cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 
aatt
Tropa
Tropa

Concepção de Campeão: Akio, o Inquebrantável

6113efe583c9b695b55e65d6b9c338899778fdear1-720-1039v2_00.jpg

Lutador/Duelista de alta capacidade ou Offtank

Biografia:

Quando Akio tinha apenas oito anos, ele presenciou o massacre do grande clã de espadachins de seu avô, o Clã Hiken da Capital de Ionia, nas mãos de seus rivais, do Clã Hasag. Akio perdeu todos os seus parentes e familiares nas chamas que consumiram o Castelo Hiken, que era um dos mais nobres, mas acabou sendo resgatado do fogo por um forasteiro que estava na vizinhança. Akio viu o castelo queimar sem chorar, mas com o coração em chamas. Enquanto ele via o fogo arder, sobre as chamas memorizou o rosto de todos os assassinos.

O homem que resgatou Akio era um misterioso mestre espadachim chamado Yakin, que vivia nas cavernas das Rochas do Redemoinho na ilha de Zhyun, no norte de Ionia, e dominava a fabulosa técnica da Espada do Fogo Pegajoso, também conhecido como do Fogovivo ou do Fogo Ioniano. O Fogo Pegajoso era uma substância mística feito com a resina das árvores sagradas de Ionia e betume e era altamente inflamável.
98ff7ed7a492f30e52375ddb56423f04f2531b3cr1-800-846v2_00.jpg
O mestre Yakin tomou o jovem Akio como aprendiz e lhe ensinou a difícil arte de dominar o Fogo Pegajoso com a espada, prometendo que Akio no futuro poderia vingar os seus familiares. O treinamento de Akio era árduo e muito duro, pois o mestre Yakin era extremamente exigente e não perdoava os erros de seu pupilo, deixando-o muitas vezes com queimaduras, cortes e cicatrizes pelo corpo.

Porém, Akio era teimoso e arrogante e logo o seu mestre percebeu que ele tinha uma habilidade única no domínio da Espada do Fogo Pegajoso. Quando completou quinze anos, o mestre Yakin começou a enviar Akio para enfrentar demônios que assolavam os vilarejos, assentamentos e cidades de Zhyun. Não demorou muito para Akio pegar fama, pois por onde passava os demônios eram incinerados pelos redemoinhos de fogo de sua Espada do Fogo Pegajoso. Com dezessete anos Yakin finalizou o treinamento de Akio e disse que agora ele estava preparado para vingar os seus familiares e recuperar a honra de seu clã. Como ultimo ensinamento, Yakin disse para Akio que ele deveria ser paciente e ganhar a confiança de todos os outros clãs, e assim tiraria a liderança dos clãs de espadachins das mãos do Clã Hasag, que ascendera após a ruina do Clã Hiken.

Quando Akio voltou para a Capital de Ionia com vinte anos, tudo estava mudado, pois Noxus controlava parte da província de Navori. Assim como o antigo Castelo Hiken, que fora substituído pelo Castelo Hasag. Quando Akio viu as bandeiras do clã Hasag tremulando onde outrora fora o reduto de sua nobre família fizeram o seu sangue fervilhar nas veias, e ele pensou em destruir o local com os seus redemoinhos de fogo, porém, escutando os conselhos de seu mestre, ele se acalmou e começou a bolar um plano para se tornar o maior espadachim de Ionia. Impetuoso, ele seguiu até a província de Navori, onde constatou a brutalidade da ocupação noxiana contra os ionianos. Foi numa taverna de um vilarejo dominado de Navori que ele matou o primeiro homem.

Era um soldado noxiano bêbado que começou a espancar uma jovem dançarina ioniana que não correspondera a suas impertinentes investidas. Quando Akio exigiu que ele parasse, o soldado sacou sua espada e partiu para cima de Akio, porém, morreu com uma pancada da bainha de aço de Akio na cabeça. Todos fugiram do local, impressionado com o forasteiro que matara um soldado sem sequer sacar a espada. A guarda da cidade chegou e cercou o local, mas todos foram derrotados facilmente pela espada flamejante de Akio e os seus redemoinhos de fogo logo começaram a fazer fama também em Navori.

