cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Highlighted
Arauto
Arauto

Por que as fanbases femininas das coisas não agem como as masculinas?

Começando já como um adendo: Sim, eu sei que existe uma boa parte que age, eu conheço e interajo com esse parte em varios grupos, em boa parte não é raro eu ter uma boa conversa e só depois ler o nome da pessoa pra ver que era XX, pois o tipo de comportamento dela é igual ao tipo de comportamento do grupo, e são por pessoas assim que eu me recuso a levar a serio relatos de que "a comunidade gamer ou similar é machista e o baralho a 5", então vamos começar o texto.

 

Não é raro ver materias em portais de "noticias" feitos pra millenials com um artigo escrito por algum bacharel de jornalismo em alguma uniesquina falando sobre como a comunidade de jogos e relacionados é um "clube da bolinha" ou algo do tipo. Mas participando desses meios, vi que não podia ser mais mentira, a verdade é que meis assim não buscam um genero, mas buscam um (Ou varios) "tipos de comportamento": Modos de agir, pensar, etc.

Para o bem geral e ordem de tais grupos são reforçados esses tipos de comportamento, o motivo de haverem poucos individuos do sexo feminino em tais locais se deve ao fato de que poucos desses individuos se adaptavam aos tipos de comportamento, então vinha de boa parte dos proprios individuos femininos o distanciamento desses meios: Discutir sobre a best girl de Fate/Stay Night ou chamar o OP que disse que Code Geass R2 é melhor que o R1 de macaco não são pra todos, e em boa parte nunca foram feitos pra ser.

 

Em verdade é que nunca ouve obstaculo nenhum prevenindo a entrada do sexo feminino nesses maios (Aos menos nada de nivel maior que "O Programa do Gilberto Barros sobre Yu-Gi-Oh"), e a entrada desse ocorreria de nivel natural conforme este se adaptasse aos tipos de comportamentos requisitados, todavia, não foi isso que ocorreu.

 

Eu pergunto a você: Games/Anime são mainstream? Boa parte de vocês erroneamente responderia que sim, por que erroneamente? Bem, na epóca do Guga muitos responderiam que Tennis era mainstream, mas foi só a saida do mesmo que não se falou mais de tennis (Idem formula um e Ayrton Senna), em comparação ao futebol que, mesmo que Neymar se aposentasse hoje, continuaria mainstream por aqui. Levando a comparação á anime: Certo, você vai achar bastante de gente que gosta de Naruto ou DragonBall, mas vai achar gente que acompanha seasonal anime com facilidade? La por 2014-2016 já vi guia de "Anime que você provavelmente não conhece" me botando Kill la Kill, que, para quem participa ativamente de grupos com REAIS fãs, é EXTREMAMENTE mainstream. O mesmo para games e coisas do tipo, apesar de que este caso tambem tem mais a ver com dinheiro: Você provavelmente vai achar alguem que jogou Mario ou GTA:SA em um PS2 pirateado (Ou varias "gamers" jogadoras de Angry Birds que compoem mais da metade de todos os "gamers", de acordo com a pesquisa que o formado na uniesquina adora linkar), agora, perguntem quantos deles compraram Nier:Automata esse ano? Isso vale pra qualquer coisa, como os "SUPER FÃS" de Pokemon durante a febre do GO que ficavam tocando a abertura em PT-BR mas nunca jogaram um jogo da franquia nem reconheceriam a opening japonesa que MISTERIOSAMENTE não estavam mais jogando 3 meses depois. Apenas isso ja quebra a teoria de ser por "machismo", é por comportamento.

 

Mas se eu disse que "não foi isso que aconteceu", mas ainda não da pra negar que aumentou a presença feminina, então, o que ocorreu? Estas criaram o proprio "Clube da Luluzinha", porem, apesar de genero ter um papel forte nesse, o que predomina é tambem "tipos de comportanto", os presentes nestes grupos sendo os abominaveis em grupos """masculinos""". Não é raro nesses encontrar ideologias extremistas, """memes""" de baixissima qualidade que exaltam arrogancia, prepotencia, vaidade, egocentrismo e outros vicios, mensagens como "É um prazer pra mim que vocês me odeiem", "amore, não te ouço aqui da Europa, "vocabulario irritantissimo "amore", "berro", "lacre", "boy **cogumelo do teemo**", atitudes tipicas de bolha social como os trocentos topicos reclamando que "suporte não era valorizado" sendo que na mesma epoca eu jogava de suporte e via que tais topicos não falavam a verdade, que no final eles estavam quase que pedindo que o pessoal os louvasse apenas por terem feito o proprio trabalho (Se eu não dou parabens pelo meu ADC farmar um Siege Minion, por que eu daria ao meu sup por ter posto uma ward?), e isso quando a pessoa não passa tempo demais nestes grupos e perde a capacidade de interpretar a realidade (Quem não se lembra das acusações destes mesmos do Kami ser um "homofobico biscoiteiro"?), em resumo: Uma parte extremamente toxica, feita a partir de todos os vicios que o "clube da bolinha" filtrava, que piora a experiencia de todo o resto da comunidade.

