSTAS
Highlighted

é uma história admirável, até eu fiquei com vontade de ser seu amigo kkkkk
~ te pego pela cabeça e te joooj ~
Highlighted
Aronguejo
Aronguejo

Sua história se parece muito com a minha. Juro que tivemos exatamente as mesmas fases haha.

Sempre dei muito valor as minhas amizades desde criança. Nem sempre duravam, mas tinham seus pontos positivos.

Hoje tenho ótimos amigos. Eles podem não saber, mas são muito importantes pra mim (não somos muito de dizer o quanto nos amamos kkkk).

 

Na minha opinião, amigos são como irmãos que nós mesmos escolhemos. Alguns já sairam da minha vida, mas ainda lembro deles com muito carinho. Outros, eu não sei como seria ficar sem eles. Mesmo já tendo meus vinte e poucos anos, ainda os vejo com os mesmos olhos que tinha quando criança.

Highlighted
Aronguejo
Aronguejo

Amizade era (e ainda é) uma coisa complicada pra mim... imagina, menino afeminado, escola pública, do interior, introvertido e chorava toda hr, sofri bullyng o ensino fundamental inteiroooo, eu era mega excluído, tipo, a ultima pessoa a ser escolhida em tudo, no intervalo eu ficava na sala de aula p q eu tinha pavor de sair e a galera me zoar, esses rolê tlg? Eu nunca vou esquecer de 2 dias em específico...
Um dia uma mina tava me abraçando p q eu passei cola pra ela e a amiga dela falou assim "larga ele, ele é gay".
E teve o dia que os meninos da sala me deram uma corda e falaram pra eu me enforcar, nesse mesmo dia eles correram atras de mim na rua gritando "mata esse viado"... (segurando pra nn chorar)
No ensino médio eu resolvi mudar, fiquei agressivo e respondia qualquer xingamento (por dentro eu tava todo cagado, mas eu nunca demonstrei medo), ae separaram as turmas e os lix0s nn eram mais da minha.
Entrei no grupo de 3 meninas maravilhosas, a gente conversava sobre música, jogos, e é claro Evanescence (KKKKKKKKKKK), o ensino médio pra mim foi incrível, briguei com a maioria das pessoas da escola, usava memes do twitter nas nossas conversas, inventávamos códigos, saí do armário (I'M GAY, TOTALLY GAY), a gente era a definição viva de "diferentão", basicamente éramos descolados e tipo, pela primeira vez na vida eu tava realmente feliz, mas como a chuva o ensino médio acabou e a felicidade q eu tinha tbm, perdi contato com 2 das minhas amigas, e com muitos traumas sendo desenterrados, pessoas indesejadas reaparecendo e toda m3rda na minha cabeça eu me tornei um porco espinho, eu converso com gente na net, lógico, mas é totalmente diferente do olho no olho, do toque, enfim...
Respondendo a sua pergunta, ser amigo pra mim é contato de alma, amor.

~só ladeira a baixo
Highlighted
Aronguejo
Aronguejo

"Não tenho tempo pra jogar LOL imagina fazer amizades."
2020 MESMO,eu Chorando no banho
Highlighted

@Ekko Ekko Ekko Hahaha obrigado!

 

~Hoje molhei meu tênis na chuva ~  barulho de meia molhada o dia todo... URGHH


Highlighted

@Muoficial  Achei lindo o que você escreveu.

 

É uma questão a se pensar sobre o que você disse. Amizades que saíram da sua vida mas continuam na sua cabeça e amizades que são presentes.

 

Na 8ª série estudei com um piá gente boa pra caramba, foi o único a trocar ideia. Nunca mais nos vimos mas sinto um sentimento e desejo sincero de que ele seja feliz. Sei lá.


Highlighted

@Fashionista Foda né... toda gey sofre... as afeminadahs então...são as mais guerreiras. 

 

Admito que diferente de você, pra sociedade eu sempre fui "heteronormativo" em todos os aspectos, então admito que isso ajudou a me proteger um pouco, ainda que inconsciente. Até hoje tem gente que me vê e fala que não acha que sou gay (familiares oi? Beloved??) porque me visto assim, falado assado, tenho barba etc etc... ¬¬

 

Sinto muito amigo... uma pena que seu ensino médio acabou dessa forma.  Mas sabe, parece que quanto mais adultos somos e 'calejados' também, a gente cria uma casca grossa sabe? A gente desconfia mais das coisas... aprende mais... sabe entender algumas situações... é sabedoria de vida, mesmo que com 25...30 anos, sei lá. A gente já ouviu muita coisa, viu muita coisa, sentiu muita coisa e sobreviveu. 