A jovem dançarina que Akio salvara deu para Akio de presente uma faixa dourada para o seu coque de espadachim e passou a segui-lo, assim como muitos outros homens e mulheres que ele libertara das garras dos noxianos em Navori. Akio refundou o Clã Hiken escondido das autoridades de Noxus nas cavernas de Navori com os seus seguidores e as suas seguidoras, até serem recrutados pela milícia Irmandade de Navori. Foi quando Noxus fez uma nova investida na costa de Navori para ampliar os seus domínios. Dessa vez uma devastadora arma foi lançada por Noxus em Navori e o seu nome era Sion. O Colosso de Noxus matou muitos espadachins, aristocratas e camponeses, até encontrar com Akio no campo de batalha. O choque entre os dois deixou um rastro de mortes e campos incinerados. Akio matou Sion quatro vezes naquele dia com a sua Espada de Fogo Pegajoso, mas Sion retornou quatro vezes a vida e quando estava prestes a matar Akio, foi derrotado por Irelia, a heroína dos camponeses e não retornou a vida pela quinta vez. Os noxianos recuaram da invasão e levaram consigo o corpo de Sion.

Enfrentar Sion e não conseguir ganhar um combate pela primeira vez impactou Akio. Ele ordenou aos seus lugares-tenentes que treinassem na arte da espada todos os homens e mulheres. Fosse um aristocrata, um servo, um comerciante ou um camponês, todos deveria defender a terra de Ionia dos noxianos. Com essa filosofia, logo Akio ascendeu nas fileiras da Irmandade de Navori. Contudo, o Clã Hasag ainda o relembrava do massacre de sua família e ele decidiu levar o seu Clã Hiken para tomar de volta a terra dos seus ancestrais. Quando chegou em Ionia, Akio desafiou o campeão do Clã Hasag e o matou facilmente com um redemoinho de fogo, na frente de todos os outros clãs de espadachins. Impressionados e temerosos, o Clã Hasag se curvou e jurou lealdade a Akio e ele, como estratagema, os perdoou de seus crimes. Akio tomou o castelo principal dos Hasag para si, restaurando a dignidade e a honra do Clã Hiken, mas deixou os Hasag com as suas outras propriedades.

Akio rapidamente se tornou o líder dos clãs de espadachins da Capital de Ionia, e criou uma corte em seu castelo para receber os clãs e resolver suas disputas. A vida com os cortesãos e as cortesãs, os banquetes, as festas e as danças divertiam Akio, porém, enquanto conhecia e ganhava confiança dos nobres espadachins, ele utilizava na surdina a Irmandade de Navori para militarizar o povo de Ionia e treinar os camponeses; mesmo que necessário utilizar a força contra eles. Defender Ionia da invasão de Noxus era uma obrigação de todos. Porém, enquanto ele articulava com os seus capitães todas as estratégias para militarizar Ionia, ele conspirava com quatro pontos para chegar ao topo e ao poder supremo: suplantar o Conselho Governante de Ionia, desposar a afamada Irelia para unificar os nobres e os camponeses, tornar o seu clã em uma dinastia e se autoproclamar Imperador de Ionia.

Numa noite, enquanto reunido com os seus cortesãos e cortesãs, uma dançarina mascarada entrou no salão para entreter os nobres ionianos. Seus passos eram harmônicos e seus movimentos melodiosos e Akio ficou extremamente encantado. A dançarina misteriosa aumentou o ritmo e lâminas começaram a surgir e circulavam no compasso de seu corpo. Num instante, atacaram Akio em seu trono. Os nobres fugiram e Akio sobrevivera por um triz. A dançarina era Irelia e Akio ficou ofendido e furioso, pois considerava o atentado uma resposta inaceitável para a sua proposta de casamento. Irelia respondeu que o objetivo de Akio era instalar uma tirania e que nunca se submeteria a um tirano. Irelia conseguiu escapar da fúria de Akio e uma guerra civil em Ionia entre os nobres e os camponeses estava prestes a estourar.

Então Noxus mexeu a peça no tabuleiro; Swain, o Grande General de Noxus, aportara nas costas de Ionia com o Leviatã, seu grandioso navio de guerra, e uma multidão de soldados e máquinas de combate. Akio, mais uma vez impetuoso, não perdeu a oportunidade e reuniu os clãs de espadachins para confrontar o Grande Gerenal Swain nos campos de batalha. O poderoso exército de escudeiros, espadachins, lanceiros, arqueiros e canhoneiros de Akio marchou para Navori com o seu comandante à frente. Akio já vislumbrava no horizonte a entrada triunfal na Capital de Ionia após a vitória e o seu trono dourado reluzindo no Castelo Hiken.
1d648f10b8c35642d7482bb16dbb5a07726627cer1-206-300v2_00.jpg
Poderes:

Passiva: Fúria Ioniana;

Akio recebe 5 de fúria por cada ataque básico dado e 10 de fúria por cada habilidade usada. Quando completar 100 de fúria, as habilidades de Akio causam um efeito extra. A barra de fúria decai após 3 segundos fora de combate.