 

Nenhuma mulher tem culpa disso, pois como eu ja disse, nunca foi uma questão de "genero", foi uma questão de "tipos de pensamento", é uma questão de ideias, cujo aqueles que ficam presos no filtro querem transformar em "questão de genero".

 

Mas então ainda falta uma peça na minha logica, que eu vim perguntar a vocês: Por que? Por que estas comunidades são diferentes? Por que eu noto que tem uma parcela alta de individuos do sexo femininos ou LGBT que ao não se adequarem ao comportamento "padrão" de grupos de bom convivio (Bem, """bom convivio"""), recorrem a cesspools bolhas ideologicas toxicas e arrogantes assim?

123 RESPOSTAS
Highlighted
Tropa
Tropa

Ah cara, isso é algo natural do ser humano, se juntar com pessoas semelhantes a você para que possam ser ''diferentes' e se orgulhar disso, para que possam se sentir superiores aos outros.Antes que alguém me esfaqueie, isso é algo que toda pessoa que vive em sociedade faz, mesmo inconscientemente, até mesmo eu ou você que está lendo.Enfim Sr.01, isso é bem óbvio e provavelmente você já sabia disso, só quer saber o que a comunidade pensa sobre...ou...
Highlighted
Aronguejo
Aronguejo

Do meu ponto de vista, eu o auto proclamado "Mente Aberta do Ano por 19 anos seguidos", digo que:

Nao importa o genero, o sexo, a opção sexual O C@RALH0 A4 QUE SEJA você nao deve julgar a pessoa ate porque se você julga você nao à conhece nem um pouco, seja mente aberta como eu, se encontrar um gay, um by, um trans, "O C@RALH0 A4 QUE SEJA" trate com respeito e como uma pessoa normal porque é isso que ela é, e merece.

A partir do momento que você esta julgando este tipo de coisa de uma pessoa, você esta a colocando em uma caixa e dizendo que o que tem nesta caixa é errado, se você nao consegue parar de colocar pessoas em caixa o que é errado colocar ela ai por qualquer motivo que seja, entao mude o nome da caixa para "Coisas Normais" que ai fica "menos pior" e ai você se acostuma e nao fere mais pessoas por causa de suas bobagens de classificação.

p.s - eu nao li nenhuma palavra do seu post, só precisei ler os comentários para saber que é algo que nao vai acrescentar nada em mim e que a pessoa que escreveu tem a mente 95% trancada a 9 chaves em uma caixa de papelão e que a unica coisa que precisa e de conhecimento e experiencia de vida para ter bom-censo quanto a esse assunto o suficiente para achar as chaves ou para ignorar elas e rasgar a caixa de papelão.


P.S. Ser Sup é ser mãe, ser filho é ser rebelde !
- I'm the best Sup. I really am, sue me! -





Highlighted

@OP Bom. Já faz uns anos que te conheço e que você participa do fórum, então acredito que você não seja mais tão "jovem" digamos assim, pois muitos anos se passaram desde que participo do fórum (7 anos).
O seu problema é que você meio que parou no tempo, seus textos e seus discursos não conseguem manter um tema central, eles pecam demais em coerência e coesão; e não são claros nos pontos e objetivos que você almeja alcançar. E suas ideias são estagnadas, você não evolui mentalmente e psiquicamente.
Você mistura dezenas de assuntos, pega exceções e tenta as transformar em regra e não demonstra conhecimento algum sobre os assuntos que você quer retratar. Quando você vai escrever uma dissertação como a qual você tentou aqui, geralmente é bom trazer dados informativos de outras fontes para reforçar suas argumentações.

Mas vou tentar responder seu tópico, mesmo achando ele muito fragmentado e com muito dificuldade de entendê-lo.

