cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Rapôsinha
Arauto
Arauto

Vestibular

Ir para a solução

hey gente como vão?

Bom estamos começando o ano e queria conversar com vocês um pouco sobre vestibular.

Bom pra inicio de conversa: já pensaram em qual vestibular fazer? se sim qual???

 

Qual a minha ideia: criar uma pequena "sala de estudos" para nós. Isso ajudaria um teco na hora de estudar e jogar XD

1 SOLUÇÃO ACEITA

Soluções aceitas
reig o mago
Aronguejo
Aronguejo

Acabei de passar na lista da Unesp no curso que eu queria hoje(02/02/18) ,e vou dizer: estudar para vestibular é uma tarefa árdua e repetitiva ,foram 3 anos de esforço contínuo no ensino médio para atingir esse objetivo,se vc quer passar vc precisa praticar sempre e estudar todos os dias ,vão ter dias em que vc vai estar esgotado e cansado para caramba ,porém não desista ,mesmo que vc não passe de primeira ,isso é normal. Eu estudei numa escola bem focada para isso e mesmo assim tiveram amigos meus  que não passaram,não porque eles não se esforçaram,não porque eles não deram o máximo de si ,mas sim porque nem sempre se atinge um resultado equivalente ao seu esforço.

O vestibular brasileiro é bem cruel por causa disso,ele resume tudo aquilo que vc adquiriu de conhecimento em um único ou em uns dois  dias ,se vc estiver mal no psicológico em um desses dias por alguma causa externa ,vc já será prejudicado,se vc se atrasa porque algo bizarro aconteceu,vc tem que esperar UM ANO para tentar de novo,se roubam a sua carteira alguns dias antes da prova ou no dia da prova(porque tem uns ladrões que ficam nas portas  dos locais do exame só para roubar desavisados),vc perdeu os documentos que vc precisava para se identificar e não vai poder fazer a prova.

As únicas certezas que eu posso te dar nesse quesito são : estude com empenho,  seja compreensivo consigo mesmo ( cuide da sua saúde , descanse às vezes,saia com seus amigos uma vez por mês para relaxar,não se importe tanto se o seu desempenho escolar cair,porque vc não vai estar estudando para as provinhas da escola mas sim para "A PROVA  DO VESTIBULAR"),e não fique nervoso ,se vc seguir essas dicas vc passa cedo ou tarde,mas vc ainda passa.

E lembre-se existe uma vida  fora do vestibular,vc não é um número de inscrição ,vc não é um resultado do ENEM,vc é uma pessoa ,que como qualquer pessoa passa por momentos bons e ruins na vida e esse é só mais um deles

Ver Resposta em Destaque no post original

11 RESPOSTAS
reig o mago
Aronguejo
Aronguejo

Acabei de passar na lista da Unesp no curso que eu queria hoje(02/02/18) ,e vou dizer: estudar para vestibular é uma tarefa árdua e repetitiva ,foram 3 anos de esforço contínuo no ensino médio para atingir esse objetivo,se vc quer passar vc precisa praticar sempre e estudar todos os dias ,vão ter dias em que vc vai estar esgotado e cansado para caramba ,porém não desista ,mesmo que vc não passe de primeira ,isso é normal. Eu estudei numa escola bem focada para isso e mesmo assim tiveram amigos meus  que não passaram,não porque eles não se esforçaram,não porque eles não deram o máximo de si ,mas sim porque nem sempre se atinge um resultado equivalente ao seu esforço.

O vestibular brasileiro é bem cruel por causa disso,ele resume tudo aquilo que vc adquiriu de conhecimento em um único ou em uns dois  dias ,se vc estiver mal no psicológico em um desses dias por alguma causa externa ,vc já será prejudicado,se vc se atrasa porque algo bizarro aconteceu,vc tem que esperar UM ANO para tentar de novo,se roubam a sua carteira alguns dias antes da prova ou no dia da prova(porque tem uns ladrões que ficam nas portas  dos locais do exame só para roubar desavisados),vc perdeu os documentos que vc precisava para se identificar e não vai poder fazer a prova.

As únicas certezas que eu posso te dar nesse quesito são : estude com empenho,  seja compreensivo consigo mesmo ( cuide da sua saúde , descanse às vezes,saia com seus amigos uma vez por mês para relaxar,não se importe tanto se o seu desempenho escolar cair,porque vc não vai estar estudando para as provinhas da escola mas sim para "A PROVA  DO VESTIBULAR"),e não fique nervoso ,se vc seguir essas dicas vc passa cedo ou tarde,mas vc ainda passa.

E lembre-se existe uma vida  fora do vestibular,vc não é um número de inscrição ,vc não é um resultado do ENEM,vc é uma pessoa ,que como qualquer pessoa passa por momentos bons e ruins na vida e esse é só mais um deles

Ver Resposta em Destaque no post original

vdd @reig o mago, eu msm fiz faculdade por 2 anos em sjrp, porém não me adaptei com a cidade e vou prestar esse ano pra usp (tentarei a transferencia e a fuvest). desde dezembro estou estudando, tanto é q to jogando pouco...

