cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
z Juno z
Dragão
Dragão

PERDER É TÃO BOM QUANTO GANHAR

Ir para a solução

Por muitas vezes já joguei jogos aonde a discrepância de qualidade dos times nem é tão grande. Todos tem potencial de jogar bem, de fazer jogadas bonitas e realmente carregar aquela partida, mas problemas ocorrem, erros são cometidos, as vezes falta sinergia, uma composição não está no power spike ainda e por aí vai. Ninguém joga mal, todo mundo tem dias melhores e piores, mas todo mundo joga pra ganhar.

 

 

O problema é que meus companheiros e colegas aqui da comunidade por muitas vezes desistem muito fácil, se preocupam mais nos erros dos aliados, perdem a cabeça (famoso tiltado) e se esquecem do objetivo principal do jogo que por mais que não concordem é sim de se divertir. A pressão é grande principalmente nas ranqueadas aonde os erros são frustrantes e as derrotas seguidas nos fazem não acreditar mais em nós mesmos. 

 

Por isso, em várias ocasiões acabamos desistindo sem nos esforçar de verdade. Se a partida for difícil, se for desafiadora, se encontrarmos obstáculos, a gente desiste e manda aquele GG aos 5 minutos de partida. Sem perceber que nenhuma, NENHUMA partida acaba até o Nexus cair e subir o enunciado derrota que tanto tentamos evitar.

 

Sem muito perceber que perder não é um problema, desistir é muito pior do que perder. “Vencer é ótimo, mas é na derrota que se cresce”. “Perder ou vencer, o importante é participar”. “O importante é competir”. São clichês repetidos aos quatro ventos, especialmente depois de uma derrota. Mas é dos clichês que podemos tirar as nossas maiores lições.

 

O DERROTADO E O PERDEDOR

 

Patterson é derrubado por Johansson (imagem acima)

Em uma competição esportiva, a derrota em si não define ninguém, a forma como se reage a derrota sim. Mike Tyson mordeu a orelha de Evander Holyfield enquanto perdia a luta. Por outro lado, o pugilista norte-americano Floyd Patterson foi derrubado sete vezes pelo sueco Ingemar Johansson em uma disputa do título mundial, antes do árbitro interromper a luta.

 

Em uma entrevista, dias depois, Patterson disse: “Eles falaram que eu fui o homem que mais foi derrubado, mas eu também fui o que mais me levantei”.

 

Patterson foi campeão olímpico, bi-campeão mundial dos pesos pesados e venceu Johansson duas vezes depois disso, ambas por nocaute.

 

Nas vitórias honramos as boas jogadas, aqueles que carregaram a partida, nossa raça, o suor deixado nos campos da justiça. E quando perdemos?

 

Nós perdemos juntos, não importa se eu joguei bem ou mal, se nossa equipe era melhor ou pior, quem jogou bem e quem feedou. A derrota é um remédio amargo, mas te faz melhorar. A derrota aponta os erros e os detalhes, que uma vitória poderia esconder. Sempre procuramos saber onde perdemos, mas quantas vezes sentamos e refletimos onde ganhamos. Temos que deixar o ego de lado e começar a nos preocupar em tirar o maior proveito das nossas derrotas, em entender melhor quais são os pontos que poderiam ser melhorados, entender que temos potencial mas erramos assim como os nossos companheiros que estão ali dando o seu máximo, mesmo que não seja o suficiente pra essa partida, juntos quem sabe consigam superar os desafios. E mesmo se não conseguirem estarão mais preparados para a próxima, a próxima e a próxima, até o dia em que poderá falar com o peito aberto:

 

Eu consegui! Eu joguei bem, eu alcancei o meu objetivo porque eu não desisti e continuei lutando, não para vencer e sim para melhorar.