Mulheres, negros, LGBTs e outras minorias muitas vezes se juntam por que eles são os únicos que entendem 100% seus grupos, suas perspectivas na sociedade, suas dificuldades, barreiras e preconceitos que sofrem.
O verdadeiro preconceito da sociedade é muitas vezes invisível. Pessoas mudam de conduta, desfavorecendo esses grupos involuntariamente por que o preconceito provém de raízes inconscientes.

Vou dar um exemplo do verdadeiro perigoso preconceito que existe:
João trabalha 6 anos na empresa X. E sempre trabalhou normalmente no meio de colegas e ninguém nunca reclamou dele. Ele sempre foi muito ético e efetivo em seu trabalho.
Um dia a empresa resolve fazer um churrasco, todos estão lá descontraídos, conversando e tals, e todos falando sobre várias coisas parecem super mente aberta. Daí João confortável, não vê problema algum em falar que é homossexual.
E ele fala normalmente sobre o marido dele, já que todos estão falando de seus relacionamentos.

Daí alguns colegas de trabalho e os gerentes estão lá.
Maria já se exalta: "Que legal amigo, eu não sabia que você era homossexual, eu adoro os gays!!! Agora vou poder te convidar para ir nos shoppings e etc!" (Como se não pudesse antes, e como se todos gays gostassem de atividades assim).
Daí George fala: Pô Brother, firmeza isso. Um dia traz seu marido para gente conhecer nesse churrasco.
Daí Mário diz: Muito legal isso, hoje em dia a gente vive em uma era mais moderna que o pessoal não tem mais problema né!?

Okay, passa uma semana... passa duas semanas...
Daí Maria chega para Mário...: "Hum, sabe que ultimamente o João não tá rendendo muito no trabalho?
E então Mário responde: Pois é, também ouvi dizer que ele anda conversando demais e fazendo fofoquinhas.
Passa mais uma semana:
George vai conversar com o João, os dois estão conversando lá exatamente como sempre conversaram nos últimos 6 anos, daí João fala um pouco mais sério sobre sua sugestão no projeto de trabalho e George acha ofensivo.
George chega para os colegas e fala: Poxa, o João foi bem estúpido e ofensivo, não está sendo legal trabalhar com ele.

Os colegas de trabalho chegam para o gerente e falam que João anda tendo comportamento não muito ético, não está colaborando e fofoca sobre o pessoal pelas costas.
No outro dia o gerente demite João.

O mesmo exemplo acima acontece com negros e mulheres.

Isso!! Esse é o verdadeiro preconceito que acontece!! As pessoas acham que discriminação é o que mulheres, gays e negros temem. Mas não, é todo um comportamento modificado por preconceito latente, inconsciente e involuntário que é desencadeado.

Por exemplo, você é uma pessoa que demonstra muito, mas muito, muito preconceito "invisível", pois você se demonstra sempre incomodado com qualquer assunto relacionado à minorias, e mesmo indiretamente (por tabela) iria de alguma forma prejudicar essas pessoas.

Tipos de pessoas como você são as mais perigosas. Pois são aquelas pessoas que estão com o "ódio/preconceito" ali guardado, latente. E quando surge qualquer pretexto, qualquer fenda, qualquer oportunidade, qualquer brecha vão atacar.
Quando vemos casos de trans sendo espancados, ou etc, geralmente são grupos que uns encorajam o outro atavés de um impulsionismo de instinto gregário (https://pt.wiktionary.org/wiki/instinto_gregário), dando assertividade a esse preconceito latente, e assim as pessoas "liberam" isso.

Acredite, esses grupos, a minoria tem uma "antena" exaustiva ligada 24 horas por dia, e é muito exaustiva. E muitas vezes agem de formas exageradas, equivocadas e extremas por que vivem em constante medo, medo que é instalado durante anos, aos poucos se enraizando em suas mentes por causa de preconceito sofrido. E preconceito é sofrido em milhares de maneiras, e está muito longe de ser apenas discriminatório ou de assédio. Por sinal o discriminatório é tão tosco que é o menos impactante. Os piores são os que sistematicamente e gradativamente acabam com a autoestima e senso de auto-valor da pessoa.
Enquanto quando você vê uma feminista sendo agressiva, ou um grupo gay fazendo ativismo, acredite, eles sofreram por muitos anos, e muito medo 24 horas de suas vidas, chegando ao ponto até de ser desnecessário tanto medo, mas acabou virando uma neurose involuntária de tanto medo que sofrem, por causa do preconceito constante.