E concordo ctg, e parabéns pelo seu sucesso ^^

Kyve
Aronguejo
Aronguejo
Já pensei sim XD, estou no segundo ano que me formei no ensino médio e o terceiro ano seguido que tento/vou tentar passar em Engenharia Elétrica na UFPR, mas como é um dos cursos com a média mais alta e bem concorridos nem notas boas ajudavam, sem falar que eu era preguiçoso, vacilava muito deixando de estudar pra ficar jogando ou coisas do tipo.

Mas esse ano vai ser diferente, focar mais nos estudos mas ter um tempo pra descanso que eu jogue lol e thdo mais, pra não ficar cansativo e eu aproveitar melhor, e tem ainda o fato que tenho que focar no meu relacionamento (que vai ser a distância durante os dias da semana kkkk), ou seja, vai ser um ano difícil/complicado, espero que dê tudo super certo.

Aliás, sobre a "sala de estudos" seria interessante xd
Winkyn
Aronguejo
Aronguejo
Não sei oque eu quero não, tô muito preocupada mesmo com oque vai ser do meu futuro. Agora falando sério tô com vontade de chorar bicho

@Winkyn uma coisa q indico vc ir uma semana ir numa univversidade e assistir uma aula de cada curso, aquele q vc mais se interessar, vc assiste e ve se é o q quer de fato.

Uma amiga fez isso e hj se deu super bem na faculdade

@Kyve engenharia realmente é dificil hehehe

eu msm to estudando como se eu quisesse passar pra engenharia, mas quero msm é fisica sdfasdkgsd (sl pq fisica subiu a nota de corte de um jeito caótico)

Terminei o ensino médio no final de 2013. Tinha o plano de prestar vestibular para medicina, mas eu estava desanimado com a concorrência extremamente alta por uma vaga no curso. Em 2014 iniciei o cursinho, e no meio do ano fui aprovado para Direito e Engenharia Civil na UFMS, resolvi largar o sonho de cursar medicina para entrar na engenharia. No começo gostei do curso, tanto que fiz 3 semestres, mas depois vi que não era para mim, o sonho de fazer medicina estava falando mais alto. Em 2016 voltei para o cursinho e então fui aprovado para medicina. Semana que vem voltam minhas aulas, onde cursarei o terceiro período de um total de 12.
O que tenho para dizer é: é normal ter indecisões nessa época da vida, mas também não se deve ter medo de experimentar novos ares, e se não gostar do que escolheu, não se deve ter medo também de voltar atrás e seguir outro caminho.
Cada área específica tem suas melhores instituições, mas no geral, o que eu sugeriria é fuvest, enem, ufsc, ufgd, unicamp, unb, albert einstein (sp), santa casa de são paulo, uem e uel.

Vestibular é fácil demais quando você nasce em uma família burguesa;

Ter acesso ao ensino de qualidade desde a infância e aulas extracurriculares como curso de Inglês. Oficina de redação ? Toda semana, evidentemente. Um lugar calminho para estudar e dinheiro para comprar material de apoio. O privilegiado é o cotista, claro.

E eu confirmo meu ponto: veja só essa menina ridícula desse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=ZW_06tzGUiQ

E a pior coisa é que esses burgueses FILHOS DA P:UTA dispõem de dinheiro suficiente para pagar faculdade privada, mas tem que ir ocupar vaga nas federais, vaga esta que poderia ser a única chance de um pobre ascender socialmente.

OXALÁ morte aos burgueses.

 

Relaxa aí comunistinha. Enquanto você ta enaltecendo as cotas, lembre-se que estudantes de colégios militares, que tem a mesma qualidade de colégios privados, têm direito a utilizar cotas para ingressar nas instituições públicas. Estou estudando agora em uma instituição privada, com muito mais recursos do que a faculdade federal onde estudei, local onde por sinal, tive que enfrentar 3 meses de greve promovidos por sindicatos esquerdistas e com apoio de "estudantes" militontos da esquerda. O bom de estar em uma faculdade privada é que não existem cotas, DCEs de esquerda e muito menos, risco de greves.

Eu assisti aos vídeos de ocupações cheios de perguntas e cortes tendenciosos do Arthur(que aliás é outro priveligiado, saiu da faculdade e foi trabalhar na empresa do papai) com a clara intenção de manipular os idiotas úteis da direita. Se perguntar pra gente da laia dele se teriam o mesmo padrão de vida se tivessem nascido pobre e na favela, não sobraria um.

E você não fez mais do que sua obrigação, se tem dinheiro para pagar uma faculdade privada, o mais sensato é que não ponha os pés em uma pública, e os pobres de direita, que latem o dia todo pedindo a revogação das cotas, que façam o mesmo. O bom de estudar em uma universidade pública, além de não pagar, é o fato de ter uma grande parcela estudantil que reconheceu seus privilégios e agora auxiliam repreendendo fascistas e burgueses dentro da própria universidade.

O post é pra falar sobre vestibular, uma sala de estudos e o futuro do pessoal mas vem gente falar merda de esquerda, direita, ou seja lá o que for...

Facebook é pra lá >>>>>>>>>>>>