 

 

A DERROTA ENSINA A GANHAR

E por fim deixo as palavras do mito Rock que dispensa apresentações:

"E não importa o quão durão você seja, você apanhará e ficará de joelhos se assim permitir. Nem você, nem ninguém baterá tão forte quanto a vida. Não se trata de quão forte pode bater, se trata de quão forte pode ser atingido e continuar seguindo em frente. É assim que a vitória é conquistada."

 

 

Por isso nunca desista! 

 

Sei que nem 1% dos jogadores brasileiros irá ler esse tópico, mas quem foi forte e seguiu até o fim, tente absorver essas ideias e repassar para os colegas, é só assim que vamos conseguir uma mudança em nosso cenário e vamos conseguir evoluir como pessoas e jogadores. Obrigado pela leitura, se sintam livres para acrescentar e me ajudarem nessa ideia para formentar o pensamento da comunidade a respeito de como reagir a derrotas. Abraços, Juuno.

#juntosporleague

 

Dream: sonho por um league sem surrender e que as vitórias e derrotas sejam divertidas, acirradas e recompensadas. Muitas pessoas não consegue entender e uma ajuda da Riot em amenizar e mostrar aos jogadores que vale a pena lutar até o fim mesmo que percamos seria revigorante para Legue. 

 

Créditos ao escritor Diego Dubard do PapoDeHomem, aonde me inspirei, editei, acrescentei e adaptei parte de um dos seus textos para a nossa realidade. 

 

EDIT: Acrescentando um vídeo que @dark5 fez sobre o tópico, lendo e dando a opinião dele sobre o assunto. Confiram lá.

 

141 RESPOSTAS

@Marcelo Agostta A questão não é sobre os outros, é sobre nós mesmos. Sobre como podemos pensar de forma diferente e ensinar o próximo para também superar os seus próprios desafios. O texto é para todos, se mudarmos a nós mesmos e incentivarmos ao próximo, menos pessoas vão desistir e quitar das partidas, mudando assim esse cenário. Por isso manda pros colegas o texto e tenta absorver as partes boas e não pensar de forma negativa como sempre fazes. Estou tentando fazer a minha parte ao invés de sempre reclamar.

 

Já impactei ao menos uma pessoa que disse que vai tentar mudar e olhar o que está aqui escrito como inspiração, então já estou feliz.

 

É juntos que conseguimos a mudança, abraços.

#juntosporleague

Relâmpago Kayn
Aronguejo
Aronguejo
é bom perder,famosa tentativa e erro
z Juno z
Dragão
Dragão

Um exemplo, que acabei de jogar. Partida aonde o Udir estava 0/11 até pegar um abate no final do jogo. 

Galera começando a dar rage, palavrão daqui e de lá, linhas e linhas de rage.

 

Eu só fiz o meu jogo, digitei /muteall porque ninguém é de ferro e a curiosidade de ler o que está no chat acaba atrapalhando mesmo que eu não responda nada.

 

Mandei mensagens positivas como, dá de virar, vem aqui e faz isso que a gente ganha. Dei uma call de barão e de algumas lutas certeiras e viramos. Resultado, no final ganhamos e ainda recebi 3 honras, em um jogo que claramente estavamos sendo muito pressionados e meu time colocando a culpa inteira no Udir 0/11 com 5k de gold atrás do Shen do time adversário. 

 

 

 

Não digo que irá funcionar 100% das vezes, mas não precisa. O importante é como se comportar dentro do game e que tentes sempre ganhar, não importa o que aconteça. 

 

@A Yangire 

Ver Resposta em Destaque no post original

certao eu tbm muto,afinal ate eu q jogo a 4 anos erro,fido  e etc

Umbra Witch
Aronguejo
Aronguejo
Perder não é ruim, o ruim é você perder sem poder fazer nada... eu por exemplo gosto de jogar de suporte (ok, legal, bacana) Suporte é pra ajudar o time, dar visão, manter as pessoas vivas, até buildar aquele ZZrot pra segurar a base, mas quando alguém não quer ajudar porque simplesmente desistiu, não tem mais oque fazer, eu comparo por exemplo a ser assaltado, você não tem o controle da situação, se sente um inútil, a sensação de impotência é enorme. Queria que metade do jogadores tirasse 7 min pra ler isso, com certeza iria fazer diferença.