Então cara, deixa todas essas pessoas em paz. Elas precisam de paz, ficarem quietas no canto delas e no espaço delas.
E os hetéros CIS brancos tem que ir cuidar de sua vida e parar de se preocupar e meter o bedelho na vida dessas pessoas.
Vai cuidar dos seus assuntos, da sua vida sexual, do seu emprego, dos seus grupos e gostos e deixa essas pessoas com a vida delas.

No mais é só isso que tenho para te falar.
Se o estilo de vida, gostos, ou conduta dentro de seus grupos dessas pessoas te incomoda. Eu acho que seria bom você iniciar uma terapia.
Terapias são muito saudáveis, eu já fiz várias e pretendo fazer até o fim da vida.

 PS: Você gosta de alguém se metendo na sua vida sexual? Ditando regras e condutas de como você deve agir e ser sexualmente? De como você deve se portar, o que vestir ou etc?! As palavras que deve usar por ser mulher, ou ser um gay respeitável e aceitável?!
 Agora cara, imagina o que é você ser homossexual, mulher e TODO MUNDO, a sociedade inteira fica falando da sua vida sexual, da sua conduta, de como tem que agir, a quantidade que tem que fazer sexo, como deve ser portar, o que pode ou não vestir. Isso ou aquilo é inaceitável ou aceitável!?
 E tem coisa pior, essas pessoas ainda querem decidir os direitos que você tem ou não tem.
 O que você pode ou não fazer na rua. Se você tem direitos de casar, ter filhos, ou etc. Os lugares que pode frequentar.

 VOCÊ GOSTA DE ALGUÉM SE METENDO NA SUA VIDA?! AGORA TENTA IMAGINAR ISSO A CADA SEGUNDO QUE VOCÊ RESPIRA!!!
 Tenta imaginar o que é você apenas querer viver, e os outros, OS OUTROS CARA, estão tentando decidir tudo sobre a sua vida a cada momento. É O VERDADEIRO PORRE!!! Deixa as pessoas viverem!!! Ninguém tem nada com isso.

 Sou a favor de tudo, aborto, casamento homoafetivo, drogas, etc, etc. Deixa as pessoas serem, apenas...
 IT'S THEIR **bleep**ING  OWN PROBLEM!
 Olha eu por exemplo, nunca bebi nem um gole de álcool na vida. Nem um sequer. Sou careta ao extremo e nunca tocaria em uma droga.  Mas sou totalmente a favor da liberação das drogas.
 Se o cara quer usar cocaína até assar o nariz e morrer de Overdose, o problema é dele!!!! Eu estou nem aí, a vida é dele, a escolha é dele, e desde que não interfira na minha, vai pela sombra.
 Errado é ficar cuidando, se importar e querer controlar a vida dos outros.

Highlighted

A guerra de classes ataca novamente...
Highlighted

​COMO EU MELHORO? COMO EU DESCUBRO ONDE EU ERRO? COMO EU DESCUBRO A SLUÇÃO? COMO QUE EU PICKO CHAMP PRA JOGAR?
Highlighted

Highlighted


@Shiro chan escreveu:
Do meu ponto de vista, eu o auto proclamado "Mente Aberta do Ano por 19 anos seguidos", digo que:

Nao importa o genero, o sexo, a opção sexual O C@RALH0 A4 QUE SEJA você nao deve julgar a pessoa ate porque se você julga você nao à conhece nem um pouco, seja mente aberta como eu, se encontrar um gay, um by, um trans, "O C@RALH0 A4 QUE SEJA" trate com respeito e como uma pessoa normal porque é isso que ela é, e merece.

A partir do momento que você esta julgando este tipo de coisa de uma pessoa, você esta a colocando em uma caixa e dizendo que o que tem nesta caixa é errado, se você nao consegue parar de colocar pessoas em caixa o que é errado colocar ela ai por qualquer motivo que seja, entao mude o nome da caixa para "Coisas Normais" que ai fica "menos pior" e ai você se acostuma e nao fere mais pessoas por causa de suas bobagens de classificação.

p.s - eu nao li nenhuma palavra do seu post, só precisei ler os comentários para saber que é algo que nao vai acrescentar nada em mim e que a pessoa que escreveu tem a mente 95% trancada a 9 chaves em uma caixa de papelão e que a unica coisa que precisa e de conhecimento e experiencia de vida para ter bom-censo quanto a esse assunto o suficiente para achar as chaves ou para ignorar elas e rasgar a caixa de papelão.

