cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Yolosky
Arauto
Arauto

Conto: As raízes da Vida

   Antes dos primeiros seres humanos, antes das primeiras espécies de animais existirem na Terra, antes do surgimento do Sol e de todos os corpos celestiais que você consiga imaginar, de até mesmo antes do surgimento do Bing Bang no universo, existia algo que nós mesmos não conseguimos enxergar ou sentir, mas sabemos que ela existe, e seu nome é Vida.

   Antes de mais nada: não, a Vida que eu me refiro não é um ser vivo ou um ser corpóreo, mas sim uma energia desconhecida e poderosa, capaz de dar a mente e alma para quase qualquer forma e ser, de conseguir manipular e quebrar até as mais inquebráveis leis da física e matemática. Foi ela a grande responsável do surgimento do aqui e sempre.

   Antes da humanidade de ter a noção de sua existência, a Vida era estudada e catalogada por seres de outro mundo, no qual nenhum homem foi e jamais voltou para contar o que acabou avistando lá, mas ainda sim, sabemos da existência deste lugar, de possíveis maravilhas que existem e que podem talvez acontecer lá.

   Do início da tecnologia e escrita deste povo, eles haviam notado as suas propriedades e efeitos da Vida, e então a batizaram a nomearam de Myne, que significa "Energia Vital" em sua língua. Quando este povo conseguiu catalogar as propriedades da Vida, eles passaram vários anos treinando e normalmente a utilizando para o combate físico.

   O motivo disso era que eles conseguiram a utilizar como uma forma de energia, fazendo com que eles conseguissem a concentrar em seus corpos, fazendo com que os seus punhos carregados de Vida quebrassem até mesmo a mais dura das rochas. Com isto, eles passaram a ser um dos exércitos mais temidos daquele mundo, já que nem mesmo uma armadura de ferro conseguia suportar os seus golpes mortais.

   Entretanto, um de seus semelhantes achava que a utilização da Vida era algo bárbaro e hipócrita, já que o seu povo anteriormente praticava o pacifismo e a não violência, e que após terem dominado esta técnica, eles passaram a serem bárbaros violentos que utilizavam a Vida para fins maléficos.

   Após ter feito este e mais alguns protestos, ele acaba sendo exilado da sua nação por ser considerado traidor, e então jurando que iria acabar com a tirania daqueles que o expulsaram de sua própria casa. Após alguns anos de avanços militares e dominação de povos, aquele que foi exilado voltou para o seu povo, para então dizer que eles deveriam parar com essa era de violência sem sentido e utilizar a Vida para o bem de todos.

   Nesse mesmo instante, todos aqueles que o escutara acabaram recusando os seus conselhos, afirmando que se ele continuasse a falar besteiras diante deles, ele acabaria sendo executado. O que eles não sabiam era que após esses anos de exílio, ele acabou treinando e aperfeiçoando a sua Vida, e com isto, ele acabou desafiando qualquer um que estava se opondo a uma era de paz à ir lutar com ele.

   Quando um dos guerreiros focou a Vida em seu punho e tentou soca-lo, ele não conseguia se mexer, e depois de um tempo, ele acabou caindo no chão, e então morreu aos poucos. Então, ele deu um apelo novamente a pararem  com as agressões e aceitarem as suas exigências, mas mesmo assim, isso não impediu o orgulho dos guerreiros, que passaram a todos irem de uma vez de encontro a ele.

   Neste momento, ele começou a dar socos no ar, apontando-os em direção aos agressores. Mesmo que ele estivesse a uma boa distância deles, cada um deles foram feridos e foram lançados para trás, como se eles realmente foram atacados por ele. Nesse momento, cada um dos guerreiros, com medo, acabaram aceitando as suas exigências de paz, mas somente se ele explicasse como ele fez isso.

   Ele acabou explicando que, após esses anos em exílio e treinando a Vida, ele acabou chegando a um grande patamar na sua utilização, e acabou atingindo técnicas que somente ele conseguia utilizar, como fazer alguém instantaneamente morrer e causar dano com os seus golpes à distância.

   No fim, a paz finalmente reinou sobre este mundo, e ele foi tratado pelos povos como um grande herói e aquele que deve ser respeitado e temido, o fazendo virar um deus na maiorias dos povos naquele mundo, e caso não era um deus, era reconhecido como uma lenda viva.

   Mesmo que ele não gostava de ser homenageado desta forma, ele acabou tendo uma religião que passou a adora-lo e seguir os seus ensinamentos, para com que um dia possam alcançar o seu nível de habilidade com a Vida e terem a esperança de terem uma possível iluminação dos segredos do universo, dando conselhos e paz a todos os povos de seu mundo.

   O seu nome antes era "Z", ou "Zu", já que o seu povo somente usava nomes normais para os mais destacados, fazendo então com que, pela sua honra e sabedoria, fosse chamado de "Zlamentar". Atualmente, ele é um dos 8 deuses mais adorados deste mundo, sendo normalmente reconhecido como "Zlamentar, o deus da sabedoria, da paz, e da união, portador e utilizador da Vida".

   E foi graças a sua pesquisa e na sua história na Vida que trouxe avanços no seu entendimento. Não se sabe daonde que a Vida veio ou do porque ela existe, mas sabemos de uma coisa:

 

   A Vida pode parecer violenta, mas se usada com atenção e cuidado, pode trazer paz e alegria aos outros ao seu redor.

Yo
0 RESPOSTAS