cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
Highlighted

LEAGUE OF LEGENDS LEGADO

TL;DR: O LoL está cada vez menos interessante de jogar devido a problemas de balanceamento, matchmaking, punição a jogadores, cliente, pouca funcionalidade e inovação, e afins. A Riot parece estar mais preocupada em lançar jogos novos e o LoL está ficando para trás.

De tempos em tempos, eu vinha postando pensamentos e críticas em relação ao jogo, sempre deixando bem claro que não é com intenção de dar hate, mas sim de tentar ajudar o jogo a melhorar. O que venho aqui dizer não é só o que eu acho ou o que eu quero, são coisas que vi dando certo em outros jogos, ou coisas que vejo vários jogadores de LoL falando. Contudo, já está ficando chato vir aqui e em outros lugares dar opinião, sendo que a Riot parece cada vez menos preocupada em ouvir. De modo que essa talvez seja a última vez que faço isso.

Nessa semana, foram divulgados mais detalhes de como vai ser o Wild Rift. Vendo o vídeo, eu fiquei um tanto decepcionado. Não pela qualidade do jogo mobile, mas porque ele tá parecendo muito mais interessante do que o que jogo no pc. Já fazem anos que vários jogadores cobram da Riot as atualizações visuais, uma nova engine, etc. Sei que isso demanda tempo, mas se tivessem se preocupado com isso lá atrás, já estaria resolvido hoje. A gente ainda tem vários personagens com modelos horríveis em jogo, como o Udyr sem as skins mais caras, mas no Wild Rift tá tudo mais bonito que no pc, modelos melhores, animações mais fluídas, apresentação animada dos personagens, engine novo.

O próprio gameplay pareceu mais interessante. Várias coisas que foram anunciadas pro Wilf Rift como o upgrade pras botas (que sempre parecem um espaço a menos no seu inventário no late game); o buff vermelho e azul evoluíndo no final do jogo (que faz eles serem mais significativos e importantes de se contestar no late game); a compra rápida de itens (que você deixa marcados na loja pra comprar mais rápido quando volta base); a escolha do smite após fazer os 4 acampamentos pra melhorar os ganks iniciais; a opção de ter o mapa espelhado pra não fazer tanta diferença na movimentação se você é time vermelho ou azul; e ainda umas opções novas e interessantes de runas que permitam mais diversidade, entre outras pequenas mudanças. Tudo isso pareceu empolgante e melhora aspectos do jogo, e já poderiam ter sido implementados nele há muito tempo. Entretanto, nem sabemos se essas mudanças vão vir para a versão de pc. A sensação que fica é que o trabalho no jogo novo pra plataforma nova tá sendo feito com muito mais empenho do que pro jogo original.

A mesma coisa com o Valorant. Há anos os jogadores pedem um cliente melhor, mais moderno e mais funcional. Anos pedindo chat de voz pra facilitar os problemas de comunicação em jogo. Vem o jogo novo e tem tudo isso. Enquanto isso, no LoL a gente continua incapaz de coordenar jogadas mais complexas com jogadores desconhecidos de forma eficiente (a menos que esteja com amigos, o que desbalanceia filas como a soloqueue, onde duo é super OP), e o cliente continua com bugs que impossibilitam ou atrasam muito acesso a certas abas, que dão lag, que fazem pessoas serem desconectadas na seleção de campeões, etc. Tudo o que vemos são blogs do desenvolvedor falando dos vários problemas e dizendo que nem sabem direito como corrigir. Foi bem lamentável ver um desses blogs admitindo que uma das ferramentas utilizadas por esse client deixou de funcionar há 2 anos atrás e só descobriram quando foram tentar arrumar no momento que as reclamações estavam demais. Ainda admitindo que não adianta nem arrumar a ferramenta, porque ela já era ruim pro desempenho de todo jeito.

Outra questão que desanima cada vez mais jogadores de jogar, é a falta de balanceamento e de controle da experiência de jogo, principalmente em modos ranqueados. Os encontros com jogadores tóxicos estão cada vez mais frequentes e as punições cada vez mais escassas. Quase todo jogador já deve ter encontrado pelo menos um troll que ao ser advertido por outros jogadores que seria reportado, disse que não ligava porque o sistema não iria baní-lo. Desde quando o tribunal saiu do ar, esse problema vem se tornando cada vez maior ano após ano. Menos pessoas sendo banidas, e a maior parte dos que levam ban, são apenas os que digitam coisas absurdas em chat. Os que entregam a partida de propósito sem digitar, demoram mais tempo pra receber punição.