Em boa parte pois quem respondeu tambem não entendeu meu texto. Se você tivesse lido, saberia que a sua parte do "pondo em uma caixa" não faz sentido sobre o que eu disse.

Highlighted

Vou respondendo enquanto leio:

 

"Mulheres, negros, LGBTs e outras minorias muitas vezes se juntam "

 

Legal que você não conseguiu ler as cinco vezes que citei que não era uma questão de genero/sexualidade/etc e sim de ideias...

 

"
Daí alguns colegas de trabalho e os gerentes estão lá.
Maria já se exalta: "Que legal amigo, eu não sabia que você era homossexual, eu adoro os gays!!! Agora vou poder te convidar para ir nos shoppings e etc!" (Como se não pudesse antes, e como se todos gays gostassem de atividades assim).
Daí George fala: Pô Brother, firmeza isso. Um dia traz seu marido para gente conhecer nesse churrasco.
Daí Mário diz: Muito legal isso, hoje em dia a gente vive em uma era mais moderna que o pessoal não tem mais problema né!?"

 

Me desculpa, mas essas frases são trão cringe qe ficaram parecendo as tirinhas de Overwatch da Coca-Cola.

 

"
Okay, passa uma semana... passa duas semanas...
Daí Maria chega para Mário...: "Hum, sabe que ultimamente o João não tá rendendo muito no trabalho?
E então Mário responde: Pois é, também ouvi dizer que ele anda conversando demais e fazendo fofoquinhas.
Passa mais uma semana:
George vai conversar com o João, os dois estão conversando lá exatamente como sempre conversaram nos últimos 6 anos, daí João fala um pouco mais sério sobre sua sugestão no projeto de trabalho e George acha ofensivo.
George chega para os colegas e fala: Poxa, o João foi bem estúpido e ofensivo, não está sendo legal trabalhar com ele.

Os colegas de trabalho chegam para o gerente e falam que João anda tendo comportamento não muito ético, não está colaborando e fofoca sobre o pessoal pelas costas.
No outro dia o gerente demite João."

 

Me desculpe, mas isso ja é esquizofrenia e vitimismo achar que isso foi apenas por conta dele ser gay quando estes o receberam bem da primeira vez. Isso não tem respaldo alguma na realidade, apenas na interpretação enviezada de alguem com sindrome de panico.

 

"O mesmo exemplo acima acontece com negros e mulheres."

Tirando o fato de que é impossivel colocar negros/mulheres no seu exemplo.

 

 

"Tipos de pessoas como você são as mais perigosas. Pois são aquelas pessoas que estão com o "ódio/preconceito" ali guardado, latente. E quando surge qualquer pretexto, qualquer fenda, qualquer oportunidade, qualquer brecha vão atacar.
Quando vemos casos de trans sendo espancados, ou etc, geralmente são grupos que uns encorajam o outro atavés de um impulsionismo de instinto gregário (https://pt.wiktionary.org/wiki/instinto_gregário), dando assertividade a esse preconceito latente, e assim as pessoas "liberam" isso."

 

Parabens, em tres linhas me comparou à espancadores, isso ta quase um ad Hitlerum...

Tambem é engraçado citar "E quando surge qualquer pretexto, qualquer fenda, qualquer oportunidade, qualquer brecha vão atacar." que é o que EXATAMENTE os grupos que eu citei que sou contra fazem, mas tu não sabe diferenciar individuos LGBT do grupo LGBT politico...

 

"Acredite, esses grupos, a minoria tem uma "antena" exaustiva ligada 24 horas por dia, e é muito exaustiva. E muitas vezes agem de formas exageradas, equivocadas e extremas por que vivem em constante medo, medo que é instalado durante anos, aos poucos se enraizando em suas mentes por causa de preconceito sofrido."

 

Sim, e isso não é normal, sindrome do panico nescessita de acompanhamento psicologico, não romantização.

 

"Enquanto quando você vê uma feminista sendo agressiva, ou um grupo gay fazendo ativismo, acredite, eles sofreram por muitos anos, e muito medo 24 horas de suas vidas, chegando ao ponto até de ser desnecessário tanto medo, mas acabou virando uma neurose involuntária de tanto medo que sofrem, por causa do preconceito constante."

 

E dai? Fazer o errado continua errado, não vou passar a mão pra ninguem por conta disso.