@Umbra Witch Sim, concordo contigo. Se todos tivessem o pensamento que tentei passar aqui. As derrotas ainda viriam, mas a frustação, rage e trolls, seriam menores. Foi por um pouco desse teu sentimento que quis escrever sobre. Mas nunca desista mesmo que o colega já tenha, tente sempre mostrar esforço, motivar e incentivar eles a continuarem a jogar, as vezes resolve como o print que comentei, o Udir começou a jogar ao meu lado no final do jogo, assim não morrendo mais. Abraços.

É difícil, tem gente que toma firist kill e manda no chat "Jungle não ganka, to afk", lamentável!

@PinozQk Mas é mentalidade que o texto tenta combater. Leia, absorva, aplique e repasse pros amigos. Abraços.

 

Feedou, deu rage, me xingou de "preto, macaco" etc... 

Preciso nem falar quem foi né? :Champion39:

 

Falei que ia solar dragão lvl 6, e fazer arauto aos 10 minutos de jogo ( faço isso em todos os jogos), e a pessoa full mochila xingando, sendo racista, homofóbica?

fiz 5 dragões, e 2 barões. e levei 6 torres

 

mutei e carreguei, não ganhei nem 1 honra no fim do jogo :Champion5:

 

e meu nível de honra tá 0 : Desonrado, preciso sair desse troço logo :Champion5:

Como os porquinhos grunhirão. Quando souberem como o velho Javali sofreu
King Ragnar Lothbrok
THACAOS
Arauto
Arauto
Realmente uma lição para vida estas palavras do Rock, como hoje não esperava um fizz no topo, e eu de yasuo top já lembrava que já tinha tomado uma surra, realmente apanhei novamente, até mesmo com dive e nao me deixava farma e ainda tomava ganks do mid de riven e de um kazhix jg, sendo assim estava fechando mandibula, fizz cronômetro e apanhava menos, mantive a calma e ainda solei a riven que pensava que ia top, mesmo 0/7, acredito que com isso viramos o jogo falei pro meu amigo nao me gankaf porquê não iria adiantar e fique apenas nos sprit e sendo assim meu time fez baron, o fizz que tava fedado nao soube carregar e ganhamos.
""As sombras me iluminaram." Zed."
RagDo11
Aronguejo
Aronguejo
Já perdi vários jogos com vantagens muito maior que time adversário, principalmente pq time gosta mais de Kill que objetivo. Já virei games de early e mid games desastrosos. Importante é continuar jogando, se a partida for boa, limpa , emocionante e vc sabe que fez sua parte, perder não e tão ruim. Ruim é dar surrender com as tiers2 em pé , ou então, após perder um inibidor.
Itachi Kyo
Aronguejo
Aronguejo
Belo Post amigo

@GosmaFeliz Sempre é melhor fazer o seu jogo e tentar ajudar o time da melhor forma possível e não dar bola pra trolls. Pelo jeito levaste uma punição, o importante é a mudança e se você se esforçar até o final do ano tu consegue a honra 5. Boa sorte, abraços.

@THACAOS Essa é a ideia, apesar das dificuldades, nunca desistir e tentar achar uma forma de contornar a situação pra conseguir a vitória ou pelo menos saber que se esforçou ao máximo e na próxima você irá ter aprendido as lições e jogará melhor. 

@RagDo11 Essa é a ideia, pra mim a pior parte de League é o pensamento negativo nas partidas, e as pessoas desistindo no começo do jogo após algumas tropeços. Também já virei muito jogo e perdi vários com vantagem porque o time dá aquela "emocionada" e o time adversário sabe aproveitar. Mas isso só acontece quando a gente não desiste, por isso a lição é tão importante. Triste ver partidas até do mundial de alguns atrás que tiveram surrender, pelo menos hoje em dia a prática é proibida. 