Isso ainda se soma ao sistema de pontos e matchmaking que sempre parece querer manter o jogador preso no mesmo lugar e ao número cada vez maior de smurfs. O número de jogadores desistindo do jogo ou desenvolvendo comportamento tóxico por esses motivos está cada vez maior e nada está sendo feito para reverter essa situação. Fiquei um ano sem jogar por estar ocupado com trabalho, e ao voltar, nunca tive tantas partidas desagradáveis, principalmente nas ranqueadas, seja por troll, rage, brigas, smurfs, abandonos, etc. Todo dia uma série de streamers e pro players jogando em smurfs e desbalanceando totalmente a experiência pra outros jogadores. Não é nada divertido pra jogadores menos experientes ter acabado de chegar em um elo, estar tentando melhorar aos poucos e ser atropelado na rota por um jogador de nível maior que está fazendo uma stream de "Unranked ao challenger", ou algum outro jogador de elo alto que está com dificuldades no elo atual e prefere ir massagear seu ego em partidas mais fáceis. Muitas vezes pra mim, o problema num era nem tanto comigo, mas com outros jogadores do meu time também. Eu apertava F na rota do jogador e dava pra ver que ele estava sofrendo porque o adversário estava claramente em um nível diferente de jogo. E não é só contra. Ver um jogador do seu time obliterar os adversários sozinho de modo que você nem faz nada também não é muito divertido. Outros jogos estão tomando medidas mais sérias contra isso, pedindo até confirmação de um número de celular ou algo do tipo pra dificultar a criação de smurfs, mas no LoL não há empenho em mudar isso.

Outra coisa que acaba desmotivando jogadores é o balanceamento da jogabilidade. Tudo bem que o jogo precisa mudar pra não ficar repetitivo, mas na realidade o meta acaba fazendo os mesmos campeões serem escolhidos ou banidos toda partida, os mesmos itens sendo feitos, as mesmas runas sendo escolhidas, enquanto o resto praticamente some, de modo que as mudanças provocam mais repetição ainda. O balanceamento é feito com a intenção de fazer um determinado meta surgir e você é obrigado a seguí-lo ou vai ser alvo de toxicidade e perder jogos. O balanceamento muda muito como os campeões são jogados, porque na maior parte das vezes não são apenas correções de números, mas sim mudanças no kit. Tal habilidade dá escudo quando usa, agora não dá mais. Tal habilidade tem uma passiva que dá velocidade de ataque, agora não dá mais. Tal habilidade é target, agora não é mais. Tal habilidade escala com AP, agora não escala. Eu tinha começado a usar Volibear de suporte, estava me divertindo com o campeão e vem um rework, num momento que o personagem vinha subindo em popularidade inclusive (assim como o Aatrox). Boa parte das mudanças acaba tirando do jogo coisas e campeões que os jogadores gostavam e obrigando todos a se adaptarem e seguirem o que é colocado, ainda limitando a habilidade de inovar. Quando jogadores desenvolvem uma estratégia nova que os desenvolvedores não tinham intenção de criar, o nerf costuma vir rapidamente, enquanto aquilo que foi intencional fica mais tempo mesmo que seja mais OP.

Por fim, outra questão que está desmotivando jogadores a continuarem no jogo é a experiência cada vez mais estreita. Quando comecei a jogar, o jogo tinha 4 mapas e a promessa de que mais viriam. Dominion era o meu modo de jogo favorito além do summoner's, foi o mapa mais original do game e houve pouca preocupação em mantê-lo, com sua remoção porque não estava tão popular. A mesma coisa aconteceu depois com o Treeline. De modo que após 10 anos de existência, o jogo tem menos opções de modos do que em sua origem. Os próprios modos rotativos são muito limitados. Há vários modos que são interessantes e raramente aparecem (ou nunca mais) porque a rotatividade faz os jogadores ficarem ansiosos pra jogarem seus modos favoritos e os mais populares sempre ganham, então mesmo tendo criado vários modos interessantes como bots da condenação, ascenção e blitz, o jogo parece estar sempre revezando entre todos por um e URF. Vários outros jogos do mercado, inclusive o DotA2, que é considerado o maior competidor do LoL, possuem a opção de criar mapas e fazer busca de salas, enquanto o LoL cada vez mais limita o que o jogador pode acessar. Não podemos criar nada, só entrar na fila e ir direto pro que o jogo quer que a gente jogue. Isso deixa a experiência de jogo muito limitada, repetitiva e enjoativa. Summoner's Rift, bem como LoL e o gênero inteiro dos MOBAs vieram de mapas customizados criados pela comunidade. Deveria ser natural que o jogo abraçasse isso e incentivasse a comunidade a desenvolver mais conteúdo para o jogo, mas a Riot claramente pensa diferente.

Sempre fiquei sugerindo, pedindo, cobrando, reclamando até, porque gosto do jogo e sempre tive esperança de ver essas melhorias. E tiveram várias coisas que eu e outros jogadores pedimos que foram atendidas, não é como se tudo fosse ignorado. Mas tem certas coisas que realmente parecem não ser de interesse da empresa mudar, mesmo com a vontade dos jogadores, e agora que o foco está em lançar novos jogos, a esperança de ver essas mudanças no League of Legends está cada vez menor, de modo que estou parando de jogar LoL e indo pra minha livraria de single player, até que alguma mudança relevante me empolgue a voltar. No estado atual, o jogo não está divertido e parece estar ficando pra trás em relação aos novos jogos, de modo que está se tornando o que um amigo me disse quando estávamos comentando o vídeo do Wild Rift: uma versão legado do jogo.

