cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Fiona
Arauto
Arauto

Você se auto julga?

*Auto Julgamento: Capacidade que o indivíduo tem de se julgar ou julgar suas próprias ações.*

Eu me julgo bastante, principalmente em questão à aparência. Já me disseram que sou uma pessoa "normal", mas sempre me vejo no espelho como um E.T, não gosto de muitas partes do meu corpo, e geralmente me considero inferior as pessoas em muitos sentidos.

Enfim....E você?
28 RESPOSTAS
Dizzie
Lenda
Lenda

Talvez isso seja complexo de inferioridade.
XDragãoDouradoX
Aronguejo
Aronguejo

cara e comum normalmente as pessoas n gostam do
seu corpo por causa do modelo clássico imposto pela sociedade
mas se for algo muito preocupante busque ajuda


@XDragãoDouradoX@  escreveu:
cara e comum normalmente as pessoas n gostam do
seu corpo por causa do modelo clássico imposto pela sociedade
mas se for algo muito preocupante busque ajuda

Não existe "a sociedade", não tem como um coletivo abstrato ser um agente.

Não existe um "padrão de beleza imposto", e mesmo se tivesse, ele não é imposto.

Ivare Enim Euge
Aronguejo
Aronguejo

Claro que sim, se eu não refletisse nas minhas decisões, eu não iria melhorar. Eu também me considero inferior em muitos aspectos, mas há alguns meses procurei ajuda psicológica, que vem me ajudando.

Claro que sim, todas as pessoas que não têm quadro de psicopatia são dotados de um grau de autojulgamento, alguns mais outros menos.

 

Quando você vai comprar um tênis você compra somente pelo conforto? Alguém já viu um homem heterosexual experimentando, comprando, e usando frequentemente uma peça vista como feminina? Como dizer que não há uma imposição de padrões de beleza se você não entra em ambiente formal de chinelos? Se ninguém vai a uma entrevista de emprego sem camisa? Você sairia maquiado como um palhaço todos os dias por aí?

 

Julgamento => juízo. Julgar: Supor, considerar, avaliar, decidir, sentenciar.

 

Como ser social, você não vai abrir mão dessa condição por causa de uma peça de roupa, você vai ceder em algum aspecto para se encaixar num grupo.

 

Até as feministas de extrema, que costumam fazer fortes criticas aos padrões sociais de moda, estão em grupos.

 

O grande problema dos jovens é o medo de viverem isolados dos grupos, em especial aos das pessoas da mesma idade.

 

"Transtorno dismórfico corporal (TDC) é um diagnóstico psiquiátrico que caracteriza o indivíduo com uma intensa preocupação quanto a um defeito imaginário ou mínimo em sua aparência levando a sofrimento clinicamente significativo ou prejuízo no funcionamento social, profissional ou em outras áreas importantes da vida do indivíduohttps://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_dism%C3%B3rfico_corporal

 

"No caso dos jovens adolescentes de ambos os sexos, poderá estar ligada a problemas de autoimagem, dismorfia, dificuldade em ser aceito pelo grupo, ou em lidar com a sexualidade genital emergente, especialmente se houver um quadro neurótico (particularmente do tipo obsessivo-compulsivo) ou história de abuso sexual ou de bullying.https://pt.wikipedia.org/wiki/Anorexia_nervosa

>Quando você vai comprar um tênis você compra somente pelo conforto?

Sim.

>Alguém já viu um homem heterosexual experimentando, comprando, e usando frequentemente uma peça vista como feminina? 

Sim

>Como dizer que não há uma imposição de padrões de beleza se você não entra em ambiente formal de chinelos?

Eu entro

>Se ninguém vai a uma entrevista de emprego sem camisa?

Isso são padrões da empresa

>Você sairia maquiado como um palhaço todos os dias por aí?

Não, e dai?

 

>você vai ceder em algum aspecto para se encaixar num grupo.

Não vou, não sou gado.

 

>O grande problema dos jovens é o medo de viverem isolados dos grupos, em especial aos das pessoas da mesma idade.

Sim, eu ja tive isso, alias, tenho até hoje em forma da minha ansiedade social.

A diferença é que eu luto contra isso pois quero ser livre.

 

>Transtorno dismórfico corporal (TDC)

Você mesmo admitiu ser um transtorno, alguem que tem um transtorno precisa de tratamento pelo proprio bem.

 

 

 

@Sky01
Então começa a escrever suas teorias sociológicas. Você respondeu pontualmente eventos isolados sem argumentar nada.

>Até as feministas de extrema, que costumam fazer fortes criticas aos padrões sociais de moda, estão em grupos.

Isso se da por conta de que essa ideologia torpe e nojenta se advem do coletivismo. Coletivismo, a ideologia que interpreta toda a realidade em grupos, que ignora a existencia do individuo. 