Q: Aço e Fogo;

Passivo: Quando Aço e Fogo for ativado, Akio ganha 25/50/75/100/110 % de velocidade de ataque nos três ataques subsequentes.

Ativo: A lâmina da grande espada de Akio se inflama com o Fogo Pegajoso pelos próximos 3 ataques (e até 3 segundos ativado entre os ataques) (10/8/7/6/5 segundos de tempo de recarga), causando danos extras nos alvos. O primeiro ataque causa 20/30/40/50/100 (+15% de seu dano de ataque) de dano físico. O segundo ataque causa 20/30/40/50/100 (+25% de seu dano de ataque) de dano físico. O terceiro ataque causa (20/30/40/50/100 (+50% de seu dano de ataque) de dano físico.

Passivo da Fúria: Redemoinho de Fogo: Com a barra de fúria completa, o terceiro ataque de Aço e Fogo desencadeia um redemoinho de fogo que gira aleatório pelo mapa por 3/3,5/4/4,5/5 segundos, incinerando com o Fogo Pegajoso e causando 0,5/1/1,5/2/2,5% da vida máxima dos alvos como dano físico por segundo.

W: Duro de Matar;

Sempre ativo: Akio recupera 0,1% de sua vida máxima a cada segundo. A recuperação aumenta 0,1% por segundo se Akio não levar dano, até completar 1% de sua vida máxima por segundo.

Passivo da Fúria: Sobrevida: Quando completa a barra de fúria, Akio recebe um escudo com 10% de sua vida máxima.

E: Investida Mortal:

Ativo: Akio investe (30/25/22/15/10 segundos de tempo de recarda) com o corpo em uma direção, impulsionando o ombro. Se atingir com a investida, o alvo recebe 5/10/15/20/25% da vida atual de Akio como dano verdadeiro.

Passivo da Fúria: Akio recebe dano de ataque igual a 0,25% de sua vida máxima por cada 10 pontos de fúria até completar 2,5% com a barra cheia.

R: Alma Ardente:

Ativo: Quando ativado (90/70/50 segundos de tempo de recarga), Akio gira o corpo no ar, inflamando a sua espada com Fogo Pegajoso e cai em seguida no campo de batalha como um grande redemoinho de fogo que joga os campeões na área para o alto por 0,5 segundo e causa 300/400/600 (+100% de seu dano de ataque) de dano verdadeiro.

Passivo da Fúria: Terra Abrasada: Com a barra de fúria completa, Alma Ardente deixa pelos próximos 3 segundos o solo da área em chamas pegajosas, que causa 5% da vida máxima dos alvos em dano por segundo dentro da área.

11 RESPOSTAS
Crack Mata
Arauto
Arauto

Adorei a ideia do campeão, mas sinceramente pelas habilidades seria um dos mais difíceis que vi na vida de balancear.

SShadowW
Dragão
Dragão

Cara, a história dele está muito bem escrita, GG
Mas esse kit dele está quebrado demais
O W é muito, mas muito roubado (o cara tem um Warmog de graça)
Ajustando as habilidades seria um ótimo champ pra chegar em SR

@aatt o conceito ficou bem completo. As histórias dão um toque a mais para os conceitos que a comunidade cria.

 A história ficou bem escrita e o kit ficou coeso e bem fechado, todas as habilidades conversam entre sí.

Como o @SShadowW  e o @Crack Mata falaram, ele seria um boneco extremamente difícil de se balancear.

 

"Rezo por suas almas, arrancadas da noite" - Alune

aatt
Tropa
Tropa

Criado no intuito de ser um dos boss do jogo. Por isso é um duelista de altíssimo desempenho.
ArtefonGogs
Tropa
Tropa

Ta genial só muito roubado.
aatt
Tropa
Tropa

😛
Sizanagi
Tropa
Tropa

Tô lendo ainda mas tá ficando incrível, a ideia da resina é legal apesar de eu preferir que fosse um fogo espiritual, uma habilidade milenar como a do yasuo mas tá lindo, na próxima tenta fazer de uma criatura também

É só a riot balancear as habilidade mas o conceito é técnicas estão ótimos

Que tipo de criatura? Estou pensando em fazer um azakana ou demônio de Ionia com poderes fantasmas como velocidade de movimento, ignorar colisões e criar cópias de si mesmo para atacar minions e campeões.

Esse poder que se parece com warmog também é de Garen e Mundo que regeneram absurdamente.

aatt
Tropa
Tropa

Verdadeiro chefão