 

Eu já tive minha época dos espinhos, e não consegui me relacionar com alguém por 2 anos.

Mas tudo se encaminhou pra eu entender e mudar. Ainda temos traumas, problemas, resquícios do passado, é claro. Mas me dá muito orgulho, sabe, ver quem eu fui anos atrás - aquele piá encolhido, com cabelos caídos na cara, pro homem orgulhoso e forte que sou hoje. 

 

Eu não sei qual sua idade, nem em que fase da vida você está @Fashionista , mas espero que você encontre seu caminho e se cerque de pessoas boas, que te façam sentir seguro e feliz. A vida retribui tudo o que a gente faz. É uma força.

 

Depois da tempestade, vem o arco-íris, não? 😄

 

 

 

 


Highlighted

@ Luis1593  Eu chorava no banho. Aí olhava pro box e via meu reflexo e pensava: " -Mds mann você tá tão lindo e dramático chorando", ai eu começava a me imaginar num clipe :v

 

Bem doentio mesmo, eu mesmoh.


Highlighted
Aronguejo
Aronguejo

Maninho, amigos são a família que a vida te permite escolher.
Eu nunca fui um cara de muitos amigos, acho que principalmente por não ser a pessoa mais comunicativa do mundo, sempre fui quieto e calado.
Meus maiores amigos vieram de duas fontes basicamente, grupo de RPG e Banda de Rock...
Tenho 32 anos atualmente, e fazem 27 anos que conheci o meu amigo mais antigo numa "luta" como cavaleiros do zodíaco.
Depois dele, 21 que conheci outro. Eu era 5ª série, e todos nós morriamos de medo da galera da 6ª ( tinhamos amédia de idade entre 11 e 12, a outra turma entre 14  e 15). Ele era o unico que não assutava a gente, e era gente boa.

(Ambos jogaram RPG comigo durante adolescencia e jogam até hoje)


Depois disso, na época que tive uma banda de rock, fiz amigos incríveis, daqueles que entram numa briga e tomam surra com você, mas não deixam na mão. E amigos que mesmo quando você erra, te perdoam e continuam do seu lado.

Amigo é quem se importa, quem quer o seu bem.
Quem puxa sua orelha quando precisa, e ta lá por você quando na hora da necessidade.

Eu passei por uma depressão foda... afastamento de trabalho, tentativa de suicído e por muito pouco não fui internado.
Lembro de um dia em que não tinha levantado da cama, não tinha comido nada, e chorava como um louco na cama.
Meu amigo ficou na minha porta falando comigo, até eu me acalmar.

Sou grato aos Deuses pela minha família de sangue, que somos um pelo outro em tudo. Mas meus amigos, não ficam atrás. Se não fosse por eles, tenho certeza de que não estaria aqui hoje...

São irmãos que eu escolhi/me escolheram.

:champion5::champion7:

"Nunca um, sem o outro"
Highlighted

@Xx Fëanor xX "Maninho, amigos são a família que a vida te permite escolher."

"Amigo é quem se importa, quem quer o seu bem."

 

Não poderia ter dito melhor!

O ato de se importar parece trazer o "a mais" pra relação de amizade.

Conversar só por conversar e conviver, isso a gente faz até no trabalho.

 

 

 


Highlighted

@HeLL BaroN  Eu to mais pra delicado do q afeminado parando pra pensar, eu tenho meus dias de "YASSS QUEEN SLAY" e os de "suave mano" (btw até a minha voz muda nesses dias), mas a luta é pra sempre, ainda bem q boa parte da nossa comunidade nos da suporte.

 

Eu sempre fui bizarro, as roupas diferentes, o cabelo diferente (acho q meu nick ja expõe isso kkk)... e eu pensava q a culpa das pessoas nn gostarem de mim era minha.

 

Eu tive um amadurecimento muito precoce, eu aprendi a tankar coisa pesada desde novinho, acho q é por isso q eu to sempre na defensiva, ja tentei colocar a culpa nos meus pais mas a vida é minha e os meus problemas tbm, seria jogo sujo culpar eles.