Se alguem quer tanto ser tratado "Como qualquer um", que tal parar de trazer essa carta do "sofrimento por muitos anos" toda vez que se leva uma critica e aceitar de frente, como qualquer um, que você quer ser tratado como, faz?

 

"Então cara, deixa todas essas pessoas em paz. Elas precisam de paz, ficarem quietas no canto delas e no espaço delas.
E os hetéros CIS brancos tem que ir cuidar de sua vida e parar de se preocupar e meter o bedelho na vida dessas pessoas.
Vai cuidar dos seus assuntos, da sua vida sexual, do seu emprego, dos seus grupos e gostos e deixa essas pessoas com a vida delas."

 

Mas obviamente, sua logica não se aplica a mesma para tais grupos, certo?

E por favor, ENTENDA: Não existe "o hetero", "o cis" ou etc, existem pessoas.

 

"No mais é só isso que tenho para te falar.
Se o estilo de vida, gostos, ou conduta dentro de seus grupos dessas pessoas te incomoda. Eu acho que seria bom você iniciar uma terapia.
Terapias são muito saudáveis, eu já fiz várias e pretendo fazer até o fim da vida."

 

Pessoas com sindrome do panico não precisam fazer terapia, mas eu, que me incomodo com arrogancia, prepotencia, vaidade, egocentrismo e outros vicios, preciso, é brincadeira né?

Estas pessoas não estão excluidas de tais grupos por serem mulheres, homossexuais, etc, mas sim por alimentarem estes vicios, a minha pergunta central foi: Por que coincidentemente, acabam sendo mulheres, homossexuais e etc?

 

" Agora cara, imagina o que é você ser homossexual, mulher e TODO MUNDO, a sociedade inteira fica falando da sua vida sexual, da sua conduta, de como tem que agir, a quantidade que tem que fazer sexo, como deve ser portar, o que pode ou não vestir. Isso ou aquilo é inaceitável ou aceitável!?"

 

Sim, em uma sociedade existem regras para o bem de todos.

Alias, "sociedade inteira"? Sim, semanalmente 8 bilhões de pessoas se reunem em um auditorio pra discutir como as pessoas devem agir /s

 

" E tem coisa pior, essas pessoas ainda querem decidir os direitos que você tem ou não tem."

Seus direitos são apenas os direitos naturais: Propriedade, liberdade de expressão, liberdade de associação e busca pela felicidade, o resto é positivismo...

 

" VOCÊ GOSTA DE ALGUÉM SE METENDO NA SUA VIDA?! AGORA TENTA IMAGINAR ISSO A CADA SEGUNDO QUE VOCÊ RESPIRA!!!"

É cara, é tipo, uau, ESQUIZOFRENIA

 

" Olha eu por exemplo, nunca bebi nem um gole de álcool na vida. Nem um sequer. Sou careta ao extremo e nunca tocaria em uma droga.  Mas sou totalmente a favor da liberação das drogas.
 Se o cara quer usar cocaína até assar o nariz e morrer de Overdose, o problema é dele!!!! Eu estou nem aí, a vida é dele, a escolha é dele, e desde que não interfira na minha, vai pela sombra."

 

Não cara, isso é degeneração.

 

O mais incrivel é tu fazer um post inteiro falando sobre minorias quando meu texto inteiro foi sobre IDEIAS

 

Durante meu post inteiro, enquanto você tratava minorias como seres esquizofrenicos que não conseguem viver como qualquer outra pessoa e são "obrigados" a serem rebeldes sem causa, eu as tratei como trato qualquer um, no final quem foi o mais "igualitario"?

Highlighted

@Sky01Você por acaso tem algum outro discurso além de Dialética erística e Non Sequitur?

Pois você não consegue elaborar nada além disso. E você parece um simulador humano de dialética erística e Non Sequitur.
É patético cara. Você consegue alcançar o cúmulo do ridículo tentando distorcer contextos e lógicas ao ponto onde se torna irreconhecivelmente humano, e me aparenta somente reconhecível para você e sua lógica contundente particular.

Highlighted


@Macdealer escreveu:

@Sky01Você por acaso tem algum outro discurso além de Dialética erística e Non Sequitur?

Pois você não consegue elaborar nada além disso. E você parece um simulador humano de dialética erística e Non Sequitur.
É patético cara.


Tenho, meu tópico esta cheio.

Agora quero ver você citar todos os Non Sequitur que diz ter...

 

Fazer o que, refuto o cara e ele me vem de ad Hominem, dai é foda...