@Itachi Kyo Obrigado, mas não entendi o gif.

Dez Reais
Tropa
Tropa

Ta bacana, mais um dando exemplo, eu nunca me aborreço em jogo, sempre me divirto ganhando ou perdendo, não do atenção pra rage, e sempre dou o maximo de mim até nos piores dias, mais sempre to rindo no final dapartida.

bjos

ll Logan
Aronguejo
Aronguejo

Concordo em partes. É tudo bonitinho na teoria mas a real é que tem times que está mais afim de ver o próprio companheiro de equipe perder do que simplesmente tentar ignorar o cara que está dando rager, não tentam ver que os jogadores da equipe estão tentando mesmo com um cara dando rage. Digo isso por experiência própria. Geralmente jogo 3 partidas Rankeds SoloQ. Na segunda partida do dia me frustrei ao ver que mesmo carregando 12/6/8, tentando amenizar os ânimos dos que estavam brigando (Brand suporte e Darius top) e tentando coordenar os jogadores com as calls, escrevendo o que o era o melhor pra ser feito, sem rage nem nada, sendo o mais lucido possível até chegar ao ponto que estávamos ganhando (dois inibidores destruídos da equipe inimiga + buff do barao). Porem como nada é perfeito os mesmos jogadores começaram a se xingar por causa do freg, quem fez mais e quem fez menos até chegar a uma situação que o brand se recusou a ajudar a equipe. Tentei falar com o cara mas fui simplesmente ignorado e ouvi (ganha aí sem eu). O cara se recusou a cooperar com o time até que aconteceu o previsível. Perdemos. Por causa de dois caras que estavam sendo carregados e ainda sim se achavam os fakers da partida, os 50 min de jogo mais frustrante que ja tive. Daí me questiono se vale a pena ou não tentar ser o "boa praça" o cara "positivo". Já ouvi inúmeras vezes que você tem que ajudar os caras, tentar falar pra amenizar as coisas  mas a real que a maioria das vezes você vai perder por causa do outros. 

@ll Logan Mas se o teu posicionamento foi como comentaste, por que a frustação? O importante é sempre jogar bem e fazer a nossa parte, como fizeste. As vezes não dá certo mesmo, e algumas pessoas não querem escutar, mas é pra isso que textos assim funcionam para conscientizar elas e dar aquela reforçada em pessoas como você. O importante e a diferença aqui está como nos exemplos, a beira da derrota tu vai morder a orelha do adversário (ou colega) ou vai se levantar até ser campeão e alcançar os seus objetivos? Com certeza as recompensas serão diferentes com as tuas escolhas e podes ter certeza que se eles continuarem desse jeito ficaram pra trás enquanto tu conquistas os teus objetivos. Utópico o texto, pode ser, mas é de uma ideia bonitinha que as coisas começam a melhorar e levam as pessoas a refletir. 

 

Dica: A dica é que dicas nem sempre são as melhores opções. Por mais cortez e educado que tu seja, as vezes as pessoas já pressionadas interpretam como uma crítica, aquele comentário pra tentar ajudar e acabam ficando ainda mais pressionadas e frustadas com a sua própria falta de potencial pra percerber que a tua opinião é melhor do que a deles, ou até não seja, mas o momento do jogo não está favorável pra esse tipo de sugestão, entende? Dê preferência sempre a usar os pings, são mais intuitivos e não tem tanto o fator: ele está me criticando. 

 

Espero que essa dica não caia no mesmo problema da própria dica haha

Abraços, boa sorte nas próximas partidas e continue com o bom comportamento.

Emmerich
Tropa
Tropa
Depende muito, as vezes até de pessoa pra pessoa e do nivel, estilo, importância do jogo, as vezes até contexto em que ele se encaixa, mas acredito que uma derrota nunca será mais importante que uma vitória apesar de pessoas inteligentes poderem se aproveitar de uma derrota.