 

Eu to com 20 anos agr e realmente to tentando criar caminhos q me levem pra algum lugar, recentimente terminei de ler "Com Amor, Simon", esse livro abalou toda a minha estrutura e acho q foi ele q me deu forças pra estar digitando isso agr.

 

Eu agradeço de coração por ter lido o meu relato, e tbm agradeço pela sua mensagem, muito obrigado mesmo, acho que ela me deu forças e me fez acreditar q eu tbm tenho um arco-íris.

 

Obrigado mesmo.

 

Com amor, Fashionista.

 

 

 

 

 


~só ladeira a baixo
Highlighted
Lenda
Lenda

Boa parte da sua história é feelsbad, mas q bom q no final vc superou isso tudo. Eu confesso q n tenho muitos amigos, mas os poucos q eu tenho (4 ou 5) são da época do colégio, são amigos verdadeiros, isso eu tenho certeza pois já aconteceu muita coisa e a gente nunca se afastou.

Pra min oq a pessoa precisa fazer pra ser um bom amigo é primeiramente, ter algo em comum, no meu caso a maioria dos meus amigos eram tão viciado em jogos online quanto eu, então é preciso ter um assunto em comum ,dps a amizade vai se desenvolvendo pra algo mais pessoal, hj muitos deles nem jogam mais, mas a amizade permaneceu, um deles gosta de zoar e tal, mas não é maldoso, é mais zoeira leve, o outro tem um jeito mais parecido com o meu, educado, tímido, gosta de conversar sobre games, gente finíssima.

Infelizmente por eu ser muito tímido, tive poucos amigos e apenas uma namorada até hj, mas fico feliz q minhas amizades são verdadeiras, posso contar com eles quando eu precisar, desabafar.

No meu colégio eu diria q eu sofri bullying tbm, mas bem pouco se comparado ao seu, eu consegui superar de boas sem nutrir ódio ou algo do tipo, pq as amizades q eu tinha eram muito boas, eu não me sentia sozinho, mas confesso q odeio a época de colégio até hj, odiava acordar 6 da manhã, pra assistir aulas q eu não gostava, odiava estudar, mas sempre passei sem ficar de recuperação.

Na época da minha faculdade, eu fiz amigos até rápido, meu primeiro semestre foi meio sozinho, quase n falei com ngm, mas a partir do segundo comecei a conseguir me enturmar mais, oq ajudou muito foi o fato q boa parte dos amigos q fiz na faculdade jogavam LOL, ai a gente começou a jogar junto e surgiu amizade. Infelizmente dps q terminou a faculdade de adm, e me formei, cada um foi pro seu lado, esse pessoal ai realmente a amizade acabou se perdendo, embora muito deles sejam gente boa, questão da vida mesmo nos separou, nenhum deles joga mais lol, cada um trilhou seu caminho.

E assim é a vida, cheia de dificuldades, amizades vem e vão, as poucas q permanecem são verdadeiras, devemos sempre superar obstáculos e buscar a felicidade em vez de nutrir sentimentos ruins, isso q eu aprendi na minha vida.

Highlighted

@Fashionista  Migs, e olha só uma coisa que eu aprendi e sempre digo pros outros; é algo que até coincidentemente o Zilean diria (ou não😞

 

O você de hoje (Fevereiro de 2020) será muito diferente do de amanhã (Fevereiro de 2021) que será muito mais diferente de futuramente (Fevereiro de 2022) e assim segue.

Acredite, 1 ano de Tempo nos muda muito. Encontramos uma versão melhor de nós mesmos e adquirimos novas resoluções de vida.

Sempre quando passo por alguma situação ruim, penso que ano que vem estarei olhando e isso tudo vai parecer um pequeno pontinho, um Ivernzinho que buildou 6 botas e ficou só dando autoataque - inofensivo e superável.

 

Embora você seja bem maduro, ainda é novinho (20) e tem muitos Fevereiros pra passar e sei que sua cabeça vai mudar bastante - tanto quanto seu coração. Mas tudo vai melhorar :3

 

With Loffff, eu. 

 


Highlighted
Aronguejo
Aronguejo

Para mim hoje, amizade tem muito haver com altruísmo, você se doa, compartilha um pedaço de você e se for recíproco o outro também irá compartilhar sem você exigir. Ser amigo é se conectar profundamente com o outro, é estar junto pro que der e vier, e é também ser leal, acima de tudo. Uma amizade a base de lealdade supera toda desconfiança. Eu ainda acredito em amizades verdadeiras, mesmo que a vida as vezes faça você se questionar, é saudável ter pessoas que te valorizam e amam você pelo que é.
choconina.png
Highlighted

@Draicker 

É aquela coisa que dizem né, antes qualidade que quantidade. =T

 

Pois é cara, essa parte do "dps a amizade vai se desenvolvendo pra algo mais pessoal" que faltou pra mim com o pessoal da facul. Triste. Pra eles era só se relacionar enquanto jogos - fora desse escopo não sobrava nada.