Highlighted


@Sky01 escreveu:

@Macdealer escreveu:

@Sky01Você por acaso tem algum outro discurso além de Dialética erística e Non Sequitur?

Pois você não consegue elaborar nada além disso. E você parece um simulador humano de dialética erística e Non Sequitur.
É patético cara.


Tenho, meu tópico esta cheio.

Agora quero ver você citar todos os Non Sequitur que diz ter...

 

Fazer o que, refuto o cara e ele me vem de ad Hominem, dai é foda...


Cara, eu editei meu comentário e adicionei um pouquinho mais nele.
 Mas enfim, você não tem cultura, você não tem conhecimento, você não tem informação.
 Sabe o que você tem? Uma cabeça evidentemente feita por Nando Mouras da vida, Bolsonaro e etc. Que usam esses termos sem ter o mínimo de inteligência e capacidade somente para forjar uma imagem pseudo intelectual e encantar, hipnotizar mentes fracas enquanto eles manipulam, ganham em cima e ordenham monetariamente essas pessoas pobres ignorantes.
 Meu amigo, com 17 anos de idade eu estava escrevendo artigos aplaudidos sobre arquétipos do inconsciente profundo. Hoje com 30 eu não tenho a mísera paciência para responder geração Nando Mourinetes ou Bolsominions.

 Se eu quisesse eu te destruíria em um texto só aqui do qual você teria que passar semanas pesquisando os termos dele e tentando entender.
 Eu tenho 30 anos, não tenho mais paciência para adolescentes rebeldes com psique estagnada e complexos de subversividade. E não gastaria minha energia mental e capacidade em um fórum de LOL né.
 Então me poupe..., com 30 anos de idade já eu mereço um descanso.

Highlighted

E o pior de tudo é que eu nem deveria usar termos como Dialética Erística e Non Sequitur, por que provavelmente você vai acabar aprendendo esses termos só para usar eles nos seus futuros embates virtuais com outras pessoas, para tentar vencer argumentos para legitimar suas visões retrógradas e escarnosas, e tentar ganhar debates sem fundamentos que só tem base egomaníaca.
 Então no mais não vou falar mais. Não vou te armar e te deixar mais perigoso te ensinando vocabulários avançados, que você irá usar em seus intuitos sujos.

Highlighted


@Macdealer escreveu:

E o pior de tudo é que eu nem deveria usar termos como Dialética Erística e Non Sequitur, por que provavelmente você vai acabar aprendendo esses termos só para usar eles nos seus futuros embates virtuais com outras pessoas, para tentar vencer argumentos para legitimar suas visões retrógradas e escarnosas, e tentar ganhar debates sem fundamentos que só tem base egomaníaca.
 Então no mais não vou falar mais. Não vou te armar e te deixar mais perigoso te ensinando vocabulários avançados, que você irá usar em seus intuitos sujos.


Yep, arrogante como eu citei.

Não, eu nem ao menos sou fã do Bolsonaro, nem inscrito do Nando Moura.

 

Visões retrogradas e escarnosas? **cogumelo do teemo** que pariu, pra alguem que se descreve como "futuro ganhador do Nobel" não entendeu até agora que meu texto não é contra minorias e que inclusive cita os casos de minorias bem integradas a comunidade?

Qual a minha visão retrograda? Qual a minha visão escarnosa? Não problema nenhum em alguem ser gay, reconheço transexualidade como algo biologico, nem sou contra miscigenação, nem defendo eugenia ou racismo, então qual a minha visão retrograda?

 

Pra alguem que ja era uma "criança iluminada" aos 17 anos você é bem burro, cara...

Highlighted

@Sky01 Eu não tenho memória curta. Eu lembro muito bem de outros tópicos e comentários seus. Não estou me baseando só nesse texto. Até agora eu só não entendi por que esse novo fórum não veio com bloquear como tem no fórum da Blizzard.
Com um clique eu poderia ocultar suas postagens para sempre. T^T
Highlighted

"Eu lembro muito bem de outros tópicos e comentários seus"

Pois eu não, manda eles aqui :v

 

"Com um clique eu poderia ocultar suas postagens para sempre. T^T"

Pois eu falo a verdade?

Alem de que em nenhum dos seus posts você falou sobre o ponto central do meu topico, preferiu ficar falando sobre minorias, o que nunca foi o tema do meu tópico.