 

Alias, se quer exemplos: Desde a pré-escola eu nunca usei tenis na escola.

Ah, e a foto do e-mail que eu uso na faculdade é uma loli de lingerie de tigre.

 

>Então começa a escrever suas teorias sociológicas. Você respondeu pontualmente eventos isolados sem argumentar nada.

 

Não é sobre teoria sociologica, mas se quer algo, simplesmente va pelo individualismo. Simplesmente defenda o que é certo, mesmo que todo o resto do mundo defenda o que é errado.

Alguem lhe chama de feio? Você tem duas opções:

1: De uma dofa-se pra isso e seja feliz

2: Procure tornar-se mais belo

A escolha é apenas da pessoa.

 

Mas se quiser respostas, me pergunte as perguntas certas, não tenho problema nenhum em responder.

 

Quando você citou que tem ou teve Ansiedade Social, fui buscar o que era exatamente: 

 

"Ansiedade social refere-se ao nervosismo ou desconforto em situações sociais, habitualmente devido ao medo que a pessoa tem de poder fazer alguma coisa que possa ser embaraçoso ou ridículo, ou na qual possa causar má impressão, ou que possa ser julgada, criticada ou avaliada negativamente por outras pessoas.https://www.oficinadepsicologia.com/ansiedade-social/

 

Dei uma lida direitinho, e vi que o tratamento se da a cada indivíduo. Assim, não acredito que eu tenha conhecimento de psicologia o suficiente pra conhecer o seu quadro, assim como, nem sei se eu e você compreendemos o ser social pra isso.

 

Quando eu cito o tênis confortável, me parece que já há uma quebra de ideias. Como pode uma pessoa que alega ter a tal Ansiedade Social me falar que não vai se preocupar com as pessoas na rua o tempo todo apontando o dedo e rindo? Acredito que você vive uma realidade paralela em que tudo é uma luta, pelo conceito, mesmo que seja a soluções quaisquer. Quero dizer, não sei se você consegue pensar a coisa da forma como eu penso...

 

Enfim, fica aí o espaço pra você nos contar, se quiser, como foi superar isso. Você acreditar que não exista um padrão de beleza imposto, pode ser um pilar da sua condição de viver em paz, que eu não pretendo modificar.

>Como pode uma pessoa que alega ter a tal Ansiedade Social me falar que não vai se preocupar com as pessoas na rua o tempo todo apontando o dedo e rindo?

 

Se alguem se ve no direito de vilipendiar, humilhar, agredir e difamar um ser humano inocente por algo tão trivial como não gostar do tenis desta, logo esta pessoa para de agir como um humano racional e passa a agir como um ser bestializado.

Nesse caso, você tem duas escolhas:

1- Não dar uma fo🅱a pra isso, afinal quem o fez não é um ser humano decente.

2-Responder como se responde há uma besta, com violencia.

 

Ambas funcionam.

Não é sobre "não se preocupar", é sobre não deixar tal sensação influenciar na sua vida.

 

>Enfim, fica aí o espaço pra você nos contar, se quiser, como foi superar isso.

É algo terrivel, inclusive algo que me ataca quando eu estou vendo um video, um filme ou algo do tipo até mesmo se eu estiver sozinho. Eu acabo instintivamente pausando pelaq sensação ser muito ruim, as vezes sento em cima de minhas proprias mãos para evitar isso. Quando acontece pessoalmente, eu não consigo falar direito, eu não consigo pensar direito, eu não consigo ser eu, eu me preocupo demais com as reações, tenho que pensar e re-pensar cada fala minha, cada gesto meu, as vezes me imagino só fugindo de toda aquela situação, me tornando a par dela. Eu tenho ataques disso até quando recebo sermões na internet, pra não dar isso eu tenho que printar o sermão e ler no print.

 

>Você acreditar que não exista um padrão de beleza imposto, pode ser um pilar da sua condição de viver em paz, que eu não pretendo modificar.

 

Existem padrões de beleza pois beleza é algo objetivo, mas nenhum deles é "imposto". Ninguem vai ser multado por ser feio. Essa coisa de "padrões impostos" era algo que eu pensava lá no ensino medio, dai fui descobrir que era tudo coisa da minha cabeça.

Não tem ninguem ativamente impondo nada.

 

E não é algo que eu resolvi, é algo com que eu lido ocasionalmente pra ser livre.

 

 

Psicologia é para os fracos.
Por quê perder tempo estudando e acreditar em teorias pseudo-científicas sem comprovação real ou credibilidade no meio acadêmico internacional ?

Acho que o motivo por trás dessas "doenças" irreais, como a depressão, é que as pessoas dão credibilidade demais a essaas ciências ilegítimas.