5 RESPOSTAS
Highlighted

Re: LEAGUE OF LEGENDS LEGADO

Tenho medo do mundo explodir o dia que a Riot anunciar que irão investir em arrumar o Client.
Highlighted
Tropa
Tropa

Re: LEAGUE OF LEGENDS LEGADO

Falou tudo! Não tem mais nada que eu possa acrescentar, você simplesmente falou tudo.
Só há um ponto onde eu discordo um pouco: A parte do microfone in-game. Quando você disse que o LoL precisa de um chat de voz, e que o Valorant já lançou tendo este mecanismo. Não fez muito sentido, pois o estilo de jogo é bem diferente. Um FPS que precisa de coordenação é BEM mais essencial um chat de voz. Já em um moba não há uma necessidade estrondosa como a de um FPS. Tendo em mente que informações básicas são facilmente postas no chat de texto. Mas realmente deixa a desejar na questão de fazer jogadas mirabolantes, para evitar má coordenações do time. Onde só da para executar com perfeição caso esteja em um Pre-Made.
Um dos maiores pontos que me faz ser contra o Chat de Voz é a toxidade. Por Chat de texto, a toxidade já é quase certo, por Voz seria MUITO pior. O simples fato de poder silenciar X jogador não vai fazer você ficar menos estressado, pois você já ouviu ele xingando, falando alto ou assoprando o microfone. O LoL já tem a fama de ser um jogo tóxico, por voz esta fama seria MUITO maior. E outra, com o chat de voz, caso eu silenciasse, você por exemplo, como que eu iria me comunicar com você? Já que como provavelmente você me deu rage (ou o contrário), você ficaria aborrecido comigo, então na hora de planejar algo, a pessoa pensaria "se quer falar comigo, fala por chat de voz, não por chat". Enfim... ótimo tópico!
Highlighted

Re: LEAGUE OF LEGENDS LEGADO

O motivo pelo qual advogo o chat de voz é que faz uma diferença muito maior do que pensamos na maioria das vezes. Se seu time está tentando pegar o baron no late game e o outro time contesta, no meio da luta você percebe que seu top lanner poderia dar TP na base dos caras e ganhar enquanto o resto luta. Você não pode parar de lutar pra digitar, o mais rápido que daria pra fazer é pingar o teleport do cara, ainda assim teria que apertar tab e o cara muitas vezes não vai ver. Comunicação é essencial, é por isso que quando você vê aqueles vídeos mostrando os pros se comunicando em campeonato, dificilmente vai ver eles calados. Avisar que uma skill tá voltando, avisar que vai iniciar, mesmo com pings, é muito melhor e mais fácil apenas falar.

Em relação à toxicidade, creio que talvez até diminuísse, porque ouvindo a voz da pessoa e tendo sua voz ouvida, algumas pessoas se sentem menos à vontade de proferir ofensas do que apenas escrevendo palavras numa caixa de texto. Mas ainda que houvesse essa toxicidade, o procedimento seria o mesmo que com o chat de texto. Você reconhece que não compensa se comunicar com aquele indivíduo e muta ele. Quando alguém digita ofensas no chat ou spamma pings de forma agressiva, eu muto e é uma perda na comunicação também, mas paciência. Pelo menos ainda tenho o recurso pra usar com pessoas que estão dispostas a jogar certo. A única coisa que eu acho que eles deveriam colocar é pra aparecer quem está ou não na chamada, tal como é o League Voice hoje pra premade. Assim você sabe quem tá falando e quem tá ouvindo.

A soloqueue tem a opção de ir duo e fica nítido como faz diferença. Até jogando com jogadores que não conheço muito bem, se estiver coordenando as jogadas, falando sobre quando tenho meus spikes pra lutar, é muito mais rápido e sem perder tempo digitando no chat sem saber nem quem está prestando atenção.

Highlighted
Lenda
Lenda

Re: LEAGUE OF LEGENDS LEGADO

Excelente texto.
Não poderia ter descrito melhor a situação atual do jogo.
Estou pensando em migrar para o Wild Rift porque League of Legends já não atende minhas expectativas.

Eu arrisco dizer que o LoL há 6 anos atrás era melhor do que o de hoje. Pelo menos era mais divertido.

Agora a Riot só tem olhos para o competitivo e para lançar battlepass. Os jogadores casuais não tem vez.

Highlighted
Lenda
Lenda

Re: LEAGUE OF LEGENDS LEGADO

Não ter comunicação por voz em um jogo cooperativo competitivo é algo surreal.
Ter que parar o que você está fazendo na partida para digitar é ridículo ! É um desfoque de atenção que pode custar o resultado da partida.
A comunicação atual por pings no LoL é bastante limitada. Se fosse como a wheelchat do DotA 2 pelo menos... onde há mais comandos e você ainda pode customizar os comandos que quer usar.