 

"..devemos sempre superar obstáculos e buscar a felicidade em vez de nutrir sentimentos ruins, isso q eu aprendi na minha vida." - exatamente! Mas confesso que estou na luta ainda para não nutrir sentimentos ruim.

 

Eu me afastei de familiares/conhecidos falsos, conservadores, que brigam entre si e falam mal pelas costas, mas infelizmente mesmo a gente tentando ir pra frente, trabalhando, pagando nossos boletos e fazendo as coisas direitinho, sempre tem gente me condenando e jorrando veneno pelos poros, como se a felicidade alheia os incomodasse - o que realmente acontece, creio eu.

Mas é difícil não nutrir um sentimento de revolta e incredulidade - mesmo não sendo o certo a se fazer.

 

Enfim... complicado.


Highlighted

@Choconina  ❤️ 

 

Ps:: Amei sua capa/assinatura. Ela me representa bem quando o ADC dá o 1º ping em mim HAUHIAE


Highlighted


@HeLL BaroN  escreveu:

@Draicker 

É aquela coisa que dizem né, antes qualidade que quantidade. =T

 

Pois é cara, essa parte do "dps a amizade vai se desenvolvendo pra algo mais pessoal" que faltou pra mim com o pessoal da facul. Triste. Pra eles era só se relacionar enquanto jogos - fora desse escopo não sobrava nada.

 

"..devemos sempre superar obstáculos e buscar a felicidade em vez de nutrir sentimentos ruins, isso q eu aprendi na minha vida." - exatamente! Mas confesso que estou na luta ainda para não nutrir sentimentos ruim.

 

Eu me afastei de familiares/conhecidos falsos, conservadores, que brigam entre si e falam mal pelas costas, mas infelizmente mesmo a gente tentando ir pra frente, trabalhando, pagando nossos boletos e fazendo as coisas direitinho, sempre tem gente me condenando e jorrando veneno pelos poros, como se a felicidade alheia os incomodasse - o que realmente acontece, creio eu.

Mas é difícil não nutrir um sentimento de revolta e incredulidade - mesmo não sendo o certo a se fazer.

 

Enfim... complicado.


Meu caso de faculdade foi similar, pq a rapaziada se unia pra jogar aquele jogo (LOL), quando terminou a faculdade e todo mundo parou, eu nunca mais consegui falar com eles. Minhas amizades mesmo ficaram do tempo de colégio. 

 

É infelizmente sempre vão existir pessoas venenosas, invejosas, q só querem bostejar e deixar os outros pra baixo, no inicio eu ficava muito triste, até depressivo quando alguém falava algo negativo pra min. Mas ai eu fui começando a aprender a ignorar, não ligar pra oq essas pessoas dizem, o LOL inclusive, foi ponto importante nisso, era tanta toxicidade cada partida, eu aprendi q simplesmente ignorar era a solução, não precisava nem mutar. Atualmente entretanto quando eu to tryhard no lol, eu jogo no full mute all, mas só pra me concentrar melhor, pq querendo ou não, mesmo q vc ignore vc ainda fica curioso de ler as besteiras do chat. (foi só um comparativo com o jogo com a vida). A toxicidade vem do ser humano, então é só ignorar os seres humanos tóxicos, a opinião dessas pessoas é irrelevante para min, não vai mudar nada na minha vida, só vai querer me deixar pra baixo.

Highlighted

@Draicker  Preciso aprender com você. Hahahahaha

 

Desde que não falo mais com eles (2017), quase parei de jogar PvP.

Por medo da toxidade mesmo.

Talvez isso me afete mais do que eu pensava...

 

Ty Sir.


Highlighted

@HeLL BaroN  ❤️

 

Aaa, então é você que tem essa assinatura, uma vez eu vi ela em algum tópico e ri dessa dancinha do velho Zil. kkk

 

Eu também adorei essa assinatura, é uma gracinha. kkk Acho que me representa também, esses olhinhos dela encarando. kk

choconina.png