Nem ao menos provou que eu sou um "retrogrado malvadão"

Highlighted

"Pois eu falo a verdade?", cara sabe como isso soa? Você é uma piada, sinceramente. Responde todos argumentos com conceitos infundados. Você não sabe argumentar, por isso ninguém debate com você, não é porque cê traz verdades inconvenientes, para de ser assim, se esforce pra ver seus erros e tente ser uma pessoa melhor, ainda é jovem, tem tempo.

Highlighted


@BIue Pearl escreveu:

"Pois eu falo a verdade?", cara sabe como isso soa? Você é uma piada, sinceramente. Responde todos argumentos com conceitos infundados. Você não sabe argumentar, por isso ninguém debate com você, não é porque cê traz verdades inconvenientes, para de ser assim, se esforce pra ver seus erros e tente ser uma pessoa melhor, ainda é jovem, tem tempo.


E quais são meus erros? Que eu não vi um até agora

Highlighted


@Sky01 escreveu:

@BIue Pearl escreveu:

"Pois eu falo a verdade?", cara sabe como isso soa? Você é uma piada, sinceramente. Responde todos argumentos com conceitos infundados. Você não sabe argumentar, por isso ninguém debate com você, não é porque cê traz verdades inconvenientes, para de ser assim, se esforce pra ver seus erros e tente ser uma pessoa melhor, ainda é jovem, tem tempo.


E quais são meus erros? Que eu não vi um até agora


Começa pela falta de introspecção, pelo uso de falácias lógicas pra argumentar pro seu lado, pela hipocrisia de criticar uma atitude que considera tóxica enquanto aceita outra atitude que outros consideram tóxica sem questionar

Basicamente você tá partindo do pressuposto de que se não te afeta, não deve afetar ninguém, e que se te afeta, deve afetar todo mundo

Você tá vendo ofensas onde não existem e não vendo ofensas onde existem, usando argumentação de que as pessoas deveriam ser mais resilientes a ofensas como no "grupo da macacada do CS" enquanto se sente ofendido pelo grupo que reage a isso ofendendo de sua própria forma, exatamente para causar reações como a sua e abrir os olhos da população

Essa thread já tá bom de ser fechada, tá indo numa direção muito, mais muito perigosa

Highlighted

TOP 5 ERROS DO 01, O QUARTO VAI TE SURPREENDER:

1- "não era uma questão de genero/sexualidade/etc e sim de ideias" (Você ta perguntando porque quem é excluido é LGBT ou mulher, isso tem a ver com sexualidade e genero, ele ta tentando te explicar porque esses grupos tem tais ideias.)

 

2-"Me desculpe, mas isso ja é esquizofrenia e vitimismo achar que isso foi apenas por conta dele ser gay quando estes o receberam bem da primeira vez. Isso não tem respaldo alguma na realidade, apenas na interpretação enviezada de alguem com sindrome de panico." (Além de te desculpar vou tentar te tornar uma pessoa mais sabida, ele acabou de ILUSTRAR não literalmente, já que você pode argumentar que não tinha nenhum desenho um fenomeno corriqueiro para minorias, pessoas se esforçando pra aparentarem ser legais porque sabem que é o decente a se fazer e depois mostrando sua verdadeira face.)

 

3-"Tirando o fato de que é impossivel colocar negros/mulheres no seu exemplo." (Ele quis dizer que negros e mulheres também vêm a ser tratadas normalmente em rodas de colegas quando dentro, mas quando estão fora são mal falados, sendo até prejudicados no ambito profissional. Por dentro os colegas ainda são intolerante.) Ps.: Melhore sua interpretação.

 

4-"E dai? Fazer o errado continua errado, não vou passar a mão pra ninguem por conta disso." (Sabe, tem um livro bem interessante chamado 'O caso dos exploradores de Cavernas', sobre colegas exploradores que ficaram presos em uma caverna e para não morrerem de fome tiraram na sorte quem eles comeriam, quem propos tirar na sorte foi o que acabou sendo o escolhido, assassinato é crime, continua sendo crime?)

 

5-"E por favor, ENTENDA: Não existe "o hetero", "o cis" ou etc, existem pessoas." (E por favor, ENTENDA: Existe "o hetero", "o cis" ou etc.)

Ps.: só os error mais obvios e de conceitos basicos

Highlighted




Basicamente você tá partindo do pressuposto de que se não te afeta, não deve afetar ninguém, e que se te afeta, deve afetar todo mundo

 

É exatamente isso, parabens para nosso colega pela invejavel capacidade de sintese.