Se você ou a sociedade em que você está inserido acreditam que condições de saúde ilusórias são reais, aquilo vai lhe afetar. A grande culpada disso, além das instituições de ensino, é a mídia. Eles fazem o deserviço de espalhar mentiras. Atenham-se às ciências reais e vocês não serão enganados.

@Sky01 De duas, uma:
1. Ou você está mentindo para ganhar atenção.
2. Ou você não tem noção do que está escrevendo.

E sim. Óbvio que existe um padrão de beleza imposto pela sociedade e pelos meios de comunicação.


@Dizzie@  escreveu:
@Sky01De duas, uma:
1. Ou você está mentindo para ganhar atenção.
2. Ou você não tem noção do que está escrevendo.

E sim. Óbvio que existe um padrão de beleza imposto pela sociedade e pelos meios de comunicação.

OK, me fala quem impõe ele ai.

Me fala tambem onde é a prisão onde colocam os feios e quanto de multa eles pagam :v

 

Me fala tambem qual a sede do esquadrão que invade sua casa, poe uma arma na tua cabeça e te obriga a comprar um certo tipo de roupa :v

 

>meios de comunicação

 

To ligado, o padrão de beleza do radio eu até tolero, mas o do whatsapp eu já acho que foi longe demais.

@Sky01 Padrão de beleza é um conceito, se você não percebeu.

cara se n tivesse comprovação n seria uma das áreas da ciência já que a própria ciência fala sobre coisas reais e palpáveis, cara se n fala coisa com coisa e o que a mi dia tem a ver com isso, com isso vc diz que tudo com que pessoas levaram anos e anos para aprender e falso e todos deveria parar de acreditar na pisicologia


@Dizzie@  escreveu:
@Sky01Padrão de beleza é um conceito, se você não percebeu.

E?

 


@XDragãoDouradoX@  escreveu:
cara se n tivesse comprovação n seria uma das áreas da ciência já que a própria ciência fala sobre coisas reais e palpáveis, cara se n fala coisa com coisa e o que a mi dia tem a ver com isso, com isso vc diz que tudo com que pessoas levaram anos e anos para aprender e falso e todos deveria parar de acreditar na pisicologia
palpável
adjetivo de dois gêneros
  1. 1.
    que pode ser tocado, apalpado.
    "a superfície tinha relevos p."
  2. 2.
    p.ext. que pode ser visto, percebido.
    "resultados p."

Boa sorte tocando/vendo luz infra-vermelha, algo que é estudado pela ciência :v

Quem começou com o argumento de midia foi o carinha ali, eu só respondi.

 

"com isso vc diz que tudo com que pessoas levaram anos e anos para aprender e falso "

É, é assim que a ciencia funciona.

Rutherford passou possivelmente anos trabalhando em seu modelo atomico, hoje sabemos que ele não é correto.

E?

 

Agora, pode tentar refutar algo que eu disse?

 
 

Esqueçam essa discussão, já deu pra perceber que não existe uma construção de ideias.

 

De fato não existe um padrão de beleza imposto por ninguém, a única coisa que existe é que você não vai entrar na escola, não vai tirar foto pra documentos, não vai arrumar trabalho, não vai conseguir ter um convívio social. Se existe uma regra que em um documento você precisa de uma 3x4, vestido, com uma camisa com determinados padrões de cor... ou que pra entrar numa escola precisa estar de uniforme, ou ao menos, de roupas e calçados fechados... é porque existe algo que impõe... porque se na visão da sociedade isso fosse abusivo, cairia por terra. Como já foi citado, se é um objeto de estudo da ciência, ninguém aqui está tentando comprar uma ideia facilmente refutável. Por isso eu falei que ele têm que escrever a própria teoria sociológica, quem sabe a comunidade cientifica não concorde com essas ideias.

 

Se ele é realmente portador da tal Ansiedade Social, ele precisa ter essas ideias para viver, segundo a própria ciência: "De todos os tratamentos disponíveis, a terapia cognitivo-comportamental (CBT) tem-se mostrado o melhor tratamento para a fobia social. A terapia cognitivo-comportamental baseia-se na premissa de que o que a pessoa pensa afecta o modo como se sente, e os sentimentos afectam o comportamento. Neste sentido, se houver uma modificação da maneira como se pensa as situações sociais a pessoa irá sentir menos ansiedade e consequentemente não necessitará de ter os comportamentos de evitamento das situações sociais." https://www.oficinadepsicologia.com/ansiedade-social/

 

Como já foi dito lá em cima, se ele precisa pensar diferente para conviver em paz, vamos respeitar. Se ele quer ficar catando feijão nas ideias, nem discutam, ele vai fazer disso um looping eterno.

@XDragãoDouradoX A psicologia não é considerada, por mim, uma ciência autêntica, porque não consegue provar o que ela mesmo diz. E não se baseia em fatos reais, mas em especulação e em hipóteses.